Navegando todos os artigos com a tag Abastecimento
set
19

Olinda e Paulista terão abastecimento de água interrompido por 48 horas

AuthorPostado por: Jornalismo Redação    CategoryEm: Olinda     Tags , ,

A partir das 8h desta terça-feira (19),  a Compesa vai realizar uma intervenção no Sistema Botafogo por 48 horas. O município de Olinda e os bairros de Pau Amarelo, Janga e Maranguape, em Paulista, ficarão sem abastecimento de água até às 8h da quinta-feira (12).  A falta d’água vai atingir, também, bairros das cidades de Abreu e Lima e Igarassu.

agua-torneira-300x240
Durante a parada, a Compesa vai executar serviços de manutenção em equipamentos e diversas unidades do sistema que passaram por algum tipo de avaria durante o inverno deste ano. Apesar da paralisação total do sistema, a falta de água  ocorrerá apenas em algumas localidades dos quatro municípios – cujos dias de abastecimento (calendário) estão previstos para acontecer no período da  intervenção. Essas áreas correspondem a cerca de 27% da população atendida pelo Sistema Botafogo. 

A companhia vai realizar ações para corrigir os danos hidráulicos, elétricos e eletromecânicos provocados pelas chuvas e ventos ocorridos nos meses de julho e agosto, e que podem comprometer a capacidade operacional do sistema e até o cumprimento dos calendários. As ações serão executadas em todo o sistema, como adutoras de grande porte e unidades de bombeamento (estações elevatórias).

Após a conclusão dos serviços, na quinta-feira (21), a distribuição de água será retomada de acordo com o calendário estabelecido para cada área.

Fonte: DP

ago
28

Começam testes em sistema de abastecimento de Rio Doce

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Serviços     Tags , ,

A Compesa inicia nesta segunda-feira (28), a fase de testes do novo sistema de abastecimento para a melhoria de distribuição de água dos bairros de Rio Doce e Jardim Atlântico, em Olinda, que são as primeiras áreas beneficiadas com o projeto Olinda+Água. O empreendimento visa estabelecer o fornecimento de água contínuo (todos os dias) para 250 mil pessoas em 15 bairros do município, dentro de cinco anos – até o ano de 2021.

As melhorias do abastecimento nesses dois bairros, onde foram assentados 30 quilômetros de novas tubulações, serão sentidas pelos moradores logo após a finalização dos testes da operação do sistema. “No mês de outubro, as melhorias serão ainda mais significativas”, informa o gestor da obra, Bruno Eduardo Gonçalves.

Segundo ele, ainda há necessidades de outras intervenções no sistema, que serão realizadas a partir de janeiro de 2018, para possibilitar o abastecimento ininterrupto dos bairros de Rio Doce, Jardim Atlântico, parte de Casa Caiada e Jardim Fragoso, além de outras áreas da cidade. Hoje, essas localidades são atendidas pelo Sistema Botafogo e nove poços, com um regime de rodízio que varia de três a cinco dias sem água, dependendo da localidade.

Hoje (28), os testes na nova rede vão abranger os bairros de Jardim Atlântico e as 2ª,3ª,4ª e 5ª Etapas de Rio Doce. Na 1ª Etapa, parte de Casa Caiada e Jardim Fragoso os testes acontecerão posteriormente, em função das particularidades da rede de distribuição da área.

Recentemente, durante as obras de interligação dos poços ao novo Centro de Reservação de Perijucã, em Jardim Atlântico – com capacidade de armazenar 12 milhões de litros de água – o abastecimento desses bairros foi comprometido para a realização das intervenções, ações essenciais para a melhoria da distribuição de água.

Está previsto para o mês de outubro, o término da primeira etapa da obra, levando para 133 mil pessoas nos bairros de Rio Doce, Jardim Atlântico e parte de Casa Caiada e Jardim Fragoso, melhorias na distribuição de água, como o cumprimento dos horários divulgados no calendário; aumento das pressões e das horas de abastecimento. Ao todo, o Governo do Estado e Compesa investem R$ 134 milhões, recursos financiados pelo Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird).

ago
11

Peixinhos e outros 14 bairros ficarão sem água de hoje até domingo

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags , , ,

Hoje (11), a Compesa vai realizar serviços de manutenção emergencial no Sistema Alto do Céu. A paralisação no fornecimento d’água será por 60 horas, a partir das 8h desta sexta-feira (11) prosseguindo até às 20h do próximo domingo (13). A iniciativa visa Falta dáguaconsertar um vazamento na Adutora de Monjope, localizada na BR-101 Norte, no bairro de Cruz de Rebouças, no município de Igarassu.

Para executar os serviços será necessário suspender o abastecimento de água para o bairro de Peixinhos, em Olinda, e outras 14 localidades do Recife: Fundão, Campina do Barreto, Cajueiro, Porto da Madeira, Água Fria, Arruda, Bomba do Hemetério, Alto José Bonifácio, Alto Santa Teresinha, Linha do Tiro, Beberibe, Mangabeira, Alto do Brasil e Alto do Deodato.

Para consertar o vazamento há necessidade de um período de oito horas para o esvaziamento da tubulação e mais oito horas para o seu enchimento, a partir do término dos serviços.

A adutora é de concreto e tem diâmetro de 1.000mm. “Precisamos parar emergencialmente o sistema para evitar a continuidade do vazamento”, explica a gerente de Unidade de Negócios da Compesa, Isabelle Souto.

Segundo ela, a distribuição de água será retomada ainda na noite do próximo domingo (13) e seguirá o calendário de cada bairro. A Compesa também aproveitará a parada para substituir um registro no sistema de bombeamento da Estação de Tratamento de Água (ETA) do Alto do Céu. “Essa ação vai permitir a regularização do problema de baixa pressão nas localidades atingidas pela paralisação e falta d’água em algumas áreas”, explica.

Cerca de 50 profissionais estarão envolvidos na operação. As informações sobre o retorno do abastecimento podem ser obtidas pelo telefone 0800.081.0195 (ligação gratuita).

Foto: GGN

jun
23

Compesa melhora o abastecimento do Loteamento Nossa Prata

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Serviços     Tags , ,

A Compesa está investindo R$ 1,6 milhão para regularizar o abastecimento d’água dos moradores do conjunto habitacional Nossa Prata, localizado no bairro de Maranguape II, no município do Paulista.

A perfuração de um poço tubular profundo (250 metros de profundidade), foi concluída em março passado. O poço tem uma vazão de 10 litros de água por segundo, produção suficiente para abastecer uma população de 6 mil pessoas da localidade. Também foram assentados 4,2 mil metros de rede de distribuição no conjunto habitacional Nossa Prata.

Agora a companhia está construindo um reservatório elevado para atender com mais eficiência a distribuição de água no habitacional. A companhia já concluiu a fundação do reservatório e está executando a estrutura da unidade, que terá capacidade para armazenar 200 mil litros de água. O prazo previsto para conclusão da obra é dezembro de 2017.

jun
9

Fim do racionamento d’água está próximo para 15 bairros de Olinda

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags , ,

Compesa-Obras em olinda

Um dos maiores investimentos já feitos na rede de distribuição de água de Olinda, nas últimas décadas, está em andamento e vai beneficiar os 15 bairros mais populosos da cidade. As obras do “Olinda+Água” já estão 30% concluídas. A proposta do projeto é acabar com o racionamento nesses bairros até 2021.

O projeto do Olinda+Água vai beneficiar 240 mil pessoas, nos bairros de Casa Caiada, Bairro Novo, Bultrins, Jardim Atlântico, Jardim Fragoso, Ouro Preto, Rio Doce, Varadouro, Carmo, Guadalupe, Santa Tereza, Bonsucesso, Monte, Amaro Branco e Bultrins. As redes de distribuição de água nesses 15 bairros serão divididas em 42 setores de medição e controle de abastecimento. 

Nesta primeira etapa de obras, as intervenções estão concentradas nos bairros de Casa Caiada, Jardim Atlântico e Rio Doce, onde já foram assentadas mais de 20 quilômetros de rede e construídos cinco reservatórios com capacidade para armazenar dois mil metros cúbicos de água, cada um.

A previsão é encerrar a primeira fase do projeto até o final deste ano, quando será iniciado o funcionamento da rede e unidades operacionais implantadas, levando melhorias para o abastecimento dos três bairros.

As obras da segunda etapa começarão ainda no segundo semestre deste ano e atenderão os bairros de Ouro Preto, Jardim Fragoso e Bairro Novo. A terceira etapa de obras está prevista para o segundo semestre de 2018. Todo projeto  receberá um investimento de R$ 134 milhões, recursos do Banco Mundial (Bird).

mar
22

Compesa conclui manutenção emergencial no Sistema Alto do Céu

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Serviços     Tags , , ,

A Compesa concluiu hoje (22), a manutenção emergencial na adutora do Monjope, integrante do Sistema Alto do Céu, em Paratibe (Paulista). A equipe trabalhou durante 24h ininterruptas com o objetivo de acelerar a execução dos serviços e retomar mais rápido o abastecimento de água em bairros do Recife e Olinda. O processo de  distribuição  de água já foi  iniciado e seguirá o calendário de cada bairro atingido.

Em Olinda, as áreas afetadas com a suspensão do abastecimento para a realização da manutenção emergencial foram os bairros de Peixinhos, Ribeira, Alto da Sé, Monte, Amaro Branco, Bonsucesso, Guadalupe, São Benedito e Varadouro.

No  Recife foram afetados os bairros de Água Fria, Alto José Bonifácio, Alto José do Pinho, Alto Santa Terezinha, Arruda, Beberibe, Bomba do Hemetério, Cajueiro, Campina do Barreto, Fundão, Hipódromo, Linha do Tiro, Mangabeira e Porto da Madeira. 

mar
22

Nove bairros de Olinda estão sem água por conta de serviços em Monjope

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Serviços     Tags , ,

aguaUma manutenção emergencial na adutora do Monjope, integrante do Sistema Alto do Céu, localizada no bairro de Paratibe (Paulista), acarretou a suspensão do abastecimento de água em alguns bairros de Olinda e Recife.

Para executar o conserto da tubulação, foi necessário suspender o fornecimento de água nos seguintes bairros de Olinda: Peixinhos, Ribeira, Alto da Sé, Monte, Amaro Branco, São Benedito, Bonsucesso, Varadouro e Guadalupe.

No Recife foram afetados os bairros de Água Fria, Arruda, Beberibe, Bomba do Hemetério, Cajueiro, Campina do Barreto, Fundão, Hipódromo, Linha do Tiro, Mangabeira, Porto da Madeira e os altos José Bonifácio, José do Pinho e Santa Terezinha.

A previsão é retomar a distribuição de água nas áreas atingidas na próxima sexta-feira (24), a partir das 16h. O fornecimento de água será normalizado de acordo com o calendário de cada bairro.

mar
20

Chuva retira Brejo da Madre de Deus do colapso no abastecimento dágua

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Serviços     Tags , ,

Uma boa notícia  para os moradores do município do Brejo da Madre de Deus, no Agreste  pernambucano: a Compesa  retomou, nesse final da semana, o fornecimento de água pela rede de distribuição após o registro de chuvas na região, nos últimos dias.

A cidade, onde está localizado o Teatro de Nova Jerusalém, no distrito de Fazenda Nova, estava em colapso desde novembro do ano passado, em  consequência  da estiagem prolongada. Segundo o gerente de Unidade de Barragem de Santana I - Brejo da Madre de DeusNegócios da Compesa, Bruno Adelino, as chuvas foram suficientes para regularizar o nível da Barragem de Santana I (foto), que está cheia. As chuvas também permitiram o armazenamento de 23% da  Barragem de Santana II, outra fonte hídrica do município. 

A Barragem de Santana II tem a capacidade de acumular  568 mil metros cúbicos de  água e hoje está com 23% do volume máximo de reserva: 125 mil metros cúbicos de água. Já o manancial Santana I  é um reservatório de nível, ou seja, ele não acumula água e  depende  diretamente do regime de chuvas. 

Diante desse quadro, a Compesa retomou a distribuição de água para os moradores e está avaliando a implantação  do novo calendário de abastecimento, que na fase mais crítica, anterior ao colapso dos mananciais, chegou a ser  atendida pelo regime de dois dias com água e  20 dias sem. Durante o período de colapso, a população estava sendo atendida com dez carros-pipa e por meio de cisternas comunitárias espalhadas pela cidade.

fev
14

OBRA EMERGENCIAL DA COMPESA DEIXARÁ OLINDA SEM ÁGUA POR 48h

AuthorPostado por: Jornalismo Redação    CategoryEm: Olinda     Tags , ,

Nesta quarta-feira (15), a Compesa dará início a uma obra emergencial na parte de Sistema Botafogo. O reparo será feito em um vazamento em tubulação de 500 mm, na cidade do Paulista.

AGUAPara executar as intervenções será necessário paralisar a estação elevatória (sistema de bombeamento), responsável por 70% do abastecimento do Sistema Botafogo.  A paralisação vai durar 48 horas e começa a 0h desta terça-feira. A medida vai acarretar falta de água nas cidades de Olinda e Paulista.

Segundo o gerente de Manutenção da Compesa, Euris Oliveira, não há como realizar os reparos na tubulação sem  a suspensão do fornecimento de água. Ele adianta que irá aproveitar a paralisação da estação elevatória  para realizar serviços  preventivos, como a substituição de  válvulas e registros.

A distribuição de água será retomada logo após a pressurização do sistema, etapa posterior à conclusão dos trabalhos. A regularização do abastecimento seguirá o calendário e ocorrerá de forma  gradativa. Informações: 0800.081.0195.

Fonte: Diário de Pernambuco

jan
11

CINCO BAIRROS DE OLINDA FICARÃO SEM ÁGUA DURANTE 48 HORAS

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags , ,

O Sistema Alto do Céu será paralisado por 48 horas, nesta quinta-feira (12), a partir da 0h30. A parada será necessária para a  instalação de um macromedidor em uma adutora de concreto, de 800mm, situada na saída da Estação de Tratamento de Água (ETA) Alto do Céu, no bairro do Fundão – Recife.

Para a execução dos serviços será necessário suspender o abastecimento de água de 44  localidades nas cidades de Olinda e Recife. Em Olinda ficarão sem água os moradores dos bairros de Jardim Brasil, Vila Popular, Peixinhos, Sítio Novo e Salgadinho.

De acordo com o gerente de Produção da Compesa, Euris Oliveira, a instalação do macromedidor irá permitir o monitoramento instantâneo do volume de água produzido pelo sistema, proporcionando maior controle operacional  e,  consequentemente, melhorias no abastecimento da região.

Além da instalação do equipamento, a Compesa vai aproveitar para realizar serviços de manutenção preventiva  no sistema. O serviço prosseguirá até o próximo sábado (14). Informações: 0800.081.0195.

jan
3

TUBULAÇÃO DA COMPESA EM AGUAZINHA É DANIFICADA E ABASTECIMENTO SUSPENSO

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags , , ,

A Compesa  informa que já adotou todos os procedimentos para o início dos serviços de reparo de uma tubulação danificada na tarde desta terça-feira (03), por máquinas que operam no aterro sanitário de Aguazinha, em Olinda.

Assim que foi informada, a companhia realizou as manobras necessárias para conter a perda de água. Esse processo leva algumas horas até o esvaziamento total da adutora, uma tubulação de  500mm, de ferro, ação imprescindível para o início dos trabalhos de recuperação da tubulação.

 Em virtude do acidente, foi necessário suspender o abastecimento de água dos bairros de Jardim Brasil I e II, Vila Popular, Salgadinho e Sitio Novo.

A  Compesa está mobilizando os equipamentos, materiais e profissionais para iniciar os trabalhos amanhã(04) pela manhã. A expectativa é que os serviços sejam finalizados no final da tarde desta quarta-feira. A regularização do abastecimento de água nas áreas afetadas  ocorrerá de acordo com o calendário de cada  bairro. Informações: 0800.081.0195.

dez
28

RACIONAMENTO DÁGUA ESTÁ COM OS DIAS CONTADOS EM OLINDA

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags , ,

Uma obra, já em execução pela Compesa, vai acabar com o racionamento de água em 15 bairros mais populosos de Olinda: de Casa Caiada, Bairro Novo, Bultrins, Jardim Atlântico, Jardim Fragoso, Ouro Preto, Rio Doce, Varadouro, Carmo, Guadalupe, Santa Tereza, Bonsucesso, Monte, Amaro Branco e Jatobá. Essas localidades convivem, em média, com o rodízio de um dia com água para três dias sem.

compesa

Batizado de Olinda + Água, o empreendimento vai possibilitar melhorias no abastecimento, com a implantação e substituição de rede; prevê obras de setorização para melhorar a gestão e o controle do sistema, construção de reservatórios, além de intervenções operacionais com uso de novas tecnologias.

Para a realização das obras serão investidos  R$ 134 milhões, recursos do Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Banco Mundial). Os serviços, explica o  diretor  Regional Metropolitano, Fernando Lôbo, serão realizados em etapas para evitar grandes transtornos à população, como interdição do trânsito por longos períodos. Panfletos informativos estão sendo distribuídos para os moradores.

O projeto vai dividir as áreas beneficiadas, que correspondem à metade da cidade de Olinda, em 42 setores de medição e controle, nos quais serão instaladas Válvulas Redutora de Pressão (VRP) e macromedidores. O objetivo é melhorar a gestão e o controle do abastecimento, além de evitar que uma grande área fique sem abastecimento toda que vez que ocorrer um estouramento no sistema de distribuição de água, até que a manutenção seja realizada.

A primeira etapa das obras, iniciada no mês de outubro, abrange os bairros de Rio Doce, Jardim Atlântico e parte de Casa Caiada, Bairro Novo e Jardim Fragoso e vai implantar e substituir 16 quilômetros de tubulações nessas localidades, incluindo adutoras de 300mm a 500mm de diâmetro.

Ainda para essa etapa, prevista para ser concluída em abril de 2017, serão construídos cinco reservatórios em Jardim Atlântico, no local onde hoje já existe o Reservatório de Perijucan (2 mil metros cúbicos de água), com o objetivo de suprir um déficit de 10 mil metros cúbicos de água – volume calculado a partir de estudos populacionais feitos pela Compesa nas localidades beneficiadas com o projeto.

No mês de abril de 2017, está previsto o início da segunda etapa das obras, que corresponde ao bairro de Ouro Preto e o restante de Casa Caiada, Jardim Fragoso e Bairro Novo. No segundo semestre de 2017, serão iniciadas as obras no Sítio Histórico de Olinda, etapa que engloba os bairros do Varadouro, Carmo, Guadalupe, Santa Tereza, Bonsucesso, Monte, Amaro Branco e Bultrins. 

Redes Sociais:

senai-dez

sesi-dez

Anuncio-gif OH

pernambucont


Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog: