Navegando todos os artigos com a tag Carnaval
ago
15

Capital do Forró recebe exposição sobre o Carnaval de Olinda

AuthorPostado por: Jornalismo Redação    CategoryEm: Eventos     Tags

A cidade de Caruaru distante 136,3 quilômetros de Olinda, dá um tempinho no forró para receber as imagens mais inusitadas, multicoloridas e conceituais do Carnaval olindense. A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru e a oscip Diálogos apresentam, no próximo dia 21 de agosto, a exposição “Carnaval em Foco: Imaginário Coletivo”, reunindo os melhores cliques de seis fotógrafos profissionais pernambucanos sobre muitos detalhes do Carnaval de Olinda.

Caboclinhos, caboclos de lança, maracatus de baque solto, bonecos gigantes e muito do lúdico e exclusivo da Cidade Patrimônio. A abertura acontece na próxima terça-feira (21), com vernissage às 19h30, no Museu do Barro de Caruaru, Espaço Zé Caboclo, Pátio de Eventos Luiz Gonzaga. O evento seguirá até o dia 30 de setembro.

São mais de 30 fotografias registradas durante todo o período carnavalesco de Olinda, por uma equipe de fotógrafos que trabalhou de forma estratégica e abrangendo todos os focos de folia do Sítio Histórico, cada um com suas nuances e olhares pitorescos por trás das lentes fotográficas.

Assinam os cliques: Adolfo Santos, Breno Malincônico, Léo Lima, Luiz Fabiano, Peu Ricardo e Vinicius Rodrigues. As imagens estarão apresentadas em forma de folders, catálogos e impressões ampliadas de aproximadamente 1m x 0,70m, objetos da exposição maior. O trabalho estará disponível ao público no Museu do Barro de Caruaru (Praça Coronel José de Vasconcelos, 100 – Centro, Caruaru), de terça-feira a sábado, das 8h às 17h.

Foto: Divulgação

abr
16

Mestre Afonso é sepultado em Olinda

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Cultura     Tags , ,

Centenas de pessoas compareceram ao Cemitério de Águas Compridas, em Olinda, na tarde desta segunda-feira (16), para se despedir de Afonso Gomes de Aguiar Filho, o Mestre Afonso do Maracatu Leão Coroado. O enterro aconteceu por volta das 17h, após um cortejo de amigos e parentes sair do velório no Terreiro de São João, também em Águas Compridas, percorrendo o bairro até o cemitério. Mestre Afonso foi velado e sepultado ao som de toadas africanas e rufar de alfaias, numa cerimônia emocionante. 

Pais de santo como Alexandre L’Omi L’Odò e Pai Ivo da Xambá; o terreiro Palácio de Iemanjá, os afoxés Ogum Toperinã e Alafin Oyó, e os maracatus Piaba de Ouro e Almirante do Forte foram algumas das entidades que marcaram presença no local.

Desde 1997, Mestre Afonso comandava o Maracatu Leão Coroado, o mais antigo em atividade em Pernambuco e declarado patrimônio cultural vivo de Pernambuco. Ele era casado com dona Janete, dama do Paço da agremiação, e deixa cinco filhos, dez netos e mais três bisnetos a caminho. Mestre Afonso morreu em consequência de um infarto fulminante sofrido durante cerimônia religiosa no terreiro, nesse domingo (15). 

O Leão Coroado aguarda a finalização do axexê (cerimônia fúnebre realizada após o enterro de uma pessoa iniciada no Candomblé), que deve durar sete dias, para depois definir os caminhos a serem tomados pelo grupo.

Fonte/Foto: Folhape

abr
16

Maracatus estão de luto com a morte do Mestre Afonso, do Leão Coroado

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Cultura     Tags , ,

 
Morreu na noite desse domingo (15), o “Mestre Afonso”, de 70 anos, líder do centenário Maracatu Leão Coroado, um dos mais tradicionais de Pernambuco.

Afonso Gomes de Aguiar Filho morreu durante um toque para Oxúm, num terreiro de Candomblé no bairro de Águas Compridas, em Olinda. Familiares e amigos disseram que ele passou mal durante a cerimônia. Foi socorrido, mas não resistiu a um infarto fulminante. 

Desde 1997 o Mestre Afonso comandava o Maracatu Leão Coroado, depois da morte de Luís de França. O corpo, segundo familiares, será velado no próprio terreiro. Ainda não há informações sobre a hora e local do sepultamento.

abr
1

Burra do Rosário e Cavalo Branco desfilam neste Domingo de Páscoa

Neste Domingo de Páscoa, dia 01 de abril, além das comemorações religiosas está programado para o Sítio Histórico de Olinda a saída de três agremiações carnavalescas – como se fazia no passado. 

O clube carnavalesco A Burra do Rosário e as troças Cavalo Branco e O Baralho se juntam e prometem movimentar as ruas do Sítio Histórico com muito frevo.

A única coisa que pode atrapalhar a programação das agremiações é a chuva, que cai com intensidade deste da madrugada deste domingo (01) e promete não dar trégua.

Por enquanto, até agora, a programação está mantida. Concentração e saída da 2ª Travessa da Saudade, 16, no bairro do Guadalupe. Contatos pelos telefones: 81. 3439.3564 e 81. 9.9436.6464.

fev
13

Ônibus: Grande Recife deixa folião olindense na mão neste Carnaval

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Carnaval     Tags , ,

O esquema especial para o Carnaval 2018 do Grande Recife, consórcio que administra os transportes urbanos na região metropolitana do Recife, é uma verdadeira furada. Os números de coletivos foram reduzidos a menos da metade, essa é percepção dos usuários, que sofrem mesmo durante o dia para pegar um ônibus, seja para ir a folia ou não.

Quem sai de Olinda e tenta chegar na folia do Recife, a situação ainda é pior, simplesmente não passa ônibus, seja cedo ou tarde. O retorno do folião para Olinda chega a ser desumano. Milhares de foliões precisam ficar nas ruas aguardando o dia raiar pra conseguir voltar para casa. E o pior, ônibus cruzavam a cidade totalmente apagados, mostrando que realmente o Grande Recife (perdoe a expressão!) ‘cagou e andou’ para o folião, como mostra a imagem de um Ouro Preto/Jatobá, cruzando o Recife na altura do Parque 13 de Maio, vazio e totalmente apagado.

E pra piorar ainda mais, os BRT’s foram retirados de circulação e nenhuma linha foi colocada no lugar, ao menos esse era o sentimento de quem ficava horas esperando na rodovia PE15. Quem quis se deslocar neste carnaval contou com tudo, carro, carroça, bicicleta e fé em Deus, menos com os ônibus. Uma vergonha!

jan
28

Folha de SP: tradição grita alto nas ruas e ladeiras de Recife e Olinda

AuthorPostado por: Jornalismo Redação    CategoryEm: Carnaval     Tags , ,

É só no meio da rua, pertinho da orquestra, sem pulseirinhas VIP e bem longe dos ambientes refrigerados, que se entende o frevo, o maracatu e a essência do Carnaval no Recife e em Olinda. A programação oficial da festa é um exercício angustiante – é interminável a lista de atrações e horários. Tem festa para quem gosta da tradição do Homem da Meia-Noite, os que preferem a muvuca do Galo da Madrugada, o frevo do Escuta Levino ou os caboclos de lança do maracatu rural da Zona da Mata. Pensando nisso, confira um guia para encontrar o “seu bloco” no meio da folia.

Cariri
É a troça mais antiga do Carnaval olindense. A brincadeira, surgida em 1921, abre oficialmente a folia às 4h em ponto. Sai de Guadalupe, bairro popular da cidade, durante a madrugada do domingo. Nos últimos anos, o Cariri virou “cult” e não para de receber novos adeptos para a brincadeira.

Homem da Meia-Noite
É o maior símbolo do Carnaval de Olinda. Quase uma religião para quem se perde pelas ladeiras da cidade. A saída do personagem, de fraque impecável, sempre nas cores verde e branca, e com 3,5 metros de altura e 50 quilos, ocorre pontualmente à meia-noite do sábado para o domingo, na Estrada do Bonsucesso. É bom se preparar para uma multidão.

Eu Acho é Pouco
No sábado e na terça-feira, Olinda se pinta de vermelho e amarelo. Fundada em 1976 como um bloco de resistência à ditadura, a agremiação continua sendo a mais engajada politicamente de Pernambuco. O momento mágico é subir e descer as ladeiras embaixo do dragão gigante que acompanha os integrantes. O bloco sai da praça dos Milagres, sempre às 17h.

Ceroula
Para quem estiver a fim de frevo de rua sem parar um segundo, o bloco é o Ceroula. Não tem como fugir. A festa vai à rua dois dias durante o Carnaval: no sábado, em frente ao Clube Atlântico, na avenida Sigismundo Gonçalves, e na terça, em frente ao Dom Bosco, na mesma avenida, sempre às 16h.

Pitombeira dos Quatro Cantos e Elefante de Olinda
Não há como falar da Pitombeira sem falar do Elefante e vice-versa. No passado, eram rivais históricos. As duas entidades são responsáveis diretas pela dimensão que tomou o Carnaval de Olinda. Neste ano, Pitombeira volta a sair de sua sede, na rua 27 de Janeiro, às 10h, na segunda. Já o Elefante inicia tradicionalmente o desfile às 18h do domingo, no largo do Guadalupe.

Nem Sempre Lily Toca Flauta
É o melhor programa para a sexta anterior ao Carnaval. Separe a tarde para fazer um “esquenta” com amigos em algum bar e, de lá, ir em busca do Lily. A missão não é tão fácil, porque em todos os anos circula um boato, estimulado pelos próprios organizadores, de que o bloco não vai desfilar. Mas é tudo mentira. Descubra a localização da festa e aproveite os frevos antigos com uma orquestra de pau e corda.

Amantes de Glória
Um dos primeiros blocos de frevo de rua a desfilar no Bairro do Recife. Nasceu em 1997, mas só no ano seguinte estreou no Carnaval. O Amantes nunca teve diretoria. É uma organização com saudável “desorganização”.

Escuta Levino
Fundado em 1998, o bloco virou tradição e tomou conta da “quinta-feira de Carnaval” no Recife. Sai às 21h da praça Maciel Pinheiro e segue pela rua da Imperatriz, corredor por onde passavam os principais blocos do antigo Carnaval. Não há multidão. A essência é o resgate dos frevos de rua de Levino Ferreira, principal compositor do gênero, falecido em 1970.

Galo da Madrugada
É o maior bloco do mundo, com direito a registro no livro dos recordes -costuma reunir uma multidão de foliões. Por isso, é recomendável seguir uma espécie de “manual de sobrevivência”. O segredo é fazer o percurso sempre no sentido inverso, da rua do Sol para a praça Sérgio Loreto -e tomar cuidado para não perder o dinheiro e o celular. Chegar cedo, por volta das 9h, no sábado, é essencial. Apesar de começar às 5h, ele começa a lotar de verdade depois das 13h.

Boi da Macuca
A orquestra de frevo toca músicas de Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Jackson do Pandeiro e Trio Nordestino -e faz todo mundo dançar e saltar com o som tradicional. O Boi da Macuca desfila na segunda-feira de Carnaval, em Guadalupe, e seus organizadores prometem acrescentar ao repertório da banda músicas mais recentes, tocadas por artistas do cenário independente de Pernambuco, como Otto, Banda Eddie e Academia da Berlinda.

jan
20

Pulseiras de identificação vão prevenir que crianças se percam no carnaval de Olinda

AuthorPostado por: Jornalismo Redação    CategoryEm: Carnaval     Tags ,

As crianças que frequentarem o Sítio Histórico de Olinda a partir deste fim de semana vão ter acesso a uma pulseira de identificação para evitar que elas se percam durante os festejos carnavalescos. A ação é coordenada pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Cidadania e Direito Humanos da cidade e já começa neste domingo (21).

Durante os domingos (21 e 28 de janeiro) e em todos os dias do carnaval, as equipes de assistência social vão abordar as famílias que chegarem nas ladeiras de Olinda para explicar a importância da identificação pela Patrulha da Prevenção. Na pulseira, serão anotados o nome da criança, do responsável e um telefone para contato. 

Durante os quatro dias de carnaval, distribuição será feita no Espaço de Proteção, localizado na Rua Dom Pedro Roseira, em frente ao Sítio de Seu Reis e em mais cincos pontos de bloqueios espalhados pela cidade. O espaço vai funcionar das 10h às 22h e foi criado para receber os filhos dos barraqueiros que trabalham nas ladeiras. O objetivo é evitar o trabalho infantil dos comerciantes.

Fonte: Diário de Pernambuco

jan
17

Carnaval 2018: “Olinda, Terra de Gigantes”

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Carnaval     Tags , ,

“Olinda, Terra de Gigantes” é o tema do Carnaval 2018, da Cidade Patrimônio da Humanidade. O anúncio foi feito no final da manhã de hoje (17), na sede da Prefeitura, pelo prefeito Professor Lupércio (Solidariedade).

A abertura oficial dos festejos será feita na noite do dia 08 de fevereiro, com show de Alceu Valença, no Polo Tito Lívio, montado na Praça da Abolição (Praça da Preguiça), no Carmo.

O encerramento dos festejos acontecerá na Quarta-feira de Cinzas, dia 14 de fevereiro, com show do Nação Zumbi, no Polo Chico Science, em Rio Doce.

jan
16

Nove prévias gratuitas para curtir até sábado no Grande Recife

AuthorPostado por: Jornalismo Redação    CategoryEm: Carnaval     Tags

Quem está ansioso para o carnaval não pode perder a programação gratuita que já começou para acertar o passo e cair na folia. Semanalmente, acontecem os encontros de blocos líricos, ensaios de maracatus e até eliminatória do concurso de rei e rainha do carnaval. Todos os eventos são gratuitos e abertos ao público.
 
Confira um pouco dessa programação que começa a partir desta terça-feira (16)

16.01 – Terça Negra Especial de Carnaval
 
16.01 – Tumaraca – Encontro de Nações
Ensaio do Maracatu Nação Encanto da Alegria.
Rua Coremas, 40, Mangabeira – 18h
 
17.01 – Tumaraca – Encontro de Nações
Ensaio do Maracatu Nação Leão da Campina.
Rua Mário Gil Rodrigues, 26, Lagoa Encantada – 18h
 
18.01 – Tumaraca – Encontro de Nações
Ensaio do Maracatu Nação Encanto do Pina.
Rua Osvaldo Machado, 504, Pina – 18h

19.01 – Acerto de Marcha de Blocos Líricos
Encontro do Bloco Lírico Eu Quero Maisinho, Bloco Carnavalesco Lírico Flor do Eucalipto de Moreno, Bloco Das Flores, Bloco Lírico Eu Quero Mais, Trupe Lírico Musical Um Bloco Em Poesia e O Bonde Bloco Carnavalesco Lírico.
Pátio de São Pedro, Santo Antônio – 18h30
 
19.01 – Tumaraca – Encontro de Nações
Ensaio dos maracatus Nação Cambinda Estrela, Maracatu Nação Encanto da Alegria, Maracatu Nação Leão da Campina e Maracatu Nação Encontro do Pina.
Rua da Moeda, Recife Antigo – 18h
 
19.01 – Eliminatória do Concurso de Rei Momo e Rainha do Carnaval 2018
Teatro Luiz Mendonça, Parque Dona Lindu, Boa Viagem – 19h
 
19.01 – Acerto de Marcha de Blocos Líricos
Encontro do Bloco Lírico Eu Quero Maisinho, Bloco Carnavalesco Lírico Flor Do Eucalipto De Moreno, Bloco Das Flores, Bloco Lírico Eu Quero Mais, Trupe Lírico Musical Um Bloco Em Poesia e O Bonde Bloco Carnavalesco Lírico.
Pátio de São Pedro, Santo Antônio – 18h30
 
20.01 – Tumaraca – Encontro de Nações
Ensaio do Maracatu Nação Raízes de Pai Adão
Rua Riolândia, 65, Água Fria – 18h
 
jan
16

Vistoria não aprova percurso do Homem da Meia-Noite

A vistoria realizada na manhã desta segunda-feira (15) não aprovou o percurso do Homem da Meia-Noite, que percorre as ruas do Sítio Histórico de Olinda, na Região Metropolitana do Recife, na madrugada de sábado para domingo de Carnaval. O tenente-coronel do Corpo de Bombeiros (CB), Erick Aprígio, afirmou que as correções necessárias deverão ser apresentadas dentro do prazo. 


“O percurso ainda não está autorizado. O Homem da Meia-Noite, junto à Prefeitura de Olinda, deverá apresentar os ajustes até o dia 30 de janeiro as alterações necessárias para a liberação ou não do trajeto”, explicou Aprígio. “A avaliação foi feita e identificou a necessidade de correções de fiações elétricas por parte da Celpe”. 

A Celpe informou que os fios encontrados ao longo do percurso traçado pelo Homem da Meia-Noite são de telecomunicações. “Portanto, de responsabilidade das operadoras de telecomunicações”, diz a companhia de energia.

Erick Aprígio também apontou outro ponto que deverá ser alterado. “Encontramos desníveis e pontos de ambulantes que o controle urbano da Prefeitura de Olinda deverá regulamentar”, completou. 

“Existe um estreitamento de via natural no percurso no qual a fanfarra deverá parar de tocar para dar acesso aos foliões, que vai da rua da Boa Hora à rua dos Quatro Cantos. Isso é uma orientação nossa para o bloco. O percurso não está aprovado e correções deverão ser feitas em um espaço de cerca de três quilômetros até 30 de janeiro, o prazo máximo. Até este dia, iremos vir novamente fiscalizar se houveram as mudanças”, finalizou Aprígio. 

Participaram da fiscalização órgãos como Corpo de Bombeiros, Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE), Polícia Militar de Pernambuco (PMPE), Defesa Civil, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Polícia Civil de Pernambuco (PCPE), Polícia Científica, Secretaria de Trânsito, Companhia Independente de Apoio ao Turista (Ciatur) e Secretaria de Patrimônio e Cultura. 

“Qualquer carro estacionado pode causar um estreitamento na via, que é a nossa grande preocupação. Qualquer fiação deve estar no mínimo a 4,5 metros de altura para poder dar segurança a quem vai ao desfile”. Temos preocupação também com fiação, podas das árvores, qualquer desnível durante o percurso e instalação de camarotes em marquises e edificações tombadas e inutilizadas”, completou o tenente-coronel. 

O secretário de Meio Ambiente Urbano e Natural, André Botelho, falou sobre a importância da vistoria. “A Prefeitura faz todo o acompanhamento junto ao bloco. Fazemos exigências em relações à segurança, à energia elétrica, junto à Celpe e aos Bombeiros. Por isso, fazemos essa vistoria em conjunto entre a administração municipal e os órgãos”, disse.

Homenagens aos 40 anos do Galo

Este ano, o calunga traz a temática “Gigantes” e homenageia os 40 anos do Galo da Madrugada, o maestro Carlos, que rege a orquestra há 20 anos, e o frevo pernambucano. O desfile acontecerá na madrugada do Sábado de Zé Pereira – que em 2018 será em 10 de fevereiro – para o domingo de Carnaval (11). 

Fonte/Imagem: Folha PE

jan
14

Bloco da Saudade rende homenagens a Olinda no Carnaval 2018

AuthorPostado por: Jornalismo Redação    CategoryEm: Carnaval     Tags

O Bloco da Saudade chega ao 45º carnaval com o espírito jovem. A agremiação, que nasceu para relembrar as antigas festas de Momo, já se tornou uma das principais tradições da folia pernambucana. Atraindo gente de todas as idades, o bloco se renova e mantém o pique para encarar a maratona das prévias e dos dias de folia.

Com 150 integrantes, sendo 120 fantasiados e 30 músicos, a agremiação mais saudosista do carnaval recifense vai homenagear Olinda na folia de 2018. As fantasias serão inspiradas nas paisagens históricas. Igrejas, coqueiros e as bicas da Cidade Alta vão colorir os vestidos das integrantes. Os homens se fantasiarão de acendedores de lampião. Figuras como Duarte Coelho, fundador da cidade patrimônio, e sua esposa Brites de Albuquerque, também serão homenageados.
 
A Marim dos Caetés será celebrada ainda nos adereços e no flabelo de cores azul, branco e encarnado. O farol, cartão-postal da cidade, também foi transformado em fantasia pelo carnavalesco Carlos Ivan de Melo. No domingo momesco, às 16h, o bloco vai desfilar pelas ruas de Olinda, com saída do Alto da Sé. O Largo do Guadalupe foi escolhido como ponto final, onde haverá um baile. “Nos anos 1970, 1980, também saíamos de lá. É uma alegria poder voltar a fazer esse desfile. As pessoas estão animadas e estamos com boas expectativas”, ressalta a presidente do bloco, Izabel Bezerra.
 
Integrante mais novo a desfilar em 2017, o estudante Rafael Pessoa, oito anos, representa a renovação do grupo. É fã do Bloco da Saudade desde os quatro anos. “Minha avó estava ouvindo Último regresso, de Getulio Cavalcanti, e perguntei a ela onde aprendeu a música. Ela disse que foi no Bloco da Saudade. Pesquisei na internet e quis fazer parte”, conta Rafael. O menino é tão apaixonado pelo “encarnado, branco e azul” que ganhou uma festa de aniversário cujo tema era Bloco da Saudade.
 
O carnaval dos “tempos ideais”, como previa o compositor Edgard Moraes, cujo frevo Valores do passado inspirou a criação do bloco, continua vivo. “Eu amo desfilar pelo Bloco da Saudade. Agora já tem duas crianças mais novas que eu para o carnaval deste ano”, diz Rafael, chamado de Rafa pelos integrantes da agremiação. Idealizado em 1962 por Edgard Moraes, o bloco chegou às ruas do Cordeiro, Zona Oeste do Recife, em 1974. O maestro Antônio José Madureira, o “Zoca”, e o jornalista Marcelo Varella deram vida ao sonho de Moraes ao trazer de volta o lirismo dos blocos de pau e corda.
 
O bloco promove cinco desfiles de rua por ano, nos carnavais de Olinda e Recife, sendo dois na semana pré-carnavalesca e três nos dias de folia. As saídas na quarta-feira prévia e na segunda de carnaval, da Praça Maciel Pinheiro, na capital, são as mais concorridas.
 
 
História
 
1974  O Bloco da Saudade sai pela primeira vez, em 24 de fevereiro (domingo) com objetivo de resgatar o carnaval de rua.
1995  Lançamento do primeiro CD da agremiação, com o registro de sua marcha.
1997  Recebe o título de Memória Viva do Recife, concedido pelo Museu da Cidade.
2003  Para comemorar 30 anos de existência, o bloco lança um CD especial, com direção musical do maestro Bozó.
2008  O bloco recebe a medalha Aloísio Magalhães, maior comenda de Olinda, outorgada pela Câmara de Vereadores da cidade.
2009  É considerado Patrimônio Imaterial de Pernambuco por meio da Lei Estadual 13.757, de 29 de abril.
2014  A agremiação recebe, ao completar 40 anos, a medalha Conselheiro João Alfredo Corrêa de Oliveira pelo Tribunal Regional do Trabalho 6ª Região.
2018  Em seu 45º carnaval, o bloco presta homenagem a Olinda. Pela primeira vez o bloco tem um cidade como tema. 
 
jan
13

PM de Pernambuco suspende férias para garantir segurança durante o carnaval

A Polícia Militar de Pernambuco determinou a suspensão das férias durante os festejos de carnaval em 2018. De acordo com portaria administrativa do Comando-Geral, os praças e oficiais ficam proibidos de se ausentar entre 25 de janeiro e 19 de fevereiro. A PM justifica que a medida é necessária para “reunir esforços operacionais” e para garantir a segurança durante o período.

A portaria foi publicada no boletim-geral da PM, na quarta-feira (10). Por meio de nota, enviada nesta sexta-feira (12), a corporação esclareceu que a suspensão de férias é uma prática adotada em virtude da dimensão e de importância dos festesjos de Momo.

A corporação ressalta que “o carnaval exige esse esforço, face a grandeza do evento popular, tão procurado pelos brasileiros quanto estrangeiros que se deslocam para nosso país e em especial, a este estado.”

A nota explica, ainda, que em um prazo máximo 30 dias, após o carnaval, a PM concederá férias regulamentares. Para isso, vai seguir um escalonamento, sem prejuízo para a sociedade. A medida alcança cerca de 10% do efetivo existente da corporação, que é de quase 20 mil homens na ativa.

Fonte: G1 PE

jan
9

Homem da Meia-Noite recebe vestes para o carnaval com desfile de bonecos gigantes

Um dos ícones do carnaval pernambucano começou a se arrumar nesta terça-feira (9) para a festa nas ladeiras de Olinda. O carnavalesco Carlos Ivan e Silvio Botelho, o grande nome por trás dos bonecos gigantes, entregaram o fraque novo ao calunga do Homem da Meia-Noite dentro da contagem regressiva para o carnaval. Por volta das 18h45, um cortejo de bonecos tomou o Largo do Guadalupe em direção à sede do Clube de Alegoria e Crítica o Homem da Meia-Noite, no Bonsucesso. Como diz a tradição, a veste só será revelada aos foliões no dia do desfile, no Sábado de Zé Pereira.
 
 
Após a morte do Alfaiate Brasil, em 2012, todos os anos um artista diferente é convidado para confeccionar a roupa do Homem da Meia-Noite. Também participam da entrega os Guerreiros do Passo, grupo que resgata o frevo como dança, o Bloco da Saudade, Cia Brasil por Dança, o estandarte do Bloco Tá Maluco e a Orquestra do Maestro Carlos, um dos homenageados do carnaval de 2018.
 
dez
13

Inscrições para o Carnaval 2018 de Olinda terminam nesta sexta-feira

AuthorPostado por: Jornalismo Redação    CategoryEm: Carnaval     Tags ,

As inscrições para habilitação de atrações que vão compor a programação do Carnaval de Olinda em 2018 terminam nesta sexta-feira (15). Os interessados devem procurar, das 9 às 15h, a Secretaria de Patrimônio e Cultura, na Rua de São Bento, 160, bairro do Varadouro.

carnaval

Podem se inscrever grupos e artistas musicais de maracatus, caboclinhos, tribos de índios, afoxés, orquestras de frevo, coquistas, cirandas, bandas, grupos de dança, entre outros. A seleção passar por etapas de inscrição, habilitação, contratação e prestação de contas. Ao fazer a inscrição, o proponente deverá apresentar toda a documentação necessária, informadas no edital.  

A relação dos artistas habilitados para compor a programação do Carnaval deve ser divulgada até o dia 16 de janeiro de 2018.

Fonte: Prefeitura de Olinda

dez
2

Macuca lança camisa para o Carnaval 2018 neste sábado, em Olinda

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Carnaval     Tags ,

É hoje! Carregada com muito frevo, a Macuca lança na tarde deste sábado (2) sua camisa oficial para o Carnaval 2018. Quem comanda a orquestra é o Maestro Oséas Leão. A brincadeira acontece no Bar de Ró, a partir das 15h. E a entrada é gratuita!

Macuca

A Macuca constitui uma entidade cultural de Pernambuco, com sede no Sítio Macuca, em Correntes, nas proximidades de Garanhuns, sendo Ponto de Cultura oficialmente reconhecido pelo Ministério da Cultura. Manifesta-se em diversas facetas, tanto como folguedo popular de rua quanto como evento. Como folguedo, suas aparições acontecem através do Boi da Macuca, irreverente grupo de cultura popular surgido em 1989. O Boi sai em cortejo em todos os festejos da Macuca, no Sítio ou fora dele, notadamente no São João da Macuca e no Carnaval de Olinda.

Macuca2

O Bar de Ró fica localizado Rua Orlando da Silva, 47, Guadalupe, Olinda (a mesma do Cariri).

nov
24

Governo de PE limita horário para emprego de forças de segurança no carnaval de 2018

Durante o Carnaval de 2018, o governo de Pernambuco vai impor limitação de horário para empregar forças de segurança. Entre 10 e 13 de fevereiro, os dias oficiais de folia, por exemplo, serão dois turnos de trabalho de policiais e bombeiros: 10h às 18h e 18h às 2h. O prazo para solicitação das forças de segurança para o período pré, pós e durante o carnaval vai até dia 20 de dezembro.

policia-militar-pe

As normas estão estabelecidas nas diretrizes lançadas pela Secretaria de Defesa Social (SDS) para os festejos de Momo do ano que vem, publicadas no Diário Oficial de Pernambuco desta quinta-feira (23). Apesar da restrição de horário na folia, a portaria prevê que alguns eventos podem acontecer até as 4h, mas com a devida autorização prévia.

A portaria número 5.772, de 22 de novembro, aponta também que o emprego da Polícia Militar (PM), da Polícia Civil e do Corpo de Bombeiros, terá mais limitações no período antes da data oficial e depois dos festejos. Entre 6 e 9 de fevereiro, por exemplo, o turno da noite acaba à 0h. Isso se repete entre os dias 14 de fevereiro e 4 de março. No pré e pós-carnaval, o efetivo começa a ser empregado às 10h.

Para os festejos no Grande Recife, o pedido deve ser enviado ao comandante do Batalhão da PM responsável pela área e ao Comando Operacional Metropolitano do Corpo de Bombeiros, na Avenida João de Barros, no bairro da Boa Vista, no Centro da cidade. Em caso de festas do interior, a solicitação precisa ser feita ao comandante do Grupamento de Bombeiros responsável pela área. Essa solicitação será avaliada e atendida conforme a disponibilidade dos órgãos operativos. Também pode ser utilizado o requerimento eletrônico disponível na internet.

Para usar trios elétricos, camarotes e palcos, os responsáveis pelas festividades deverão entrar com pedidos e solicitar vistorias para regularizar essas estruturas. Segundo as normas da SDS, o pedido de Segurança Pública deverá conter o percurso de desfile, local e quantidade de público previsto, além do horário de início e término e a quantidade de palcos, de trios elétricos e de carros de apoio.

Também é necessário apresentar cópia da carteira de identidade, cópia do comprovante do CPF, endereço e contatos dos responsáveis pela agremiação, bloco ou evento. Os organizadores deverão, ainda, apresentar, até 8 dias antes do evento, a autorização da prefeitura do município.

As regras de segurança da SDS também definem critérios a partir da quantidade de trios elétricos contratados pelo bloco. Caso utilize 10 a 15 veículos de som, a agremiação é considerada de grande porte. Até nove trios, a SDS trabalha com grupos médios. Os pequenos são aqueles que contam com até quatro carros.

Essa classificação não se aplica ao Galo da Madrugada, que tem um plano de segurança especial. O clube de máscaras, o maior bloco de carnaval do Mundo, segundo o Guiness Book, não pode usar mais de 30 trios e carros de apoio.

O governo determina também que os representantes dos trios elétricos e carros de apoio deverão ingressar com processo de regularização até o dia 20 de dezembro. As vistorias deverão ocorrer a partir de 1º de dezembro, em local, data e horário previamente agendados. Até 6 de janeiro de 2018, o Corpo de Bombeiros publicará a lista de trios elétricos e carros de apoio vistoriados. A recomendação é que apenas aqueles que tiverem o Atestado de Regularidade sejam contratados.

Fonte: Portal G1

nov
17

Requalificação do Clube Atlântico visa as prévias de carnaval

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Carnaval     Tags , ,

Fechado desde o início deste ano, o Clube Atlântico de Olinda, localizado no Carmo, é um dos principais aparelhos culturais da cidade e passa por um processo de recuperação iniciado em agosto. O objetivo da prefeitura é deixar o espaço pronto para receber as prévias de carnaval. Os serviços no telhado do clube foram finalizados nesta semana e os trabalhos agora se concentram em outras melhorias. 

atlantico

No projeto de recuperação, está previsto a adaptação do palco e dos banheiros para acessibilidade de cadeirantes. A entrada do clube será adaptada para permitir o acesso de ambulâncias.

Segundo a prefeitura, toda parte elétrica está sendo refeita e a pintura do espaço também está no projeto de recuperação.

nov
16

Ciatur passa a monitorar câmeras de segurança em prévias carnavalescas de Olinda

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Carnaval     Tags , ,

A Companhia Independente de Apoio ao Turista (Ciatur). responsável pela segurança do Sítio Histórico de Olinda, onde acontecem as prévias carnavalescas da cidade, deve receber novo apoio no combate à criminalidade. Imagens de câmeras de segurança da região serão enviadas para a equipe que tem seda na Praça do Carmo.

pm

A ideia é dar maior agilidade à atividade dos policiais que fazem a segurança no local. Anteriormente, as imagens do videomonitoramento eram enviadas apenas para o Centro Integrado de Defesa Social (Ciods) e para o 1º Batalhão de Polícia Militar, responsável pela segurança da cidade.

O videomonitoramento será acionado aos finais de semana, principalmente nos domingos, quando ocorrem as prévias carnavalescas. No total, são 16 câmeras espalhadas pelas ruas do Sítio Histórico. A expectativa é que o serviço comece a operar na próxima sexta-feira (17) durante a Mostra Internacional de Música de Olinda (MIMO).

No ano passado, diversos arrastões e assaltos deram o tom das prévias do carnaval em Olinda. A recorrente criminalidade às vésperas do Carnaval, levou a Polícia Militar a reforçar a segurança no Sítio Histórico.

Fonte: Portal JC

out
15

Hoje é dia de Ensaio Aberto na Pitombeira dos Quatro Cantos

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Cultura     Tags , , , ,

Prepare as canelas! Neste domingo (15), a partir das 13h30, a Troça Carnavalesca Mista Pitombeira dos Quatro Cantos realiza o seu tradicional ensaio aberto, animando o Sítio Histórico de Olinda com muito frevo.

pitombeira

E pra quem achar pouco, às 16h a Pitombeira dos Quatro Cantos sai em cortejo arrastando multidão pelas ruas e ladeiras da cidade. 

A brincadeira acontece na sede da troça, Rua 27 de Janeiro, 128, Cidade Alta. Vale a pena conferir!

 

set
14

No Dia Mundial do Frevo, passistas planejam disputar Guiness em Olinda

AuthorPostado por: Jornalismo Redação    CategoryEm: Carnaval     Tags , ,

Celebrado nesta quinta-feira (14), o Dia Mundial do Frevo é comemorado em Olinda com grande estilo. O 10º Festival Frevolinda chega para agitar a comemoração, trazendo oficinas de frevo, shows e queimas de fogos. O evento terá sua programação completamente realizada no Alto da Sé, em Olinda.

1200px-Passistas_de_Frevo
A festa começou logo cedo com uma oficina de frevo para turistas e estudantes de unidades públicas, com profissionais de Vassourinhas, Pitombeira, Frevança, Acauã, entre outras. Às 15h acontece uma concentração das escolas de frevo, que contam com 250 passistas que irão concorrer ao Guinness Word Records na categoria de maior dança de frevo do mundo. 

Em 2012, o frevo foi declarado Patrimônio Imaterial da Humanidade pela UNESCO no ano de 2012. A escolha do 14 de setembro para celebrar o Dia do Frevo é uma referência a data de nascimento do criador da palavra “frevo”, o jornalista Oswaldo Oliveira, que nasceu em 14 de setembro 1882.

Fonte: Folha PE

Carnaval 2019

Está chegando o Sábado de Carnaval2 de março de 2019
137 dias restantes.

Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog:

Olinda Hoje

%d blogueiros gostam disto: