Navegando todos os artigos com a tag Abastecimento
maio
15

Falta d’água em escola de Olinda motiva suspensão das aulas

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags , , ,

Internauta denuncia nas redes sociais a precariedade do abastecimento d’água na Escola Municipal Gregório Bezerra, na Ilha de Santana, no bairro de Jardim Atlântico.

Há dias em que as aulas são suspensas por conta do desabastecimento: não tem água nos bebedouros, nem para a higiene, nos banheiros. Por conta disso a escola fecha.

A gestão do prefeito Professor Lupércio faz alarde da reforma da estrutura da escola, mas esqueceu da caixa d’água e da negociação da dívida com a Compesa. O fornecimento d’água por parte da companhia está cortado desde a gestão da ex-prefeita e atual vice-governadora Luciana Santos, do PCdoB.

Segundo informações enviadas ao OLINDA HOJE, o abastecimento da Escola Municipal Gregório Bezerra é feito através de carros pipa (três vezes por semana). “Tem dia que não tem aula porque não tem água”, denuncia.

maio
1

Moradores do Amparo, Bonsucesso, Guadalupe e Monte estarão sem água até amanhã à tarde

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Serviços     Tags , ,

Cerca de 360 mil pessoas, dos bairros do Monte, Amparo, Guadalupe e Bonsucesso. em Olinda; e de outras 33 localidades do Recife estão com o abastecimento de água interrompido até amanhã (02). Uma tubulação de grande porte, do Sistema Alto do Céu, em Cruz de Rebouças (Igarassu), rompeu e os registros que controlam a água tiveram que ser fechados para o conserto.

O estouro da tubulação aconteceu ontem, dia 30 de abril. De acordo com a Compesa, a expectativa é de que o fornecimento volte ao normal a partir das 15h desta quinta-feira (02), com a retomada da operação do Sistema Alto do Céu. Informações : 0800.081.0195.

As localidades do Recife onde o abastecimento foi suspenso são: os Altos José Bonifácio, José do Pinho e Santa Terezinha; Vasco da Gama, Mangabeira, Porto da Madeira, Fundão, Macaxeira, Dois Unidos, Linha do Tiro, Água Fria, Nova Descoberta, Casa Amarela (área plana, altos e córregos), Rosarinho, Campo Grande, Encruzilhada Jaqueira, Rosarinho, Arruda, Encruzilhada, Campina do Barreto, Ponto de Parada, Beberibe, Tamarineira, Torreão, Cajueiro, Fundão, Parnamirim, Hipódromo, Aflitos, Espinheiro e Bomba do Hemetério.

mar
24

Decretada situação de emergência em 54 municípios pernambucanos

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Pernambuco     Tags ,

 
O Governo de Pernambuco declarou situação de emergência em razão da estiagem em 54 municípios do Agreste e Sertão do Estado pelo período de 180 dias. A decisão foi publicada na edição de ontem (23), do Diário Oficial do Estado.

Entre as justificativas listadas pelo Governo estão “má distribuição pluviométrica na região”, “os impactos ocasionados, decorrentes das perdas significativas na agropecuária” e que “os habitantes dos municípios afetados não têm condições satisfatórias de superar os danos e prejuízos provocados pelo evento adverso”.

No Sertão, são 53 municípios em situação de emergência: Afogados da Ingazeira, Afrânio, Araripina, Arcoverde, Belém de São Francisco, Betânia, Bodocó, Brejinho, Cabrobó, Calumbi, Carnaíba, Carnaubeira da Penha, Cedro, Custódia, Dormentes, Exu, Flores, Floresta, Granito, Ibimirim, Iguaracy, Inajá, Ingazeira, Ipubi, Itacuruba, Itapetim, Jatobá, Lagoa Grande, Manari, Mirandiba, Orocó, Ouricuri, Parnamirim, Petrolândia, Petrolina, Quixaba, Salgueiro,  Santa Cruz da Baixa Verde, Santa Filomena, Santa Maria da Boa Vista, Santa Terezinha, São José do Egito, Serra Talhada, Serrita, Sertânia, Solidão, Tabira, Tacaratu, Terra Nova, Trindade, Triunfo, Tuparetama e Verdejante. No Agreste, apenas Santa Cruz do Capibaribe.

Foto: Algomais

fev
28

Somente as lojas de atendimento da Compesa de Paulista e Itamaracá irão funcionar durante o Carnaval

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Carnaval     Tags , , ,

Durante este Carnaval, as lojas de atendimento da Compesa não funcionarão, exceto as unidades de Itamaracá e Pau Amarelo, em Paulista. Em todo Estado, as lojas encerram as atividades às 14h desta sexta-feira (01) até a Quarta-feira de Cinzas (06), quando será feriado em comemoração à Data Magna de Pernambuco.

Nesse período também não haverá expediente administrativo, no entanto, os serviços essenciais serão mantidos, assim como uma equipe de plantão para atuar também em situações emergenciais. As atividades voltarão ao normal na quinta-feira (07).

As lojas de atendimento de Itamaracá e de Pau Amarelo funcionarão das 8h ao meio-dia, no sábado (02). No domingo (03), na segunda (04) e na terça-feira (05), o funcionamento da loja de Itamaracá será das 8h às 12h e das 13h às 17h. Na  quarta-feira (06) não funcionará. Já a Loja de Pau Amarelo estará fechada na terça (05) e na quarta-feira (06).

Tanto Itamaracá quanto Pau Amarelo são praias do Litoral Norte bastante frequentadas nas férias, feriados e no verão. Por isso, historicamente a Compesa registra uma procura por parte dos clientes para quitar as faturas e negociar débitos. Como a população flutuante também aumenta bastante no Carnaval, a companhia dará suporte no abastecimento de água dessas localidades com carros-pipa.

Durante o Carnaval, os clientes também poderão contar com o serviço de atendimento pelo call center (teleatendimento), que funciona 24 horas. As reclamações sobre extravasamento esgoto e vazamentos devem ser feitas pelo telefone 0800.081.0185. Para os demais serviços e informações os clientes precisam ligar para o 0800.081.0195.

fev
27

Olinda terá abastecimento d’água todos os dias do Carnaval

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Carnaval     Tags , , ,

Os principais focos de folia do Carnaval em Pernambuco contarão com reforço no abastecimento de água durante o período das festas de Momo. A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) elaborou um esquema especial de fornecimento de água, que inicia amanhã (28), com o atendimento diário dos bairros de Olinda localizados no Sítio Histórico, onde há grande concentração de turistas, desfiles de troças e agremiações carnavalescas.

A distribuição de água será feita, no horário das 6h às 13h, para os bairros do Monte, Amparo, Guadalupe, Bonsucesso e Barreira do Rosário. Das 13h às 24h, serão abastecidas as localidades da Ribeira, Carmo, Varadouro, Quatro Canbtos, ruas 13 de Maio e da Bertioga; Carmo, Alto da Sé, ladeira de São Francisco, Santa Tereza, Umuarama, V-8, Amaro Branco e Ilha do Maruim.

O regime especial de distribuição de água para o Carnaval 2019 será realizado desta quinta-feira, dia 28 de fevereiro, até a Quarta-feira de Cinzas, dia 06 de março.

fev
23

Bairros de Paulista ficarão sem água durante 48 horas, a partir de segunda-feira

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Serviços     Tags , , ,

Uma paralisação parcial do Sistema Botafogo, por 48 horas, deixará sem água por 48 horas, as localidades do Mutirão, Maranguape II, Engenho Maranguape, Artur Lundgren I e II, Jaguarana, Torres Galvão, Jaguaribe, Jardim Maranguape, Alameda Paulista, Janga e Centro de Paulista.

A suspensão no abastecimento ocorrerá às 22h da próxima segunda-feira (25), para que a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) execute serviços na tubulação principal (adutora), responsável pelo abastecimento de parte do município de Paulista.

O fornecimento d’água só será normalizado a partir das 23h da quarta-feira (27), obedecendo o calendário de abastecimento de cada área. Informações sobre o retorno do abastecimento das localidades afetadas podem ser obtidas pelo telefone 0800.081.0195.

A paralisação do Sistema Botafogo é necessária para a instalação de duas válvulas reguladoras de vazão, com vistas a melhoria das pressões da rede de abastecimento dos bairros localizados nas áreas mais altas de Paulista, a exemplo das localidades da Alameda Paulista e Jaguarana.

jan
19

Ampliado rodízio de abastecimento em Olinda, Paulista, Abreu e Lima e Igarassu: um dia com água e seis sem

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Serviços     Tags , , ,

O registro de chuvas abaixo da média histórica, nos últimos dez anos, não tem colaborado pela manutenção de bons níveis da Barragem de Botafogo, uma das principais fontes que abastece as cidades de Olinda, Paulista, Igarassu e Abreu e Lima. Hoje, o manancial está com menos de 18% da sua capacidade total de armazenamento, que é de 27,5 milhões de metros cúbicos de água. Esse nível já é considerado crítico.

Diante desse cenário e como medida preventiva para preservar a vida útil desse manancial, a partir de hoje (19) a Compesa amplia o rodízio no fornecimento de água em áreas das quatro cidades: agora será um dia com água e seis dias sem o abastecimento.

O novo calendário de abastecimento passa a valer para cerca de 500 mil pessoas nas quatro cidades. As areas afetadas com a mudança do calendário são as seguintes:

Olinda: Jardim Brasil I e II , Vila Popular, Salgadinho, Sítio Novo, Águas Compridas, Sapucaia, Aguazinha, Alto Nova Olinda, Alto da Bondade, São Benedito e Alto da Conquista.

Paulista: Pau Amarelo, Nossa Senhora da Conceição, Janga, Maranguape II e II, Jaguarana, Jardim Paulista, Arthur Lundgreen I e II, Paratibe e Mirueira.

Abreu e Lima: Caetés III, Centro, Fosfato, Desterro, Timbó, Alto São Miguel, Matinha, Planalto e Alto da Bela vista.

Igarassu: Centro e Cruz de Rebouças.

jan
8

Vinte dias sem água, leva moradores de Peixinhos a protesto

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags , , ,

Moradores dos conjuntos habitacionais Peixinhos I e II, em Olinda, fecharam na manhã desta terça-feira (08), a Avenida Getúlio Vargas, no Bairro Novo, diante da Gerência de Unidade de Negócios da Compesa, para protestar contra a falta d’água.

Segundo os habitantes dos conjuntos, eles estão sem o serviço de abastecimento desde a entrega dos habitacionais, em 18 de dezembro do ano passadovinte dias atrás. Até agora, de acordo com o subsíndico do conjunto I, Amaro José, não tiveram nenhum posicionamento dos órgãos responsáveis. Nos habitacionais, moram 720 famílias.

Em nota, a Compesa informou que iniciou oficialmente, há 15 dias, o abastecimento de água nos habitacionais Peixinhos I e Peixinhos II. “No entanto, o atendimento, nos dois ciclos sucessivos do calendário ocorridos nesse período, não foi satisfatório”. Alegou ter enfrentado problemas para abastecer os dois residenciais em decorrência da queda da vazão do Sistema Botafogo – devido ao baixo nível da barragem, que sofre com a escassez de chuvas na região – e consequentemente da pressão da água nas tubulações. A Compesa disse que irá atender os moradores dos habitacionais no próximo dia do calendário, que será nesta sexta-feira (11),

Fonte/Foto: Folhape

dez
19

Mais de 60 bairros do Recife, Jaboatão e Camaragibe ficarão sem abastecimento d’água por 48 horas

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Serviços     Tags , , ,

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) programou uma paralisação do Sistema Tapacurá, a partir das 20h de amanhã (20). Vai executar intervenções que permitirão aumentar em 10% a produção de água  para a  Região Metropolitana do Recife (RMR). A suspensão no fornecimento de água vai durar até às 20h do próximo sábado (21). 

No período de 48 horas, as áreas atendidas por Tapacurá no município de Jaboatão dos Guararapes, toda a cidade de Camaragibe e a parte central do Recife terão o abastecimento suspenso. A paralisação é necessária para que a Compesa realize serviços nas unidades operacionais, como estações elevatórias de água bruta e a Estação de Tratamento de Água (ETA) Castelo Branco; ações de desobstrução dos canais de captação e reparos em adutoras, além de uma manutenção preventiva em todo o sistema.

Tapacurá responde hoje pelo abastecimento de água de 25% da população da RMR. A regularização do abastecimento ocorrerá de acordo com o calendário de distribuição (áreas que recebem água em regime de rodízio). Informações: 0800.081.0195.

out
25

Integração de sistemas de abastecimento na RMR vai ampliar oferta de água para Olinda

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Serviços     Tags , , ,

A integração dos sistemas de abastecimento é uma das ações planejadas pela Compesa, a médio e longo prazos, para aumentar e equilibrar a oferta de água para a população da Região Metropolitana do Recife (RMR). Na Rua Nigéria, no bairro de Peixinhos (Olinda), a companhia está tocando uma frente de serviços para implantar uma nova adutora, com sete quilômetros de extensão, que vai ampliar o fornecimento de água para 11 bairros olindenses.

Quando estiver pronta, essa adutora terá a função de transportar até 300 litros de água, por segundo, a partir da Estação de Tratamento de Água (ETA) Alto do Céu, localizada no Recife, para reforçar o abastecimento de 80 mil olindenses, concluindo assim mais uma etapa de integração do complexo hídrico da RMR. A obra recebe um investimento de R$ 9,5 milhões, recursos do Ministério das Cidades e Caixa Econômica Federal, e será concluída no prazo de 18 meses.

Esse trabalho de integrar sistemas teve início com a operação do Sistema Produtor Pirapama, que aumentou em 50% a produção de água para a RMR, acabando com o rodízio nas áreas planas do Recife. O planejamento da Compesa prevê eliminar o racionamento em toda essa região até o ano de 2045. “Dentre os desafios, está o de levar água para as áreas de morros do Recife e para a RMR, como a cidade de Olinda. Para conseguirmos transferir essa oferta de água do Sistema Alto do Céu para a área Norte da RMR, foi prevista, primeiramente, outra obra, a duplicação da Alça Norte, que permitirá levar parte da vazão do Sistema Pirapama para essa região (incluindo os morros), que hoje recebe água dos sistemas Tapacurá e Alto do Céu”, explica o gerente de Obras da Compesa, Rafael Ramos.

A implantação da nova adutora a partir do Sistema Alto do Céu vai garantir uma oferta de água suficiente para abastecer, todos os dias, os bairros dos Bultrins, Monte, Guadalupe, Amparo, Barreira do Rosário, Bonsucesso, 7º R.O, Jardim Fragoso, Bairro Novo, Casa Caiada e Alto da Mina.

set
25

Compesa retira mais de 43 mil olindenses do rodízio no abastecimento

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags , ,

Mais de 43 mil olindenses passaram a receber água durante 24 horas nas torneiras. Essa população corresponde a 31% dos bairros beneficiados com a primeira etapa do projeto Olinda+Água, que são Casa Caiada, Jardim Atlântico, Rio Doce e parte de Jardim Fragoso.

As áreas que já contam com o fornecimento de água todos os dias estão localizadas, principalmente, em Casa Caiada e Jardim Atlântico. As melhorias estão sendo alcançadas por meio de um controle operacional mais eficiente que considera parâmetros como vazão, pressão e tempo de abastecimento, além do combate a vazamentos e perdas de água.

Graças às ações do Olinda+Água, que permitiram a substituição de 69 quilômetros de tubulações só nesses quatro bairros da primeira etapa do projeto, está sendo possível aumentar as horas de água para a população. Os investimentos também foram direcionados para a setorização do sistema, aquisição de tecnologias e implantação de dispositivos que dividiram a rede em distritos de abastecimento, além da ampliação do Centro de Reservação de Perijucã, em Jardim Atlântico.

De acordo com a gerente da Unidade de Negócios da Compesa, Cleice Brito, a previsão é que, até o final deste ano, o bairro de Jardim Atlântico fique 100% fora do racionamento e passe a receber água todos os dias. Para as demais áreas da primeira etapa do projeto já foi possível dobrar a oferta de água, em menos de um ano de operação do novo sistema.

De um calendário de um dia com água e cinco dias sem, passou para o rodízio de três dias com água e três dias sem. No mês de dezembro, também será iniciado o trabalho de melhoria do desempenho do sistema nas áreas que compõem a segunda etapa do Olinda+Água, que abrange os bairros de Ouro Preto, Bairro Novo, Jatobá, parte dos Bultrins e de Jardim Fragoso. Nessas áreas, o sistema ainda está em fase de testes.

ago
20

Olinda, Paulista, Igarassu e Abreu e Lima sem água até quinta-feira

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Serviços     Tags , , ,

A partir das 22h desta segunda-feira (20), cerca de 500 mil moradores dos municípios de Olinda, Paulista, Igarassu e Abreu e Lima terão o fornecimento de água suspenso até as 8h da próxima quinta-feira (23). A paralisação ocorre, segundo a Compesa, para a instalação de três válvulas de grande porte na saída do Reservatório de Navarro, que integra o Sistema Botafogo, responsável pelo abastecimento das quatro cidades.

Após o término das intervenções, que ainda incluem manutenção eletromecânica preventiva em unidades do sistema, o abastecimento de água será restabelecido seguindo o calendário de cada localidade. Com 70% concluído, o projeto de automação do Sistema Botafogo contempla 118 unidades operacionais, entre reservatórios, válvulas de controle do sistema e estações de bombeamento, e tem previsão de ser finalizado em fevereiro de 2019.

Orçada em R$ 11 milhões – com recursos financiados pelo Governo do Estado junto ao Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird) – a iniciativa prevê a automação de toda malha da rede distribuidora que faz a macro operação do sistema, que corresponde a cerca de 50 quilômetros de adutoras e sub-adutoras, desde a saída da estação de tratamento de água de Botafogo, em Igarassu, até as dezenas de reservatórios que abastecem as localidades nos quatro municípios.

Segundo a Compesa, atualmente, as ações de controle operacional da rede distribuidora de Botafogo são feitas manualmente, o que se torna muito complicado, diante das dimensões e abrangência do sistema. A tecnologia da automação permite que os sistemas funcionem de forma autônoma com a supervisão e o comando realizados de forma remota pelo centro de controle operacional a qualquer momento. 

ago
17

Olinda ganha nova adutora para ampliar oferta de água em 11 bairros

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags , , ,

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) inicia uma grande obra para a melhoria do abastecimento de Olinda. A boa notícia foi dada ontem (16), pelo presidente da Compesa, Roberto Tavares, durante visita ao prefeito Professor Lupércio, que tem acompanhado os investimentos que estão sendo feitos na cidade. A implantação da nova adutora aumentará a oferta de água para mais de 80 mil pessoas no município. A meta do projeto é passar a abastecer os bairros dos Bultrins, Monte, Guadalupe, Amparo, Barreira do Rosário, Bonsucesso, 7º R.O., Jardim Fragoso, Bairro Novo, Casa Caiada e Alto da Mina sem rodízio.

Os investimentos são de quase R$ 10 milhões. A companhia vai implantar a nova adutora a partir do Sistema Produtor Alto do Céu – que integra o complexo hídrico da Região Metropolitana do Recife – para incrementar o abastecimento desses 11 bairros de Olinda, com uma vazão de 300 litros de água por segundo. As intervenções serão iniciadas na Rua Nigéria, no bairro de Peixinhos.

Olinda também está sendo contemplada com outra obra importante, o Olinda+Água, que está promovendo melhorias na rede de distribuição, com a substituição de tubulações e implantação de dispositivos que promovem o aumento do controle operacional do sistema, reduzindo as perdas e a ocorrência de vazamentos. 

A obra prevê a construção de uma adutora com 7,4 quilômetros de extensão – e diâmetro de 600 a 400 milímetros – que vai derivar de outra adutora do Sistema Alto do Céu, no bairro de Peixinhos. De lá, a nova adutora seguirá até o Reservatório do Monte, no Sítio Histórico de Olinda, e terminará no Reservatório do Urubu, em Fragoso, transportando água para essas duas unidades – que hoje recebem água do Sistema Botafogo e de poços do Aquífero Beberibe. O projeto, que tem o prazo de execução de 18 meses, ainda vai implantar uma estação de bombeamento (estação elevatória).

ago
10

Áreas de Olinda já estão com abastecimento de água 24 horas

AuthorPostado por: Jornalismo Redação    CategoryEm: Olinda     Tags , ,

Várias áreas dos bairros de Jardim Atlântico, Casa Caiada e Jardim Fragoso, em Olinda, que juntas somam quase 26 mil pessoas, já estão livres do racionamento, ou seja, contam com o abastecimento de água durante 24 horas. Essa melhoria do fornecimento de água foi alcançada graças ao projeto Olinda+Água, a maior obra de abastecimento em execução na Região Metropolitana do Recife.

Boa parte de Casa Caiada já conta com fornecimento de água todos os dias: a região limitada pelas ruas Alcina Coelho de Carvalho e Eduardo de Moraes, o Canal do Fragoso e a orla. Esse distrito (Setor 16) ainda inclui uma área do bairro de Jardim Fragoso, situada entre as ruas Alcina Coelho de Carvalho, Humberto de Lima Mendes, Artur Serpa e Caviúna. 

Em Jardim Atlântico, a área limitada pelas ruas Cala dos Pântanos, Alexandria, Escritor Ramos de Almeida e a Avenida Nápoles, também conta com atendimento contínuo após a entrada do novo sistema de abastecimento pelo Centro de Reservação de Perijucã – construído em Jardim Atlântico, com a capacidade para armazenar 12 milhões de litros de água.

As demais localidades nos bairros contemplados na primeira etapa do Olinda+Água, Rio Doce e Jardim Atlântico, passaram a ser atendidas por meio de um calendário que prevê três dias com água e três dias sem o abastecimento, uma melhoria significativa se comparar com o regime praticado antes do projeto, em 2017 – que era de um dia com água para cinco dias sem. Ao todo, o Olinda+Água vai beneficiar 250 mil olindenses, o que corresponde a mais da metade da população da cidade. 

jul
23

Mais de 800 mil pessoas ficarão sem água durante dois dias

AuthorPostado por: Jornalismo Redação    CategoryEm: Serviços     Tags , ,

Mais de 800 mil pessoas de 70 bairros do Recife, dez de Jaboatão dos Guararapes e dois de Olinda ficarão sem abastecimento de água por 48 horas a partir desta terça-feira (24). A suspensão será feita para a realização de obras de melhoria no Sistema Produtor Tapacurá.

A Compesa explica que a parada foi planejada para dar continuidade às obras de setorização da Capital, um investimento que permite a divisão da rede de distribuição em setores distintos de abastecimento, instalação de equipamentos para controle de vazões e pressões, além de substituições de tubulações antigas ou subdimensionadas, ações que visam a melhoria do fornecimento de água e combate às perdas.

A medida faz parte de uma série de interligações da nova rede implantada em 14 bairros das Zonas Oeste e Norte do Recife. A Compesa ainda vai aproveitar a parada de Tapacurá para realizar manutenções preventivas nas unidades do sistema, como a Estação de Tratamento de Água (ETA) Castelo Branco, no Curado, e nas adutoras.

Na quinta-feira(26), após a conclusão dos serviços, o sistema voltará a funcionar com o restabelecimento do abastecimento de água para as áreas afetadas pela paralisação. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 0800.081.0195.
jun
19

Segunda etapa do Olinda+Água entra na fase de testes em Ouro Preto

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags , ,

A rede de distribuição de água implantada na segunda etapa do projeto Olinda+Água começa a ser testada. A Compesa iniciou esse trabalho pelas ruas do bairro de Ouro Preto (incluindo a zona rural), uma das localidades contempladas por essa fase da obra de melhoria do abastecimento da cidade.

De Ouro Preto, os testes seguem para o Bairro Novo e, até o final deste mês, serão realizados também em Jatobá e parte dos bairros de Jardim Fragoso e Bultrins. Nesse período, de pré-operação, é possível que surjam situações pontuais de falta de água ou baixa pressão, que ao serem identificadas pelas equipes técnicas receberão de imediato ações corretivas para regularização do abastecimento. A Compesa disponibilizou um telefone exclusivo para receber solicitações via WhatsApp (81. 99488.5119) para os clientes dessas áreas informarem a ocorrência de falta de água.

A operação plena do novo sistema implantado na segunda fase do Olinda+Água inicia na primeira semana de julho, levando benefícios ao fornecimento de água para cerca de 60 mil pessoas nesses bairros, como a melhoria das pressões e ampliação das horas de abastecimento no dia de calendário. A meta do Olinda+Água é melhorar gradativamente a prestação do serviço de abastecimento de água até que a população passe a ser atendida todos os dias, durante 24 horas. 

maio
30

Posto flagrado vendendo combustível em recipientes ilegais será multado

As equipes de fiscais do Procon-PE estão orientando gerentes e frentistas dos postos de combustível da Região Metropolitana do Recife (RMR) sobre a Nota Técnica (NT) emitida pelo órgão com regras quanto ao abastecimento durante a paralisação dos caminheiros.

Entre as regras da NT do Procon-PE, e de uma outra divulgada pelo Corpo de Bombeiros (CB), na última segunda-feira (28), está que o abastecimento em recipientes será permitido em embalagens que cumprem as regras do Inmetro e da ABNT.

Ontem (29), os fiscais estiveram em um posto localizado no bairro do Janga, em Paulista, onde haviam muitos consumidores com garrafas de água mineral de 20 litros e outras garrafas pet’s. “Além de não fornecer segurança para armazenar e transportar, essa prática também é um risco à saúde pública, já que esses garrafões podem, posteriormente, voltar para o mercado de água”, afirmou o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico.

O gerente geral do Procon-PE, Erivaldo Coutinho, afirma que caso seja flagrado este tipo de abastecimento, o posto será multado. “Pedimos que os consumidores que presenciem esse tipo de procedimento, denunciem” explica. 

maio
13

Abastecimento d’água melhora a partir de amanhã em quatro bairros

AuthorPostado por: Jornalismo Redação    CategoryEm: Olinda     Tags , ,

Os investimentos realizados na melhoria do abastecimento de água em Olinda apresentam resultados positivos. A partir desta segunda-feira (14), passará a valer um novo calendário de abastecimento, com a ampliação do abastecimento para 150 mil pessoas nos bairros de Rio Doce, Jardim Atlântico, Casa Caiada e parte de Jardim Fragoso.

O rodízio, que era em média de um dia com água e cinco dias sem o abastecimento nessas áreas da cidade, antes do projeto  Olinda+Água, agora será de três dias com água para três dias sem. Essa redução do rodízio é só o começo da melhoria da distribuição de água proporcionada pelo projeto, que está sendo executado pela Compesa na cidade, com recursos no valor de R$ 134 milhões.

As melhorias no fornecimento de água serão feitas de forma gradativa até alcançar o objetivo final da ação, que é abastecer a população todos os dias, durante as 24 horas e com boas pressões nas redes. Só nesses quatro bairros, que correspondem a primeira etapa do Olinda+Água, foram assentados mais de 40 mil metros de novas tubulações.

Rio Doce, Casa Caiada e parte de Jardim Fragoso também passaram a ser abastecidos pelo Centro de Reservação de Perijucã, um reservatório único que foi construído, em Jardim Atlântico, com capacidade para armazenar 12 milhões de litros de água.

maio
12

Tubulação de água estoura e abre cratera na Presidente Kennedy

O estouro de tubulação causou grandes estragos nos arredores da Avenida Presidente Kennedy, em Olinda, na manhã deste sábado (12). Casas foram invadidas por água suja, uma cratera abriu na via e um poste caiu, complicando também o trânsito.

Segundo levantamento da Compesa, cinco casas tiveram móveis e eletrodomésticos danificados. Dois estabelecimentos comerciais também foram alcançados pelas águas que vazavam, mas não tiveram maiores danos.

No início da tarde, populares tiravam com pás e carros-de-mão a areia trazida pelas águas. Por meio de nota, a Compesa informou que o incidente foi causado por um estouramento em tubulação de 400 mm. “Assim que a companhia tomou conhecimento, os registros foram fechados”, informou.

A empresa também informou que será realizado um levantamento técnico e social para o processo de ressarcimento dos danos materiais causados aos moradores. Os técnicos estimam que conseguirão concluir o reparo até as 8h do domingo (13). Enquanto isso, estão sendo afetados com falta de água os bairros do Monte, Sapucaia, São Benedito e Aguazinha.

Fonte/Foto: Leiajá

abr
9

Parte de Olinda estará sem água até a próxima quarta-feira

A Estação Elevatória do Sistema Alto do Céu, responsável pelo abastecimento de água de parte de Olinda e de áreas da Zona Norte do Recife, está paralisada afetando 92 mil moradores.

De acordo com a Compesa, os equipamentos sofreram danos devido às chuvas que atingiram a Região Metropolitana do Recife (RMR) e a Mata Sul desde a última sexta-feira (06). Inicialmente, o sistema parou devido à falta de energia e depois porque todos os equipamentos foram inundados. 

Os técnicos da companhia estão no local, esgotando a água acumulada para viabilizar a retirada das bombas para os serviços de manutenção. A expectativa da Compesa é de retornar a operação da estação elevatória até a próxima quarta-feira (11). 

Carnaval 2020

Está chegando o Sábado de Carnaval22 de fevereiro de 2020
274 dias restantes.

Paixão de Cristo 2019

Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 401 outros assinantes

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog:

Olinda Hoje

%d blogueiros gostam disto: