Navegando todos os artigos com a tag Água
set
25

Compesa retira mais de 43 mil olindenses do rodízio no abastecimento

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags , ,

Mais de 43 mil olindenses passaram a receber água durante 24 horas nas torneiras. Essa população corresponde a 31% dos bairros beneficiados com a primeira etapa do projeto Olinda+Água, que são Casa Caiada, Jardim Atlântico, Rio Doce e parte de Jardim Fragoso.

As áreas que já contam com o fornecimento de água todos os dias estão localizadas, principalmente, em Casa Caiada e Jardim Atlântico. As melhorias estão sendo alcançadas por meio de um controle operacional mais eficiente que considera parâmetros como vazão, pressão e tempo de abastecimento, além do combate a vazamentos e perdas de água.

Graças às ações do Olinda+Água, que permitiram a substituição de 69 quilômetros de tubulações só nesses quatro bairros da primeira etapa do projeto, está sendo possível aumentar as horas de água para a população. Os investimentos também foram direcionados para a setorização do sistema, aquisição de tecnologias e implantação de dispositivos que dividiram a rede em distritos de abastecimento, além da ampliação do Centro de Reservação de Perijucã, em Jardim Atlântico.

De acordo com a gerente da Unidade de Negócios da Compesa, Cleice Brito, a previsão é que, até o final deste ano, o bairro de Jardim Atlântico fique 100% fora do racionamento e passe a receber água todos os dias. Para as demais áreas da primeira etapa do projeto já foi possível dobrar a oferta de água, em menos de um ano de operação do novo sistema.

De um calendário de um dia com água e cinco dias sem, passou para o rodízio de três dias com água e três dias sem. No mês de dezembro, também será iniciado o trabalho de melhoria do desempenho do sistema nas áreas que compõem a segunda etapa do Olinda+Água, que abrange os bairros de Ouro Preto, Bairro Novo, Jatobá, parte dos Bultrins e de Jardim Fragoso. Nessas áreas, o sistema ainda está em fase de testes.

ago
20

Olinda, Paulista, Igarassu e Abreu e Lima sem água até quinta-feira

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Serviços     Tags , , ,

A partir das 22h desta segunda-feira (20), cerca de 500 mil moradores dos municípios de Olinda, Paulista, Igarassu e Abreu e Lima terão o fornecimento de água suspenso até as 8h da próxima quinta-feira (23). A paralisação ocorre, segundo a Compesa, para a instalação de três válvulas de grande porte na saída do Reservatório de Navarro, que integra o Sistema Botafogo, responsável pelo abastecimento das quatro cidades.

Após o término das intervenções, que ainda incluem manutenção eletromecânica preventiva em unidades do sistema, o abastecimento de água será restabelecido seguindo o calendário de cada localidade. Com 70% concluído, o projeto de automação do Sistema Botafogo contempla 118 unidades operacionais, entre reservatórios, válvulas de controle do sistema e estações de bombeamento, e tem previsão de ser finalizado em fevereiro de 2019.

Orçada em R$ 11 milhões – com recursos financiados pelo Governo do Estado junto ao Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird) – a iniciativa prevê a automação de toda malha da rede distribuidora que faz a macro operação do sistema, que corresponde a cerca de 50 quilômetros de adutoras e sub-adutoras, desde a saída da estação de tratamento de água de Botafogo, em Igarassu, até as dezenas de reservatórios que abastecem as localidades nos quatro municípios.

Segundo a Compesa, atualmente, as ações de controle operacional da rede distribuidora de Botafogo são feitas manualmente, o que se torna muito complicado, diante das dimensões e abrangência do sistema. A tecnologia da automação permite que os sistemas funcionem de forma autônoma com a supervisão e o comando realizados de forma remota pelo centro de controle operacional a qualquer momento. 

ago
17

Olinda ganha nova adutora para ampliar oferta de água em 11 bairros

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags , , ,

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) inicia uma grande obra para a melhoria do abastecimento de Olinda. A boa notícia foi dada ontem (16), pelo presidente da Compesa, Roberto Tavares, durante visita ao prefeito Professor Lupércio, que tem acompanhado os investimentos que estão sendo feitos na cidade. A implantação da nova adutora aumentará a oferta de água para mais de 80 mil pessoas no município. A meta do projeto é passar a abastecer os bairros dos Bultrins, Monte, Guadalupe, Amparo, Barreira do Rosário, Bonsucesso, 7º R.O., Jardim Fragoso, Bairro Novo, Casa Caiada e Alto da Mina sem rodízio.

Os investimentos são de quase R$ 10 milhões. A companhia vai implantar a nova adutora a partir do Sistema Produtor Alto do Céu – que integra o complexo hídrico da Região Metropolitana do Recife – para incrementar o abastecimento desses 11 bairros de Olinda, com uma vazão de 300 litros de água por segundo. As intervenções serão iniciadas na Rua Nigéria, no bairro de Peixinhos.

Olinda também está sendo contemplada com outra obra importante, o Olinda+Água, que está promovendo melhorias na rede de distribuição, com a substituição de tubulações e implantação de dispositivos que promovem o aumento do controle operacional do sistema, reduzindo as perdas e a ocorrência de vazamentos. 

A obra prevê a construção de uma adutora com 7,4 quilômetros de extensão – e diâmetro de 600 a 400 milímetros – que vai derivar de outra adutora do Sistema Alto do Céu, no bairro de Peixinhos. De lá, a nova adutora seguirá até o Reservatório do Monte, no Sítio Histórico de Olinda, e terminará no Reservatório do Urubu, em Fragoso, transportando água para essas duas unidades – que hoje recebem água do Sistema Botafogo e de poços do Aquífero Beberibe. O projeto, que tem o prazo de execução de 18 meses, ainda vai implantar uma estação de bombeamento (estação elevatória).

ago
10

Áreas de Olinda já estão com abastecimento de água 24 horas

AuthorPostado por: Jornalismo Redação    CategoryEm: Olinda     Tags , ,

Várias áreas dos bairros de Jardim Atlântico, Casa Caiada e Jardim Fragoso, em Olinda, que juntas somam quase 26 mil pessoas, já estão livres do racionamento, ou seja, contam com o abastecimento de água durante 24 horas. Essa melhoria do fornecimento de água foi alcançada graças ao projeto Olinda+Água, a maior obra de abastecimento em execução na Região Metropolitana do Recife.

Boa parte de Casa Caiada já conta com fornecimento de água todos os dias: a região limitada pelas ruas Alcina Coelho de Carvalho e Eduardo de Moraes, o Canal do Fragoso e a orla. Esse distrito (Setor 16) ainda inclui uma área do bairro de Jardim Fragoso, situada entre as ruas Alcina Coelho de Carvalho, Humberto de Lima Mendes, Artur Serpa e Caviúna. 

Em Jardim Atlântico, a área limitada pelas ruas Cala dos Pântanos, Alexandria, Escritor Ramos de Almeida e a Avenida Nápoles, também conta com atendimento contínuo após a entrada do novo sistema de abastecimento pelo Centro de Reservação de Perijucã – construído em Jardim Atlântico, com a capacidade para armazenar 12 milhões de litros de água.

As demais localidades nos bairros contemplados na primeira etapa do Olinda+Água, Rio Doce e Jardim Atlântico, passaram a ser atendidas por meio de um calendário que prevê três dias com água e três dias sem o abastecimento, uma melhoria significativa se comparar com o regime praticado antes do projeto, em 2017 – que era de um dia com água para cinco dias sem. Ao todo, o Olinda+Água vai beneficiar 250 mil olindenses, o que corresponde a mais da metade da população da cidade. 

jul
23

Mais de 800 mil pessoas ficarão sem água durante dois dias

AuthorPostado por: Jornalismo Redação    CategoryEm: Serviços     Tags , ,

Mais de 800 mil pessoas de 70 bairros do Recife, dez de Jaboatão dos Guararapes e dois de Olinda ficarão sem abastecimento de água por 48 horas a partir desta terça-feira (24). A suspensão será feita para a realização de obras de melhoria no Sistema Produtor Tapacurá.

A Compesa explica que a parada foi planejada para dar continuidade às obras de setorização da Capital, um investimento que permite a divisão da rede de distribuição em setores distintos de abastecimento, instalação de equipamentos para controle de vazões e pressões, além de substituições de tubulações antigas ou subdimensionadas, ações que visam a melhoria do fornecimento de água e combate às perdas.

A medida faz parte de uma série de interligações da nova rede implantada em 14 bairros das Zonas Oeste e Norte do Recife. A Compesa ainda vai aproveitar a parada de Tapacurá para realizar manutenções preventivas nas unidades do sistema, como a Estação de Tratamento de Água (ETA) Castelo Branco, no Curado, e nas adutoras.

Na quinta-feira(26), após a conclusão dos serviços, o sistema voltará a funcionar com o restabelecimento do abastecimento de água para as áreas afetadas pela paralisação. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 0800.081.0195.
jul
8

Paulista e Olinda são campeãs em desperdício de água

AuthorPostado por: Jornalismo Redação    CategoryEm: Olinda     Tags , ,

Quando o assunto é perda de água tratada, o município de Paulista registra a segunda posição em um ranking com dez cidades brasileiras. Em seguida, vêm Olinda e o Recife, ocupando a quinta e a oitava posições, respectivamente. O desperdício é causado por vazamentos nas tubulações, erros de leitura de hidrômetros, roubos e fraudes.

Neste contexto, Paulista possui o maior índice, com 67,92%; Olinda, com 62,70%; e Recife, com 61,16%. É o que aponta o estudo do Movimento Menos Perda, Mais Água, da Organização das Nações Unidas (ONU), feito em parceria com o Instituto Trata Brasil e a Go Associados. Os dados são do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS) de 2016, os mais recentes, divulgados pelo Governo Federal neste ano.

Os moradores de Paulista e Olinda sabem muito bem o valor que tem a água. Desde abril do ano passado, ele sofrem com a ampliação no rodízio de abastecimento, feito pela Compesa, passando de um dia com o produto e três sem, para cinco dias sem. Essa foi a única solução encontrada pela companhia diante do baixo nível no Sistema Botafogo, que trabalha hoje com 46,6% da sua capacidade total. 

Fonte/Foto: Folhape

jun
19

Segunda etapa do Olinda+Água entra na fase de testes em Ouro Preto

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags , ,

A rede de distribuição de água implantada na segunda etapa do projeto Olinda+Água começa a ser testada. A Compesa iniciou esse trabalho pelas ruas do bairro de Ouro Preto (incluindo a zona rural), uma das localidades contempladas por essa fase da obra de melhoria do abastecimento da cidade.

De Ouro Preto, os testes seguem para o Bairro Novo e, até o final deste mês, serão realizados também em Jatobá e parte dos bairros de Jardim Fragoso e Bultrins. Nesse período, de pré-operação, é possível que surjam situações pontuais de falta de água ou baixa pressão, que ao serem identificadas pelas equipes técnicas receberão de imediato ações corretivas para regularização do abastecimento. A Compesa disponibilizou um telefone exclusivo para receber solicitações via WhatsApp (81. 99488.5119) para os clientes dessas áreas informarem a ocorrência de falta de água.

A operação plena do novo sistema implantado na segunda fase do Olinda+Água inicia na primeira semana de julho, levando benefícios ao fornecimento de água para cerca de 60 mil pessoas nesses bairros, como a melhoria das pressões e ampliação das horas de abastecimento no dia de calendário. A meta do Olinda+Água é melhorar gradativamente a prestação do serviço de abastecimento de água até que a população passe a ser atendida todos os dias, durante 24 horas. 

jun
5

Quatro bairros de Olinda estão com abastecimento d’água suspenso

Foi registrado, na tarde dessa segunda-feira (04), o estouramento em uma tubulação da rede de abastecimento de água pertencente ao Sistema Botafogo, localizado no bairro da Cidade Tabajara, em Olinda. Em função do acidente, a Compesa precisou suspender o abastecimento de água para as localidades de Jardim Atlântico, Jardim Fragoso, Casa Caiada e Rio Doce (área de praia).

Por se tratar de uma região de mangue, os serviços de reparo da tubulação, de grande porte (500  milímetros de diâmetro), são de natureza complexa. A previsão inicial dos técnicos da companhia é finalizar os trabalhos em 48 horas. Será preciso construir um acesso até o local do estouramento para que os técnicos consigam transportar equipamentos, profissionais e materiais.

jun
2

Cano da Compesa estoura em Paulista e causa danos em imóvel

AuthorPostado por: Jornalismo Redação    CategoryEm: Serviços     Tags , ,

Um cano estourou na manhã deste sábado (02), na Rua Paulista, no bairro de Arthur Lundgren I, em Paulista, e provocou danos materiais em uma residência construída sobre a rede de abastecimento. De acordo com a Compesa, por causa do problema, foi necessário interromper o abastecimento no bairro.

A companhia informou que o cano estourou por volta das 6h. Mobilizadas, equipes da empresa foram ao local. A Defesa Civil do município também foi acionada. 

No início da tarde deste sábado )2), a Compesa aguardava as orientações para poder começar os reparos na rede danificada. A empresa só poderá informar a data de retomada do abastecimento no bairro após a conclusão dos serviços emergenciais. Também aguarda autorização da Defesa Civil para religar o sistema.

maio
13

Abastecimento d’água melhora a partir de amanhã em quatro bairros

AuthorPostado por: Jornalismo Redação    CategoryEm: Olinda     Tags , ,

Os investimentos realizados na melhoria do abastecimento de água em Olinda apresentam resultados positivos. A partir desta segunda-feira (14), passará a valer um novo calendário de abastecimento, com a ampliação do abastecimento para 150 mil pessoas nos bairros de Rio Doce, Jardim Atlântico, Casa Caiada e parte de Jardim Fragoso.

O rodízio, que era em média de um dia com água e cinco dias sem o abastecimento nessas áreas da cidade, antes do projeto  Olinda+Água, agora será de três dias com água para três dias sem. Essa redução do rodízio é só o começo da melhoria da distribuição de água proporcionada pelo projeto, que está sendo executado pela Compesa na cidade, com recursos no valor de R$ 134 milhões.

As melhorias no fornecimento de água serão feitas de forma gradativa até alcançar o objetivo final da ação, que é abastecer a população todos os dias, durante as 24 horas e com boas pressões nas redes. Só nesses quatro bairros, que correspondem a primeira etapa do Olinda+Água, foram assentados mais de 40 mil metros de novas tubulações.

Rio Doce, Casa Caiada e parte de Jardim Fragoso também passaram a ser abastecidos pelo Centro de Reservação de Perijucã, um reservatório único que foi construído, em Jardim Atlântico, com capacidade para armazenar 12 milhões de litros de água.

abr
13

Contas de água tem aumento de 2,78% a partir de maio

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Serviços     Tags , ,

A Agência de Regulação dos Serviços Públicos Delegados no Estado de Pernambuco (Arpe) autorizou ontem (12), a Compesa) a aplicar o reajuste de 2,78% nas contas de água, a partir do dia 12 de maio. Esse percentual representará um acréscimo de  R$ 1,12 na tarifa mínima convencional.

Para esses clientes, que apresentam um consumo mensal de até 10 mil litros de água (10 metros cúbicos), a tarifa passará de R$ 40,18 para R$ 41,30. Já para os clientes de baixa renda, que pagam a tarifa social, o aumento significará R$ 0,23 a mais na conta, ou seja, a fatura subirá dos atuais R$ 8,40 para R$ 8,63, por mês.

A decisão foi homologada pela Arpe e publicada na edição de ontem (12), do Diário Oficial do Estado. O reajuste foi estabelecido para fazer a reposição da inflação dos últimos 13 meses. O processo de revisão tarifária quadrienal  foi suspenso a pedido da própria Compesa devido à necessidade de uma avaliação mais detalhada do Estudo de Gestão de Ativos para adequação ao previsto na Resolução ARPE nº 88/2014.

abr
9

Parte de Olinda estará sem água até a próxima quarta-feira

A Estação Elevatória do Sistema Alto do Céu, responsável pelo abastecimento de água de parte de Olinda e de áreas da Zona Norte do Recife, está paralisada afetando 92 mil moradores.

De acordo com a Compesa, os equipamentos sofreram danos devido às chuvas que atingiram a Região Metropolitana do Recife (RMR) e a Mata Sul desde a última sexta-feira (06). Inicialmente, o sistema parou devido à falta de energia e depois porque todos os equipamentos foram inundados. 

Os técnicos da companhia estão no local, esgotando a água acumulada para viabilizar a retirada das bombas para os serviços de manutenção. A expectativa da Compesa é de retornar a operação da estação elevatória até a próxima quarta-feira (11). 

abr
5

Obra da Compesa deixará sete bairros de Paulista sem água até sábado

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Serviços     Tags , , ,

Para concluir uma obra que possibilitará o aumento de 70% da oferta de água das áreas de expansão dos bairros de Nossa Senhora da Conceição, Nossa Senhora do Ó e Pau Amarelo, em Paulista, a Compesa precisará paralisar parcialmente o Sistema Botafogo por 36 horas. Por este motivo, haverá falta de água das 20h desta quinta-feira (05) até às 8h do próximo sábado (07), nas localidades de Maranguape I e II, Arthur Lundgren I e II, Jaguarana, Pau Amarelo, Engenho Maranguape e Riacho da Prata.

A suspensão do fornecimento de água é necessária para que a Compesa possa realizar os serviços de interligação nas redes de abastecimento, que ocorrerão na Avenida Antônio Cabral de Souza (PE -22), nas proximidades do Km 4,5, no bairro de Jaguarana. 

Após a implantação da nova adutora e da obra de interligação das redes distribuidoras, haverá ainda um período de 60 dias no qual serão realizados os testes e ações complementares na rede, visando à regularização do abastecimento em Nossa Senhora da Conceição, Nossa Senhora do Ó e Pau Amarelo. Esse conjunto de ações permitirá a melhoria na oferta de água para cerca de 20 mil pessoas e, inclusive, poderá reduzir o regime de rodízio nesses bairros.

A retomada do abastecimento de água, após o término da paralisação, ocorrerá de forma gradativa e seguirá o calendário vigente de cada localidade afetada. Informações: 0800.081.0195.

mar
29

Moradores do Alto da Bondade sofrem com a constante falta d’água

A falta de água no Alto da Bondade (Águas Compridas), nas proximidades da Escola Capitão Luiz Reis, é constante. Os moradores reclamam que chegam a passar mais de dez dias sem o líquido nas torneiras.

“Toda vez que é dia da chegada da água, ela  não chega. Há um calendário de abastecimento, mas a Compesa sempre descumpre”, denuncia Shirley Soares. “Pelo amor de Deus, olhem por nós por favor”, apela.

De acordo com Shirley, são cinco dias sem água e nem sempre no dia previsto o líquido chega. Moradores de algumas ruas conseguem juntar um pouco d’água, já os de outras ruas não conseguem tirar um pingo das torneiras.

Moradores denunciam que o funcionário da Compesa responsável pela liberação do abastecimento faz o que quer. “Liga, desliga, libera a água na hora que ele quer. Vivemos a mercê desse irresponsável“, queixa-se Shirley.

A única saída encontrada pela comunidade é a compra de carros-pipa. Cada morador, gasta em média, de R$ 35,00 a R$ 50,00 com a compra de água.

mar
13

A partir de hoje, 450 mil pessoas estarão sem água em Olinda e Paulista

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Serviços     Tags , ,

A partir das 8h desta terça-feira (13), a Compesa realiza manutenção no Sistema Botafogo durante 48 horas. Ficarão sem água nas torneiras cerca de 450 mil moradores de Olinda e dos bairros do Sítio Fragoso, Cidade Tabajara, Roseira, Jardim Paulista Alto e Baixo e Mirueira, localizados em Paulista. O fornecimento de água estará suspenso até às 8h da próxima quinta-feira (15). 

Uma equipe de 25 profissionais vai realizar a intervenção, de grande porte, no bairro da Mirueira (Paulista), que prevê a instalação de uma válvula na Adutora de Navarro, tubulação com 800 milímetros de diâmetro. Também serão feitas interligações para a substituição de um trecho, com 300 metros de extensão, dessa adutora.

Após a conclusão dos serviços será retomada a operação do sistema, quando será iniciado o processo de regularização do abastecimento das áreas afetadas. A normalização ocorrerá de acordo com o calendário de cada bairro. Informações: 0800.081.0195.

jan
31

Vigilância Sanitária alerta sobre compra de água de caminhão-pipa no Carnaval

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Carnaval     Tags , , ,

Durante o período de Carnaval é comum o aumento do consumo de água comercializada por empresas, através de carro-pipa. Mas a fornecedora precisa seguir as recomendações da Vigilância Sanitária e o consumidor também deve ficar atento.

A Secretaria de Saúde de Olinda orienta que, na hora de contratar o serviço, a população precisa observar os seguintes itens: a empresa deve apresentar a licença da Vigilância Sanitária do município de origem e cópia de licenciamento atualizado.

Nos veículos também devem constar a logomarca da empresa, a identificação com descrição de Água Potável e o número de telefone.

dez
15

Compesa faz balanço do projeto Olinda+Água e explica falta d’água

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Serviços     Tags , , ,

A Compesa fez um balanço das obras do Projeto Olinda+Água – o maior programa de abastecimento d’água em execução na Região Metropolitana do Recife e que tem como meta a distribuição de água todos os dias em 15 bairros da cidade.

O gerente de Unidade de Negócios, Reginaldo Lopes, explicou que a falta de água em algumas ruas dos bairros de Rio Doce, Jardim Atlântico, parte de Casa Caiada e Jardim Fragoso, é decorrente da fase de testes do novo sistema implantado na primeira etapa do projeto.

Os técnicos da companhia mapearam todas as áreas com dificuldade de abastecimento, a partir das informações dos moradores, e estão trabalhando nas questões pontuais apresentadas para regularizar o fornecimento de água até o dia 15 de janeiro de 2018.

Nos quatro bairros foram assentados mais de 40 mil metros de novas tubulações e construído o Centro de Reservação de Perijucã, em Jardim Atlântico, que ampliou a capacidade de armazenamento de 2 milhões para 12 milhões de litros de água para atender essa parte da cidade, que já está sendo beneficiada com melhor pressão da água nas torneiras e o aumento do tempo de abastecimento.

O dirigente explicou que a Compesa está qualificando a rede distribuidora em Olinda e interligando as tubulações novas às antigas. Por isso ocorrem intercorrências de falta de água, buracos na rua e transtornos à população. A companhia disponibilizou um número de telefone específico para atender os clientes dessas áreas: 9.9488.5119 (WhatsApp).

 

dez
13

Compesa vai explicar falta d’água em alguns bairros de Olinda

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Serviços     Tags , , ,

A Compesa vai realizar uma coletiva, às 9h desta quinta-feira (14), na nova sede da empresa, no bairro de  Santo Amaro (Recife), para informar o andamento das obras do Projeto Olinda+Água e esclarecer a falta d’água em alguns bairros da cidade provocada pelas ações do projeto.

O Olinda+Água está em fase de testes, período em que podem haver intercorrências nos ciclos de  abastecimento de água. O objetivo do projeto é distribuir água todos os dias em 15 bairros de Olinda, até a conclusão do projeto.

nov
28

Compesa faz encontro em Ouro Preto para explicar Projeto Olinda + Água

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags , , ,

Compesa

Nos últimos meses, vários bairros de Olinda estão passando por uma grande intervenção da Companhia Pernambucana de Abastecimento (Compesa). Trata-se do projeto Olinda + Água, que prevê a distribuição de água todos os dias em 15 bairros da cidade.

N a noite desta terça-feira (28), representantes da companhia estarão no bairro de Ouro Preto esclarecendo dúvidas dos moradores a respeito do projeto.

A reunião começa a partir das 19h, no Recreio dos Aposentados, localizado na Rua Açaí, quadra B6, nº 22 A, no bairro de Ouro Preto.

nov
22

Protesto por falta d´água interdita trânsito na PE-15, em Olinda

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags , ,

protestoto

Um protesto, na manhã desta quarta-feira, interditou o trânsito na PE-15, em Olinda, no sentido Paulista. Para denunciar a falta de abastecimento de água há mais de 90 dias, moradores da área queimaram pneus e entulhos nas imediações do Terminal Integrado, no bairro de Ouro Preto.

A manifestação deixou o tráfego bastante lento na rodovia estadual. O Corpo de Bombeiros foi acionado e, por volta das 8h começou a apagar as chamas para liberar a via.

Fonte/Imagem: Diário de Pernambuco

Carnaval 2019

Está chegando o Sábado de Carnaval2 de março de 2019
137 dias restantes.

Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog:

Olinda Hoje

%d blogueiros gostam disto: