dez
18

SDS LANÇA LIVRO "ALVOS PROCURADOS": 928 NOMES CATALOGADOS

AuthorPostado por: Paulo Fernando    Category Em: Sem categoria     Tags

A Secretaria de Defesa Social de Pernambuco lançou, na manhã desta segunda-feira (17), a quinta edição do livro “Alvos Procurados”, com os acusados mais perigosos e perseguidos pela polícia do Estado. Dos 928 nomes catalogados nesta edição, 55 já foram presos no espaço de tempo que vai do levantamento de dados até a publicação, incluindo um jovem de 22 anos, presente na lista dos dez mais procurados do Estado. Cerca de 400 nomes já apareciam na edição anterior. O primeiro livro foi publicado em junho de 2011.
A publicação está disponível apenas para circulação interna e consulta pela própria polícia do pernambucana. São criminosos que possuem, pelo menos, um mandado de prisão por homicídio. “É uma ferramenta que tem dado certo”, afirma o secretário de Defesa Civil, Wilson Damásio. As informações reunidas têm como fontes a Secretaria de Defesa Social (SDS), o Instituto Tavares Buril (ITB), o Sistema Carcerário e a Justiça Estadual.
“Alvos Procurados” pretende facilitar a vida das equipes policiais militares e civis na captura. De acordo com Antônio Barros, gerente do Centro Integrado de Inteligência da Defesa Social (CIIDS), os gestores vão distribuir as edições entre as equipes. “Os agentes vão poder consultar os alvos prioritários. Muitas vezes a equipe conhece o criminoso e não sabe que ele é de alta periculosidade”, explica o gerente. O nível de periculosidade é definido de acordo com a coleção de mandados de prisão de cada um.

A publicação foi realizada com a pesquisa do Sistema de Contenção ao Crime (SCC), parte do programa Pacto Pela Vida, do Governo Estadual. A pesquisa do SCC é um conjunto de práticas em vigor desde junho de 2011, que une dados e permite catalogar os criminosos.

Com um ano e meio de pesquisa, o SCC já pôs no papel, em outras quatro edições, mais de 4.600 casos de mandados de prisão contra homicidas, latrocidas e autores de lesão corporal seguida de morte. Pelo menos 2.700 já foram cumpridos. O secretário Wilson Damásio estima que ocorram cerca de 700 prisões por mês em Pernambuco.
Apesar de a edição ser restrita, a população também pode ajudar com informações sobre os procurados através do Disque-Denúncia. A lista dos cem mais procurados, aqueles criminosos mais difíceis de serem localizados, pode ser consultada no site da Secretaria de Defesa Social, além de anúncios em outdoors e ônibus pela RMR.

Envie um comentário

Carnaval 2020

Está chegando o Sábado de Carnaval22 de fevereiro de 2020
O grande dia está aqui.

Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 613 outros assinantes

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog:

Olinda Hoje

%d blogueiros gostam disto: