Navegando todos os artigos com a tag Entrevistas
out
31

Armando avalia como erro fusão de ministérios: “O Brasil não precisa de um czar na economia”

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Economia     Tags , ,

O senador Armando Monteiro (PTB) avaliou como um erro do governo eleito a ideia de criar o superministério da Economia, fundindo Fazenda, Planejamento e Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic). Líder empresarial e ex-ministro da Indústria, Armando criticou as declarações sobre o setor produtivo feitas pelo futuro ministro, Paulo Guedes.

Na avaliação do senador pernambucano, a fusão dos ministérios da Agricultura e Meio Ambiente é uma medida “extravagante”, além de afirmar que as mudanças não trarão economia aos cofres públicos. Veja abaixo os principais trechos da entrevista concedida por Armando ao programa de Geraldo Freire (Rádio Jornal – Recife), na manhã desta quarta-feira (31):

Sobre declarações de Paulo Guedes

“Vamos salvar a indústria apesar dos economistas. Eu vejo muito mal uma posição de alguém que ainda não assumiu a pasta, de alguém que não detém uma maior experiência na gestão pública, que não faz uma interlocução com os setores da chamada economia real e já sai, antes mesmo de assumir, revelando preconceitos, criando uma indisposição com os setores. É um mau sinal. Ele precisa compreender adequadamente a natureza das demandas”.

Superministério da Economia

“Essa ideia de superministério foi adotada ao tempo do Governo Collor e não deu certo. O Brasil não precisa de um czar na economia. Evidentemente que a política econômica precisa de uma coordenação fina entre a política monetária, a política cambial, a política fiscal, mas no mundo inteiro os setores produtivos se representam através de um canal próprio no governo, o que não significa dizer que não passe por uma mediação do ministro da Fazenda. Os países desenvolvidos possuem um Ministério da Indústria, porque você tem que ter essa interface com o setor produtivo”.

Extinção do Ministério da Indústria e Comércio Exterior

“Deixar de ter um canal de interlocução com o setor produtivo, secundarizar isso, é preocupante. O que é que será agora a área de indústria e comércio exterior? Vai ser uma secretaria vinculada a esse superministério da Economia. Você vai conferir poderes demais a esse ministro e vai tornar essa interlocução com os setores produtivos uma coisa secundária. Na experiência internacional, isso não existe. Lamento que essa questão possa ser resolvida de supetão. Essa figura do superministro não funciona, a meu ver, e lamento mais ainda que o ministro já chegue revelando tantos preconceitos. Lamento que isso possa ter sido decidido dentro de um grupo tão pequeno, sem ouvir os setores produtivos”.

Importância do Ministério

“O ministério tem uma estrutura, tem uma área que trata de política industrial e de todo o atendimento das demandas do setor industrial, tem uma área de comércio exterior, uma Secretaria de Comércio e Serviço que trata da situação da atividade comercial no país. Você recebe (demandas) de toda parte… da política comercial em relação ao mundo, a negociação dos acordos comerciais, toda a política de defesa comercial, antidumping, para proteger setores da indústria de práticas desleais de comércio. Portanto, o Mdic tem uma estrutura que foi formada ao longo do tempo e que atua fortemente na definição das políticas industriais, na gestão de todos os problemas na interlocução da indústria com o governo, na promoção dos acordos comerciais, na definição de políticas de defesa comercial e toda a interlocução com o setor comercial brasileiro. É uma entidade que cumpre um papel muito importante. Não estou dizendo isso porque fui ministro, é porque essa estrutura foi ao longo dos anos se fortalecendo”.

Fusão de Agricultura e Meio Ambiente

“Parece-me uma coisa totalmente equivocada. Meio ambiente não se refere apenas à Agricultura. Qualquer obra de infraestrutura passa por uma avaliação de meio ambiente. Se você discute, por exemplo, saneamento, isso tem uma interface na área de meio ambiente. Portanto, você colocar essa área dentro do Ministério da Agricultura é algo que me parece extravagante; não tem realmente sentido”.

Fusões sem redução de gastos

“Essas reduções de ministérios se apoiam em uma premissa que se revela ao final falsa, que é de que isso vai produzir uma grande economia na máquina pública. Na realidade, vão mudar as caixas. Essas estruturas dos ministérios que vão ser incorporados se transformam em secretarias, a estrutura permanece, e ao final essa economia não se confirma. Então, o que se faz é uma ação simplificadora que não resulta em ganhos de eficiência e desempenho da máquina pública”.

out
23

Apresentador se demite ao vivo após entrevista de Bolsonaro a rádio

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2018     Tags , , ,

A cinco dias do segundo turno das eleições, o candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL) concentrou sua fala em críticas ao PT e à imprensa em entrevista à Rádio Guaíba, do Rio Grande do Sul, na manhã desta terça-feira (23). Depois de ter sido chamado de “anticristo” pelo deputado Paulo Pimenta (PT-RS), Bolsonaro ironizou o apelido e disse que só se for porque, para os petistas, Lula é Deus.

“O Lula é o Deus para eles, e como eu sou o oposto do Lula, eu acho que eu sou o anticristo no tocante anti-Lula. O cidadão não tem nada na cabeça”, afirmou.

Bolsonaro voltou a criticar o fato de o PT ter no seu programa de governo um plano para o controle social da mídia. Segundo ele, a proposta seria para controlar quem pode ser o entrevistador e o entrevistado. “Eles querem que você, para entrevistar alguém, esse alguém não pode ser qualquer um. E mesmo assim tem que conduzir qual o tipo de perguntas que você fazer e responder. É o controle social que existe em Cuba, por exemplo. Lá só tem uma imprensa, como na Coreia do Norte e outros países comunistas que temos por aí. Esse é o PT, e eu sou oposição a esse tipo de tratamento”, afirmou.

Apesar da presença de outros apresentadores no estúdio, a entrevista foi conduzida somente pelo âncora Rogério Mendelski, que ao fim disse ter sido uma “condição do candidato”. A situação levou um dos apresentadores, Juremir Machado (foto), a se demitir ao vivo do programa. “Nós podemos dizer que o candidato nos censurou?”, perguntou. “Não, eu não diria isso”, disse o âncora, que agradeceu pelo silêncio no estúdio durante a entrevista. 

“Então por que nós não podíamos fazer perguntas? Eu achei humilhante e por isso estou saindo do programa. Foi um prazer trabalhar aqui dez anos”, disse Juremir ao se demitir. Mendelski mostrou-se surpreso com a reação e disse que não poderia fazer nada. “Desculpe, eu não tenho que dizer nada, foi uma condição do candidato”, afirmou.

Fonte: Folhapress

set
25

Lóssio mantém campanha e concede entrevistas a emissoras de rádio

Apesar de o diretório nacional da Rede Sustentabilidade ter dado entrada no TRE-PE com o pedido de cassação da candidatura de Júlio Lóssio ao Governo de Pernambuco, após ele ter anunciado publicamente ter aceitado o apoio de bolsonaristas, o candidato continua tocando a campanha normalmente. Nesta terça-feira (25) ele concede entrevistas a várias emissoras de rádio do Estado.

Às 8h30, Lóssio será entrevistado na programação da Rádio Jornal de Garanhuns (1.210 AM); às 9h10 será a vez de bate-papo com o blogueiro sertanejo Nill Junior.

À tarde, segundo a agenda divulgada pela assessoria, Júlio Lóssio concede entrevista à Rádio Líder FM (93,5 FM), de Serra Talhada. Às 15h ele participa de sabatina presencial, na Rádio CBN (105,7 FM), no Programa CBN Total, com Aldo Vilela.

set
11
set
10

“Vamos resgatar o Pacto Pela Vida”, garante Armando Monteiro

O restabelecimento da autoridade do governador como comandante-chefe da segurança do Estado é a chave para a redução dos índices de violência que têm tirado a tranquilidade dos pernambucanos. Esta foi a mensagem-chave passada pelo candidato ao Governo pela coligação Pernambuco Vai Mudar, senador Armando Monteiro (PTB), em sabatina na tarde desta segunda-feira (10), no NETV-1, na Rede Globo Nordeste. “Nós vamos assumir a coordenação, restabelecer a autoridade e resgatar o Pacto Pela Vida”, afirmou Armando ao apresentador Márcio Bonfim.

“O tema da segurança é central: 16.400 pernambucanos perderam a vida nos últimos três anos e meio. Este ano nós já temos 2.800 mortes; temos 1.600 assaltos a ônibus registrados, e uma média de quase seis estupros por dia”, citou Armando. Em seguida, explicou como pretende recuperar os ganhos obtidos no Estado durante o governo Eduardo Campos (2007-2013): “Criar o Comando Cidadão vinculado diretamente ao Gabinete do Governador, coordenar as ações, motivar os policiais e oferecer a eles condições mais adequadas”.

Armando criticou a falta de comando do governador Paulo Câmara, que permitiu o aumento dos índices de criminalidade.

Foto: Divulgação

set
3

Armando, Rands e Lóssio serão sabatinados hoje pelo Diário de Pernambuco

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2018     Tags , ,

 
O Diário de Pernambuco promove nesta segunda (03) e terça-feira (04), uma série de entrevistas com os candidatos ao Palácio do Campo das Princesas. A sabatina será realizada no Salão Receptivo da Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), parceira do DP no projeto. A primeira rodada de conversa começará com o senador Armando Monteiro (PTB), candidato da coligação Pernambuco Vai Mudar, às 9h. Logo em seguida, às 10h, será a vez do candidato da coligação “O Pernambuco que Você Quer”, Maurício Rands (PROS). Finalizando o primeiro dia da  sabatina, às 11h, o entrevistado será Júlio Lóssio, da Rede Sustentabilidade.

Na segunda rodada, na terça-feira (04), a primeira sabatinada será Dani Portela (PSOL), às 10h. Simone Fontana (PSTU) será a candidata seguinte, às 12h. Até o fechamento desta edição não havia confirmação da participação de Paulo Câmara (PSB). 

As entrevistas serão conduzidas pelo editor-executivo do jornal, Vandeck Santiago, e pelo editor de Política e Economia, Kauê Diniz, com transmissão pelo Facebook do Diário. Também haverá cobertura simultânea no Instagram. 

Em agosto passado, os candidatos ao Governo de Pernambuco participaram de uma outra série de entrevistas, promovida pela Rádio Clube AM/FM, quando os candidatos tiveram uma hora para expor suas ideias e projetos para o Estado. Na sabatina que começa nesta segunda-feira (03), os internautas poderão interagir acompanhando tudo pelo Facebook e Instagram. As entrevistas terão duração de 30 minutos. O material também será publicado na edição do dia seguinte do DP.

Fonte: DP

ago
21

Candidata ao Governo do Estado pelo PSOL, Dani Portela, será primeira entrevistada do Roda Viva Pernambuco

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2018     Tags , ,

O programa Roda Viva (TV Nova Nordeste – Canal 22) começa na noite desta terça-feira (21), uma série de entrevistas com os candidatos a governador de Pernambuco. A estreante será a olindense Danielle “Dani” Portela, do PSOL. O programa, apresentado pelo jornalista Aldo Vilela, começa às 22h15.

A primeira entrevistada da série, Danielle Gondim Portela é natural de Olinda. Advogada e historiadora, com mestrado em História pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Atualmente ela atua como advogada em casos de violência contra a mulher e questões sindicais.

O objetivo das sabatinas, que seguirão até o dia 25 de setembro, é abrir um espaço para que os candidatos possam apresentar as suas plataformas de governo e falar sobre temas importantes para os pernambucanos, como as questões da segurança, da saúde, infraestrutura, educação, combate às drogas e assistência. 

Na sequência, o próximo entrevistado será a candidata do PSTU, Simone Fontana, na próxima terça-feira, dia 28 de agosto. As datas foram definidas através de sorteio realizado com a participação dos assessores dos candidatos. 

As entrevistas serão sempre nas noites das terças-feiras. Depois de Dani Portela (hoje, dia 21) e Simone Fontana (dia 28), virão o ex-prefeito de Petrolina, Júlio Lóssio, da Rede Sustentabilidade, no dia 04 de setembro; Paulo Câmara (PSB), dia 11; Maurício Rands (PROS), dia 18; e Armando Monteiro (PTB), no dia 25 de setembro.

A bancada de entrevistadores é formada pelos jornalistas Sérgio Montenegro Filho (colunista da Rádio CBN), Aline Moura (Diário de Pernambuco), Ulysses Gadelha (Folha De Pernambuco) e Edmar Lyra (Blog do Edmar) e os cientistas político Elder Bringel e Pedro Gustavo.

Foto: BlogdoMárioFlávio

ago
21

Candidatos ao Governo do Estado participam de entrevistas de rádio e TV

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2018     Tags , ,

Nesta terça-feira (21) as principais emissoras de rádio do Recife continuam com as suas programações de entrevistas com os candidatos ao Governo de Pernambuco. No Programa do Bocão, na Rádio Clube 720 AM e 99,1 FM), o entrevistado é o senador Armando Monteiro, da coligação “Pernambuco Vai Mudar. Começa às 7h30 e a transmissão ocorrerá em cadeia, com a Clube AM (720 kHz), Clube FM (99,1 mHz), App do Bocão e Portal PE. 

Na Rádio Folha (90,3 FM), às 11h, o candidato da Rede Sustentabilidade, Júlio Lóssio será sabatinado no Programa Folha Política, apresentado por Jota Batista e com a participação do editor do Blog da Folha Jairo Lima, além de integrantes da editoria de Política da Folha de Pernambuco. O programa será retransmitido por rádios parceiras do interior do Estado. Transmissões ao vivo pelo Instagram TV (IGVT), o @folhape. 

O ex-deputado federal e candidato do PROS ao Governo do Estado, Maurício Rands, participará de entrevista no programa Opinião Pernambuco, na TV Universitária (Canal 11 – Recife). Começa às 19h30.

Dani Portela, do PSOL, participará às 22h15, de entrevista no programa Roda Viva, transmitido pela TV Nova Nordeste/TV Cultura, no Canal 22 UHF. A Emissora também disponibiliza o seu sinal para operadoras de TV a cabo, NET Recife (Canais 45 e 58) e SIM TV (Canal 19). O programa vai ao ar das 22h15 23h45.

ago
20

“Bocão” entrevista hoje candidata do PSOL ao Governo de Pernambuco

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2018     Tags , ,

Nesta segunda-feira (20), Programa do Bocão (Rádio Clube de Pernambuco) iniciará a série de entrevistas com os candidatos ao Governo do Estado. As entrevistas ocorrem a partir das 7h30 e começa hoje (20), com Dani Portela, do PSOL. Na Rádio Folha (96,7 FM), às 11h, primeiro entrevistado será o governador Paulo Câmara.

As entrevistas no Programa do Bocão terão a duração de 60 minutos, dos quais os 15 minutos finais serão dedicados para as considerações finais. Na programação da Rádio Clube (99,1 FM e 720 AM) os demais entrevistados serão o senador Armando Monteiro (PTB), nesta terça-feira (21).

O ex-prefeito de Petrolina, Júlio Lóssio (Rede Sustentabilidade), será entrevistado na quarta-feira (22); Simone Fontana (PSTU), na quinta-feira (23); Paulo Câmara (PSB), na sexta-feira (24); e Maurício Rands (PROS), na segunda-feira (27). A transmissão ocorrerá em cadeia, com a Clube AM (720 kHz), Clube FM (99,1 mHz), App do Bocão e Portal PE

ago
20

Paulo Câmara abre série de entrevistas com candidatos na Rádio Folha

Começa nesta segunda-feira (20) a série de entrevistas no programa Folha Política, na Rádio Folha FM 96,7, às 11h, com os sete candidatos ao Governo de Pernambuco. O entrevistado de hoje (20) é o governador Paulo Câmara (PSB), da coligação Frente Popular de Pernambuco, que disputa a reeleição. O formato da entrevista prioriza a abordagem dos principais temas que envolvem a administração do Estado, como saúde, educação, infraestrutura e segurança, além das propostas de políticas públicas para os próximos quatro anos.

As sabatinas serão ancoradas pelo jornalista Jota Batista, com a participação de Jairo Lima, titular do Blog da Folha, e com jornalistas da editoria de Política da Folha de Pernambuco. Também haverá a participação de representantes de emissoras do Interior, trazendo perguntas específicas das suas regiões. As próximas entrevistas serão nos dias 21, 22, 23, 24, 25 e 28, sempre das 11h às 12h.

Amanhã (21), será a vez do ex-prefeito de Petrolina, Júlio Lóssio, da Rede Sustentabilidade. Simone Fontana, do PSTU, será a candidata entrevistada na  quarta-feira (22). O ex-deputado federal Maurício Rands (PROS), da coligação “Pernambuco que Você Quer”, será sabatinado na quinta-feira (23). Na sexta-feira (24), a advogada Danielle Portela (PSOL) será entrevistada. Na segunda-feira da próxima semana, dia 27, o senador Armando Monteiro Neto (PTB) será sabatinado pela bancada da Rádio Folha. E, por fim, a candidata Ana Paula Alves, do PCO, será ouvida na terça-feira (28).

FonteArte: Folhape

Carnaval 2020

Está chegando o Sábado de Carnaval22 de fevereiro de 2020
334 dias restantes.

Paixão de Cristo 2019

Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 351 outros assinantes

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog:

Olinda Hoje

%d blogueiros gostam disto: