Navegando todos os artigos com a tag Cultura
jun
24

Amor é tema de concurso fotográfico “Olhares inspiradores Canon”

AuthorPostado por: Jornalismo Redação    CategoryEm: Eventos     Tags , ,

A Canon do Brasil realiza até agosto, mais uma etapa do concurso “Olhares inspiradores Canon”, que irá premiar as melhores fotografias. O tema desta edição é “Formas de clicar o amor” e os participantes podem concorrer em três categorias: câmeras Canon compactas e EOS, câmeras Canon Full Frame e smartphones e câmeras digitais de outros fabricantes.

Esta edição do concurso está com inscrições abertas no site do Canon College, no endereço http://college.canon.com.br/concursos. Lá também é possível encontrar o regulamento do concurso.

Para participar, os interessados devem criar uma conta no site e em seguida enviar suas fotos. Quem já participou do concurso poderá usar o mesmo login e senha. Cada inscrito terá a oportunidade de enviar três fotos para a edição, independente da categoria.

Quem quiser participar do concurso com o tema “Formas de clicar o amor”, deve enviar sua foto até o dia 02 de julho. Os próximos temas serão: cotidiano, de 02 de julho a 01 de agosto, e felicidade, de 01 de agosto até 31 de agosto.

jun
23

Hoje tem “Acorda Povo” em Olinda

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags , , ,

O Sítio Histórico de Olinda receberá na noite deste sábado (23) mais uma edição do tradicional cortejo “Acorda Povo” em homenagem as santidades da Igreja Católica e das religiões de matriz africana e indígena. O evento terá início às 22h e contará com uma procissão em louvação a São João e Xangô.

O cortejo sairá do Palácio de Iemanjá, localizado no Alto da Sé, e seguirá pelas ladeiras do Sítio Histórico até a Casa das Matas do Rei Malunguinho, no bairro do Amparo. Ao final do percurso a festividade será abrilhantada com apresentações de grupos de coco e forró pé de serra.

A celebração é organizada pela Mestra Ana Lúcia, do Amaro Branco, que desenvolve um trabalho social na comunidade com jovens e adultos em situação de vulnerabilidade social. Os trabalhos são voltados à divulgação e perpetuação da tradição cultural pernambucana. 

Segundo o sacerdote da Casa das Matas do Rei Malunguinho, o juremeiro Alexandre L’Omi L’Odò, este evento preserva a herança deixada pelos antepassados negros e indígenas. “Nossa missão é fazer com que o Acorda Povo continue vivo e as tradições estejam sempre acesas em nossa cultura”, relatou.

Fonte: DP. Foto: Acorda Povo de Peixinhos (2017)

jun
14

Cultura e gastronomia movimentam o Sítio Histórico de Olinda neste sábado

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags , ,

No próximo sábado (16), a Rua 13 de Maio, no Sítio Histórico de Olinda, recebe mais uma edição do projeto Rua Cultural. Funcionará das 14h às 22h.

O projeto reúne educação, arte, cultura, gastronomia e lazer. Desta vez serão realizadas palestras e oficinas, ensaios musicais abertos, brinquedos e diversão para a criançada, além de uma feira de artesanato e do empreendedor.

Na ocasião haverá uma palestra sobre alimentação saudável e qualidade de vida, com o doutor em nutrição, Francisco Nogueira. O evento é aberto ao público e conta com o apoio da Prefeitura de Olinda.

jun
10

Cemo promove Circuito das Cordas de junho até novembro

AuthorPostado por: Jornalismo Redação    CategoryEm: Olinda     Tags , ,

O Centro de Educação Musical de Olinda (Cemo) está promovendo o Circuito das Cordas 2018 para alunos e o público em geral, sob a regência do professor Newton Banks Jr. A abertura do evento ocorreu na tarde da última sexta-feira (08) e seguirá até o dia 06 de novembro.

Os concertos vão acontecer no auditório do Cemo, localizado na Avenida Pan Nordestina (próximo à Ponte Preta),no bairro de Salgadinho. Confira a programação:

  • – 16 de agosto: Tony Bello (Violão/Guitarra) – 19h.
  • – 27 de setembro: Newton Banks Jr. (Violão/Harp Guitar/Ukulelê) – 19h.
  • – 25 de outubro: Duo Verde (Adelmo Arcoverde/André Arcoverde) Viola Sertaneja – 19h.
  • – 06 de novembro: Duo Pessoa da Silva (João Paulo Pessoa e Carlos Alberto da Silva) Violão/Bandolim – 16h.
jun
2

Hoje tem Coco de Umbigada em Olinda

AuthorPostado por: Jornalismo Redação    CategoryEm: Olinda     Tags , ,

Zeca do Rolete, Coco Irmãs Lopes, Dona Glorinha do Coco, Aurinha do Coco, Coco das Mulheres, Coco Mestre, Coco da Resistência e Coco Batuque das Morenas são as atrações da celebração dos 20 anos do Coco da Umbigada, conduzido por Beth de Oxum, no bairro de Guadalupe – Olinda.

A festa acontece na noite deste sábado (02), a partir das 19h, e deverá entrar pela madrugada de domingo (03), na Rua João de Lima Neto (“Beco da Macaíba”), no Guadalupe – Sítio Histórico de Olinda. 

O Coco da Umbigada, que acontece mensalmente, no primeiro sábado do mês, teve início durante os festejos de São João de 1998. O evento é mais um espaço de entretenimento, difusão e fortalecimento da manifestação cultural. recebe um público médio de duas mil pessoas, entre coquistas, mestres da cultura popular, artistas, produtores culturais, educadores, turistas e moradores da comunidade.

maio
18

Exposição no Espaço Tiridá comemora hoje o Dia Internacional de Museus

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags , ,

O Museu do Mamulengo – Espaço Tiridá preparou um dia especial para celebrar, nesta sexta-feira (18), o Dia Internacional de Museus. No local, a partir das 10h, haverá a inauguração de uma exposição em homenagem ao mamulengueiro Mestre Solón de Carpina, além de uma oficina de carimbos artesanais e uma palestra com o antropólogo e professor Marjones Pinheiro.

A mostra conta com várias peças do mamulengueiro, que foram doadas pela filha dele, Marli Sarandão. O material foi restaurado e agora está à disposição para apreciação do público. A oficina de carimbos já está lotada, porém a palestra que terá o tema “Morte e Mamulengo: uma visão antropológica”, ainda está com 45 lugares livres, pois não existe pré-inscrição.

Será cobrada entrada única de R$ 1,00. O Museu do Mamulengo funciona na Rua de São Bento, 344 – Varadouro, Olinda.

abr
26

Edital do MinC, que será lançado amanhã, homenageia Selma do Coco

AuthorPostado por: Jornalismo Redação    CategoryEm: Cultura     Tags , ,

Amanhã (27), o ministro da Cultura (MinC) Sérgio Sá Leitão estará em Pernambuco para lançar o edital Culturas Populares 2018, considerada amaior premiação de cultura popular do país em termos de valor investido e número de participantes.

Nesta sexta edição, o edital do MinC fará homenagem a“coquista” (intérprete de cocos), já falecida, Selma Ferreira da Silva, conhecida como “Selma do Coco”. 

O MinC vai premiar com R$ 10 milhões, 500 iniciativas de expressões culturais populares que contribuam para dar mais visibilidade aos seus protagonistas.

São exemplos de expressões culturais populares o folheto de Cordel, o Maracatu, o Jongo, o Cortejo de Afoxé e o Bumba-meu-boi entre outros.

abr
24

Xinxim da Baiana vai fechar as portas

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags , ,

Uma das casas mais conhecidas de Olinda, o Xinxim da Baiana, no Carmo, vai fechar as portas em definitivo.

A decisão da proprietária do estabelecimento, Silvania Nascimento, foi anunciada ontem (23), através da página oficial do espaço, no Facebook. O lugar vai ficar disponível apenas para aluguel de eventos

Em entrevista ao LeiaJá, Silvania revelou que o motivo maior para o fechamento do Xinxim foi a “falta de incentivo cultural na cidade” de Olinda.

“A cidade está parada. É uma pena porque muita gente me diz que nós éramos um dos pouco lugares de resistência cultural que ainda existia. Mas, chega uma hora que você cansa”, disse. A proprietária coloca que o esvaziamento da cidade dificulta a manutenção dos negócios e diz não estar “valendo a pena financeiramente” continuar. “Se a casa não fosse própria, acho que nem estaria mais lá”. 

Fonte/Foto: LeiaJá

abr
13

Quem tem medo da Sexta-feira 13?

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Artigos     Tags , ,

 
*Alexandre Acioli

Esta é a primeira Sexta-feira 13 de 2018. Era aguardada com expectativa, principalmente pelos supersticiosos, que veem nessa combinação (dia-número) um período de 24 horas de azar.

Mas para quem acredita mesmo no azar, ele está em qualquer sexta-feira, em qualquer dia de qualquer mês. A Sexta-feira 13 é só o ápice para os supersticiosos, que neste ano de 2018 terão mais um dia 13 numa sexta-feira: em julho.

A crença de que a Sexta-feira 13 é um dia agourento não é nova. Hesíodo (Século VII a.C) registrou no seu livro “Os trabalhos e os dias” a recomendação de não se plantar no 13º dia. Na numerologia o 13 é tido como um número irregular, sinal de infortúnio. No Tarô, a carta 13 representa a morte. Para muitos, a Sexta-feira 13 é o dia em que a sorte está de folga e, portanto, merece muita atenção e precaução redobrada.

Esse medo tem fundamento em antigas lendas cultivadas na Idade Média, na Europa. Atribuíam a data às bruxas. Na sexta-feira, dia 13, essas personagens estariam soltas e trazendo má sorte aos mortais. Uma lenda da mitologia nórdica conta que a Deusa do Amor e da Beleza (Friga) foi transformada em bruxa quando as tribos escandinavas se converteram ao Cristianismo. A partir de então, Friga, juntamente com o demônio e outras 11 bruxas, passou a se reunir às sextas-feiras para infernizar a vida da população.

Antigos cristãos também faziam menção à data, baseados em dois relatos bíblicos: a última Ceia do Senhor Jesus, onde haviam 13 pessoas, e a crucificação de Cristo, ocorrida numa sexta-feira. Há ainda o registro da prisão, tortura e execução dos membros da Ordem dos Cavaleiros Templários (Cavaleiros de Cristo), numa sexta-feira, 13 de outubro de 1307, na França, acusados de heresia.

Oposto – Mas, segundo a astrologia, a sexta-feira é o dia regido por Vênus, o planeta do amor, da beleza, do entretenimento e da harmonia. Para os místicos o 13 está associado à evolução de todo ser. Então, não há porque temer a Sexta-feira 13! É um dia como outro qualquer; de obrigações, compromissos, afazeres e prazeres. Se alguns místicos dizem que o número 13 sugere a morte, ótimo! Morte significa o fim de um ciclo e o início de um novo período na nossa evolução cíclica.

Sigamos em frente, acreditando que este é apenas mais um dia nas nossas vidas. É preferível não considerar este como um dia de infortúnios. O azar, creia, está ligado à falta de fé.

Inteligentes como somos, não devemos determinar um dia ou uma data para culpar pelos nossos fracassos. Os fracassos são, na maioria das vezes, resultado da nossa própria falta de atenção, de planejamento, preparo, cuidado e esforço.

Cada um deve procurar os seus pontos mais positivos e usá-los com bom senso, equilíbrio, inteligência e sabedoria, no momento certo, para evitar conflitos, aproveitar as oportunidades que surgem e atrair coisas boas.

Dê folga ao azar. Ainda virão por aí muitas e muitas sextas-feiras 13. S e tivermos fé, estes serão dias para apostarmos na sorte!

Uma boa sexta-feira 13 para todos.

*É jornalista e pesquisador de Folkcomunicação

abr
6

Museu de Arte Sacra lança catálogo para comemorar 40 anos

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags , , ,

A Arquidiocese de Olinda e Recife lançou esta semana o catálogo comemorativo dos 40 anos de fundação do Museu de Arte Sacra de Pernambuco (Maspe), localizado no Alto da Sé, em Olinda. 

O catálogo, editado pela Companhia Editora de Pernambuco (Cepe), é o primeiro do museu e reúne mais de 200 peças de inspiração religiosa, situadas entre os séculos XVII a XX, que compõem o acervo da instituição. 

O conteúdo do catálogo está dividido em 12 categorias, conforme os tipos de objetos de arte sacra e de arte religiosa católica do acervo: Santos Homens, Santos Negros, Santas Mulheres, Mater Dei, Kyrios, Objetos Litúrgicos, Vestes Litúrgicas, Relicários e relíquias, Santos de roca, Imagens e oratórios domésticos, Pinacoteca e Amostras e fragmentos da memória.

Conforme detalha o diretor do museu, padre Rinaldo Pereira, o Maspe foi convidado a lançar o catálogo no Museu de Arte Sacra de São Paulo (MAS-SP), em data a ser definida, e que estabeleceu uma parceria e cooperação técnica com o MAS-SP, buscando propiciar o intercâmbio de saberes em prol da Arte Sacra brasileira.

Inaugurado em 1977 – cinco anos antes de Olinda ser declarada Patrimônio da Humanidade – nas instalações do antigo Palácio Episcopal da Diocese de Olinda e Recife, o museu conta com o apoio e parceria da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) e da Arquidiocese de Olinda e Recife. O Maspe está aberto à visitação de terça-feira a domingo, das 10 às 16h. 
mar
29

Espetáculos da Paixão de Cristo na Região Metropolitana do Recife

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eventos     Tags , , ,

Olinda não tem nenhuma programação cultural ou de lazer para esse feriadão da Semana Santa. Mas no Recife e em diversos municípios da Região Metropolitana há encenações da Paixão de Cristo, desta quinta-feira (29) até o próximo domingo, dia 1º de abril. Confira algumas dicas:

Paulista
Paixão de Cristo em Jardim Paulista
Sexta-feira (30) e sábado (31), às 20h
Local: Praça da Encenação – Avenida C (próximo ao Senac) – Gratuita
Paixão de Cristo em Maranguape II
Sexta-feira (30), às 19h
Local: Praça José Lopes de Araújo – Avenida A (próximo à Associação de Moradores). Gratuita.

Recife
Paixão de Cristo do Recife
Sexta-feira (30), sábado (31) e domingo (1º de abril), às 20h
Local: Marco Zero, no Bairro do Recife. Gratuito.
Paixão de Cristo de Casa Amarela
Quinta-feira (29) e sábado (31), às 20h
Local: Sítio da Trindade – Estrada do Arraial, 3.259. Gratuita.

Igarassu
Paixão de Cristo de Igarassu
Sábado (31) e domingo (1º de abril), às 19h
Local: Sítio Histórico de Igarassu. Gratuita.

Camaragibe
Paixão de Cristo de Camaragibe – A Paixão dos Camarás
Sexta-feira (30), sábado (31) e domingo (1º de abril), às 20h
Local: Praça de Eventos – Avenida Padre Oséas Cavalcanti, s/n – Vila da Fábrica. Gratuita.

Cabo de Santo Agostinho
A Força da Paixão (foto)
Sexta-feira (30) e sábado (31), às 19h
Local: Praça Beira-Mar de Gaibu – Avenida Laura Cavalcante, s/n. Gratuita.
Paixão da Ponte
Quinta (29) e sexta-feira (30), às 20h
Local: Arena da Paixão da Ponte – Cruzamento entre as ruas das Acácias e das Dálias – Loteamento Cidade Jardim, Ponte dos Carvalhos. Gratuita.

mar
19

Prefeitura restaura peças centenárias da história do catolicismo em Olinda

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags , , ,

Olinda iniciou, na última quinta-feira (15), o trabalho de requalificação dos cinco nichos religiosos existentes no Sítio Histórico. As estruturas são pequenas capelas que, no passado, abrigavam imagens católicas e serviam de pontos de parada e preces na Via Sacra. Os espaços serão restaurados, receberão pintura, iluminação e reparos na alvenaria, além de sanar problemas de infiltração.

O trabalho deve ser concluído até esta quarta-feira (21) e está sendo executado pela equipe de zeladoria do município, com 15 reeducandos do sistema prisional. Os serviços são acompanhados por historiadores, especialistas em patrimônio e profissionais do Arquivo Público de Olinda.

O primeiro nicho está localizado no Alto da Sé, referência para a imagem barroca de “Jesus no Monte das Oliveiras”, esculpida em madeira de cedro e datada de 1809. O segundo nicho está no Largo do Amparo, ao lado da Igreja do Amparo. Em seguida, o Passo dos Quatro Cantos é um dos mais conhecidos.

Os passos, que contam capítulos relevantes da vida de Jesus, também podem ser encontrados na Rua Bernardo Vieira de Melo (Ribeira) e na Rua 27 de Janeiro, próximo à Igreja de São Pedro Mártir. As imagens dos santos que compõem os nichos são de responsabilidade da Irmandade do Rosário dos Homens Pretos, integrante da parceria com a prefeitura.

Fonte: PMO

fev
25

Fãs buscam por ingressos para apresentação de Chico Buarque em Olinda

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Cultura     Tags , , , ,

O cantor e compositor carioca Chico Buarque, considerado um dos maiores nomes da Música Popular Brasileira (MPB), realiza apresentação em Olinda nos dias 3 e 6 de maio. Os shows da turnê “Caravanas”acontecem no Teatro Guararapes, e o ingressos começaram a ser vendidos na última sexta-feira (23). 

Apesar do preço das entradas – que variam de R$ 490, para a plateia, a R$ 250 no balcão, com direito a meia-entrada em cada caso -, que são mais altos que os de outros artistas que vêm a Pernambuco neste ano, os fãs do músico fizeram fila na bilheteria do teatro.

Cada pessoa (por CPF) pode comprar até 6 ingressos. Para adquirir a meia-entrada é obrigatório levar documento comprovando que se tem direito a ela, a exemplo da carteira de estudante. Também é possível realizar a compra através da internet.

fev
24

Sabia que o Mercado Eufrásio Barbosa já foi casa da alfândega e fábrica de doces?

A construção do Mercado Eufrásio Barbosa data do século XVI e, por muito tempo, foi a Casa da Alfândega Real do Império Marítimo Português em Olinda, onde eram mercantilizados produtos advindos do continente europeu.

Neste período, os tecidos que vinham do “Novo Mundo” eram pendurados em varas de madeira com pedaços de ouro nas pontas e, por conta disso, o nome do entorno ficou conhecido como Varadouro, onde pequenas embarcações, chamadas de galeotas, chegavam e partiam rumo ao Recife. “Varadouro das galeotas” com o tempo foi abreviado para apenas “Varadouro”.

No mesmo prédio, também funcionou, entre os anos de 1894 e 1960, a Fábrica de Doces e Conservas Amorim da Costa & Cia, empreendimento que apareceu de forma promissora como uma das mais modernas indústrias alimentícias de Pernambuco.

Os produtos da fábrica foram disseminados pelas cozinhas de todo o Brasil e também exportados para alguns países americanos e europeus.

A falência do empreendimento foi um balde de água fria para algumas pessoas que apostaram no potencial de Olinda como uma cidade industrial. Em 1979, o equipamento foi adquirido pela Prefeitura de Olinda e passou por uma grande reforma, quando foi inaugurado, em 1990, como o Mercado Público Municipal Eufrásio Barbosa.

Até hoje os azulejos originais, com o letreiro da Amorim da Costa & Cia, podem ser vistos nas paredes do mercado.

Fonte: poraqui news

fev
23

Cepe lança, no domingo, livros sobre Maestro Duda e Getúlio Cavalcanti

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eventos     Tags , , ,

Neste domingo, dia 25 de fevereiro, acontecerá tarde de autógrafos de dois livros que integram a coleção “Frevo, Memória Viva” – selo criado para evidenciar o legado daqueles que contribuíram com a mais pernambucana das expressões culturais.

Os livros “Maestro Duda, uma visão nordestina” (163 páginas, 13 capítulos) e “Getúlio Cavalcanti, o último regresso” (160 páginas, 14 capítulos) abordam a vida e obra artística de ambos. Foram escritos pelo crítico musical e pesquisador Carlos Eduardo Amaral, que também assina o título inaugural da coleção (“Maestro Formiga: Frevo na tempestade”). 

O Maestro Duda (foto a direita) é considerado um dos maiores arranjadores da música instrumental brasileira do século XX e que, aos 82 anos de idade, encontra-se em plena produção criativa. Regente, compositor, arranjador, instrumentista, Patrimônio Vivo de Pernambuco (2010) e membro da Academia Pernambucana de Música, Duda nasceu no município de Goiana, em 23 de dezembro de 1934, tendo como nome de batismo José Ursicino da Silva. Sem formação acadêmica, iniciou sua história musical na infância, na Saboeira (Sociedade Musical 12 de outubro), tendo como atribuição inicial carregar as partituras da banda. Aos 12 anos, compôs o primeiro frevo (Furacão). Traz até dados pouco conhecidos – como o teste para cantor e a atuação como professor de música da cantora Vanusa.

O compositor e cantor Getúlio Cavalcanti (foto á esquerda) nasceu no dia 10 de fevereiro de 1942, em Camutanga. É autor de mais de uma centena de frevos de bloco, frevo-canção, entre outros gêneros, como samba, maracatu e bolero. Ele contou com o apoio de Duda para que o seu frevo “O Bom Sebastião” fosse gravado. A música, inscrita no Concurso de Música Carnavalesca da Prefeitura (1976) foi aclamada pelo júri e abriu as portas para a fama. O livro revela fatos importantes dos 57 anos de carreira do autor do frevo Último regresso(1981), “o mais cantado, gravado e conhecido de um compositor vivo”, destaca o autor.

Os lançamentos acontecerão às 15h, no Paço do Frevo (Rua da Guia, s/n), no Bairro do Recife.

fev
18

“Coco de Seu Mané” se apresenta no Parque da Lagoa neste domingo

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Cultura     Tags ,

A programação do AnimaCentro deste domingo (18), em João Pessoa (PB), resgata e divulga a cultura popular. O público que comparecer ao Parque da Lagoa, no centro da capital paraibana, a partir das 17h, vai conferir a apresentação do grupo Coco do Seu Mané, de Olinda, (PE).

O projeto AnimaCentro é promovido pela Prefeitura de João Pessoa e oferece uma agenda variada e permanente de atrações artísticas e culturais. 

O Coco de Seu Mané é formado por Mestre Ulisses (pandeiro, rabeca e voz), Rinaldo (ogan), Emerson Dias (ganzá) e Zé Pequeno (caixa). No repertório, o grupo tocar músicas autorais do mais recente CD lançado há três meses, ‘Vamos Vadiar’, além de outras emboladas de domínio público da cultura popular.

O grupo foi criado em 2006, em Olinda (PE), por Mestre Ulisses, numa homenagem ao seu pai, o cantador e embolador de coco paraibano, Manoel João, mais conhecido como “Seu Mané”, que deu nome ao grupo.

fev
7

Festival Cena Peixinhos celebra nesta quarta-feira 25 anos do manguebeat

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags , ,

O Festival Cena Peixinhos, que acontece nesta quarta-feira (07), presta homenagem aos 25 anos do movimento Manguebeat. As bandas Nação Zumbi e Mundo Livre S/A estão entre as atrações desta edição.

Os shows ocorrerão no Nascedouro dos Peixinhos (Avenida Jardim Brasília, s/n), das 15h às 0h30, com entrada gratuita. Pela programação (foto), também sobem ao palco as bandas Carranza!, Viruz, Etnia, Capim Santo, Os Magnatas da Beira-Mar, Ataque Suicida e Plugins.

Terá, ainda, Carol Ribeiro, Ciel Santos, Coco na Pisada do Mestre, Suprema Corte, Projeto Arrete e André Sampaio – fundador do grupo Ponto de Equilíbrio, agora em projeto solo.
 
 
jan
27

Carnaval de Olinda pode se tornar Patrimônio Imaterial do Brasil

O Carnaval de Olinda pode se tornar Patrimônio Imaterial do Brasil. O pedido de registro foi feito em maio do ano passado pelo historiador e arqueólogo Plínio Victor junto com a Sociedade Olindense de Defesa da Cidade Alta (Sodeca) e tramita no Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em Brasília (DF).

A principal justificativa para a obtenção do título é que o Carnaval de Olinda é o único exemplar no Brasil que ainda guarda a mística e a estrutura da festa ibérica trazida pelos europeus nos anos 1500.

“O carnaval tem suas origens na Europa como festa cristã, que acontecia três dias antes do início da Quaresma para compensar o período de jejum. Chegou ao Brasil com o nome de entrudo, importando comportamentos como a brincadeira de mela mela, os disfarces através das fantasias, das máscaras e da representação. Uma verdadeira mistura de classes sociais numa grande celebração de rua, onde as pessoas dançam e brincam o dia inteiro sem precisar pagar para entrar”, contextualiza Plínio Victor. Segundo ele, os primeiros registros do Carnaval de Olinda em livros e relatos da época já citam o entrudo.

A festa com esse formato acontecia no Brasil todo, não apenas em Pernambuco. Mas no resto do país o Carnaval foi tomando uma forma mais comercial, perdendo muitos elementos tradicionais que ainda hoje são encontrados em Olinda com muita força. “Aqui é o único lugar onde se preservou a castanhola e os papangus, todos de herança ibérica, assim como o pastoril”, completa o historiador. 

Segundo o Iphan, o pedido de registro foi recebido e foi aberto um processo interno, que está em andamento e aguarda agora a análise preliminar. “Do momento em que a solicitação foi recebida até o processo ser tramitado dentro do Iphan, demanda um tempo”, afirma a comunicação do Instituto, que ainda não sabe precisar quando será dado o título ao Carnaval de Olinda. 

Após essa fase, o Iphan começa a fazer o levantamento histórico, através de livros, fotografias (inclusive da população) e relatos de jornais. Contará com a colaboração da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe).

Fonte: DP

jan
22

Festa para comemorar 2 Anos do Centro Cultural Grupo Bongar – Nação Xambá

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Cultura     Tags , ,

Uma grande festa está sendo preparada para comemorar os dois anos do Centro Cultural Grupo Bongar – Nação Xambá, em 1º de fevereiro.

Para a festa, estão programados a apresentação do Maracatu Nação Oju Obá (França), plantação de baobás, lançamento da nova coleção de Carnaval da Feira Quilombar de Arte Negra, brincadeira com Boi Quebra Coco, apresentação do Grupo Bongar e Siba, entre outras atrações. 

Serviços:

2 Anos de Centro Cultural Grupo Bongar – Nação Xambá
Data: 1º de fevereiro de 2018
Local: Centro Cultural Grupo Bongar – Nação Xambá– Rua Severina Paraíso da Silva , 5330 – Quilombo Urbano do Portão do Gelo – Nação Xambá – São Benedito – Olinda – PE
Horário: 18h às 21:30
Entrada: 1kg de alimento não perecível 
Contatos: +55 81 9 9927.6258 / bongar@uol.com.br

jan
15

Caruaru sedia o II Fórum Internacional de Ufologia de Pernambuco

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eventos     Tags ,

Às portas do Carnaval 2018, os entusiastas da ufologia promovem o pré-lançamento do II Fórum Internacional de Ufologia de Pernambuco.

O evento acontecerá na tarde do próximo dia 27 de janeiro (sábado), no Shopping Difusora, em Caruaru – distante 142 quilômetros de Olinda.

O Fórum, promovido pelo Centro de Estudos Ufológicos de Pernambuco (CEU-PE) será realizado no Piso 3 do mall, com início às 14h. A abertura será feita pelo presidente do CEU-PE, Rivaldo Ferreira Júnior, com um bate-papo sobre “Evidências ufológicas no Nordeste e no Brasil”.

O professor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Antônio Carlos Mirando, e a dirigente do CEU-PE, Socorro Viana, estão entre os palestrantes e discussões sobre como cientistas reagem aos efeitos dessa aproximação física e extrafísica.

Os debates são gratuitos e abertos ao público. O II Fórum, propriamente dito, está programado para o período de 06 a 08 de abril, no Hotel Marante Executive (Boa Viagem), no Recife.

 

Carnaval 2019

Está chegando o Sábado de Carnaval2 de março de 2019
251 dias restantes.

Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog:

Olinda Hoje