set
14

PARA POBRE, PESO DE GASTO COM PASSAGEM DE VIAGEM É MAIOR

AuthorPostado por: Paulo Fernando    Category Em: Sem categoria     Tags

Nas viagens esporádicas, feitas com propósito de lazer, negócios ou visita a parentes, o peso dos gastos com transporte é muito maior para quem ganha menos. Já as famílias de baixa renda destinam 70% das despesas com essas viagens para o item transporte. A maioria dos gastos em viagens esporádicas (37,9%) foi feita em deslocamentos por motivo de lazer.

Os dados são da Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) 2008-2009, numa análise inédita divulgada nesta sexta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). “Há um interesse muito grande na conta de turismo”, afirmou Edilson Nascimento da Silva, gerente da POF, explicando a demanda por esse tipo de análise.
Segundo a análise, para famílias com renda acima de R$ 3.015,00 ao mês, o transporte pesa 43,4% nas despesas com viagens esporádicas. Já os itens hospedagem e alimentação pesam 13,9% e 21,8%, respectivamente. Nessa faixa de renda, o gasto médio mensal com essas viagens é de R$ 147,63.
Já para as famílias com renda de até R$ 910,00, o transporte pesa 69,6% nas despesas com viagens, enquanto a despesa com alimentação responde por 22,9%, acima do peso para os mais ricos. A grande diferença está no gasto com hospedagem, que responde por apenas 4,7% dos gastos nas famílias mais pobres. O gasto médio com viagens nessa faixa de renda é de R$ 8,46 ao mês. 

Envie um comentário

Carnaval 2020

Está chegando o Sábado de Carnaval22 de fevereiro de 2020
O grande dia está aqui.

Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 613 outros assinantes

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog:

Olinda Hoje

%d blogueiros gostam disto: