Navegando todos os artigos com a tag Casa do Cachorro Preto
jun
18

A Casa do Cachorro Preto faz desapego do seu acervo neste domingo

Após fechar as portas, a Casa do Cachorro Preto fará um desapego do seu acervo, peças e produtos, como camisetas, cartazes, pôsteres, reproduções e objetos de decoração, neste domingo (18), das 16h às 22h, no Sítio Histórico, em Olinda.

casadocachorropreto

A ocasião também será para registrar o legado da casa, com gravação de depoimentos sobre o que o espaço representou durante os cinco anos de funcionamento.

Em tempo, A Casa do Cachorro Preto vai manter a loja virtual, que será aperfeiçoada, além de um escritório.

Fonte: Folha PE

jun
10

Prefeitura de Olinda se pronuncia sobre fechamento da Casa do Cachorro Preto

O público e a classe artística se manifestaram contrários à decisão da Prefeitura de Olinda de fechar o espaço cultural A Casa do Cachorro Preto. O governo alegou que o local funcionava como bar, burlando a lei municipal nº 4849/1992, mais conhecida como Lei de Uso e Ocupação do Solo dos Sítios Históricos.

cachorropreto

De acordo com uma das administradoras do espaço, Sheila Oliveira, na primeira audiência para a qual foi convocada pelo Ministério Público, a denúncia partiu de “meia dúzia de moradores da Rua do Amparo que reclamavam do som alto. A maioria dos que residem no entorno do nosso espaço gostam da nossa presença porque movimenta a área e acaba gerando mais segurança”, argumenta Sheila.
 
Ela se queixa ainda do fato de A Casa do Cachorro Preto não ser vista como espaço cultural, mas sim como um bar. “O quintal não tem música para atrair cliente para tomar cerveja. Muitas bandas se formaram naquele espaço. Para nós, ele é integrado ao local expositivo e não faz sentido dissociar um do outro”, explica Sheila, sobre a decisão de não continuar com o espaço físico sem que possa exercer todas as atividades.
 
Diante da repercussão negativa por parte da opinião pública, a Prefeitura emitiu nota oficial à imprensa dizendo que “nunca se opôs ao propósito inicial da Casa, que deveria funcionar como galeria de arte, estimulando a atividade multicultural na cidade”, diz a nota, que menciona ainda as reclamações sobre poluição sonora.
 
“O espaço comercial vem sendo alvo, desde 2013, de queixas da vizinhança sob a alegação de poluição sonora, ultrapassando o limite estabelecido de 80 decibéis. No mês de agosto do referido ano, um Boletim de Ocorrência (BO) foi registrado na Polícia Civil sobre o incômodo causado aos moradores pela casa”.
 
“A Casa do Cachorro Preto não atende exigências e decide fechar as portas. O encerramento do estabelecimento comercial, neste momento, deve-se a uma decisão dos seus proprietários, em face a uma série de irregularidades e descumprimentos à Lei Complementar n.º 013 de 04 de julho de 2002, que trata sobre a Perturbação do Sossego e da Ordem Pública”, diz o comunicado.
 
Fonte: Folha PE
nov
12

CASA DO CACHORRO PRETO OFERECE ‘FORRÓ NA CAIXA’ NESTE DOMINGO

AuthorPostado por: Maraba Soares    CategoryEm: Olinda     Tags , ,

Neste domingo (13), a Casa do Cachorro Preto realiza um charmoso Baile de Forró de Rabeca. A festa é um convite às danças populares, nos ritmos do baião; samba; xote; arrasta-pé e cavalo marinho, em clima também de terreiro. Na rabeca e pedais de efeitos, Thiago Martins é o principal vocalista, junto com Rodrigo Samico que rege a banda com seu contra-baixo e vocais. No conjunto, os percussionistas Rodrigo Felix, Ju Valença e Frank Sósthenes se alternam na zabumba, no pandeiro, no triângulo e no ganzá, além de cantar e dançar os trupés e pisadas de Cavalo Marinho durante espetáculo. A brincadeira começa as 17h e o ingresso custa R$ 15.

forro-na-caixa-divulgacao

Pilhagem#5 Exposição Coletiva dA Casa do Cachorro Preto:

A última exposição do ano da Casa do Cachorro Preto começou na quinta-feira e segue até o dia 18 de dezembro. A quinta edição de Pilhagem reúne alguns dos artistas que expuseram na Casa durante o ano de 2016 e ainda apresenta outros que já estão programados para 2017.

Este ano Pilhagem traz desenhos em papel, telas, esculturas, madeiras, em óleo, acrílica, aquarela, pastel, posca, nanquim e grafite. Todas as peças expostas estão à venda e a aquisição tem entrega imediata. Vinte artistas participam da mostra: Ayodê França, Arbos, Beto França, Bozó, Carol Merlo, Christiano Mascaro, Daaniel Araújo, Demétrio Albuquerque, Henrique Viudez, Ianah, Jeims Duarte, Joana Liberal, João Lin, Juliana Lapa, Mariana de Matos, Paulo do Amparo, Raoni Assis, Shiko, Tatiana Móes e Valeria Rey Soto.

A Casa do Cachorro Preto fica na Rua 13 de Maio, Cidade Alta, Olinda e a visitação acontece de quinta a domingo, das 16h às 21h. Mais informações, ligue: 982001399 ou 998740807.

 

Redes Sociais:

senai-dez

sesi-dez

Anuncio-gif OH

pernambucont


Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog: