Navegando todos os artigos com a tag Espaço Ciência
maio
20

Espaço Ciência promove atividades para celebrar a Semana da Energia

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags , ,

O Espaço Ciência, em Olinda, abre nesta segunda-feira (20), as comemorações do Dia Mundial da Energia, que acontece no dia 29 de maio. Será uma semana temática, com a realização de 15 oficinas e atividades que focam na produção de energia e na sustentabilidade. As oficinas acontecerão pela manhã e à tarde.

Os participantes poderão montar um circuito elétrico que tem como fonte de energia frutas e verduras. Haverá, também, competições e jogos que refletem sobre o consumo de energia. O chamado “Show da Energia” terá experimentos para despertar o interesse de crianças e adolescentes pela área.

A Celpe, parceira do evento, vai promover a “Aula de Energia”, com acesso à maquetes virtuais interativas, demonstração do funcionamento de usinas de energia e dicas sobre o uso consciente de energia. O projeto “Energia com cidadania”, também promovido pela companhia, realiza a troca de lâmpadas incandescentes, fluorescente ou halógenas usadas ou queimadas pelas de LED.

maio
10

Espaço Ciência participará da 17ª Semana Nacional dos Museus

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags , ,

A partir da próxima segunda (13), o Espaço Ciência, em Olinda, participa da Semana dos Museus, que este ano celebra o tema “Museus como núcleos culturais – o futuro das tradições”. O evento é nacional. Nessa edição, 1.114 instituições de todo o país oferecem ao público 3.222 atividades especiais, como visitas mediadas, palestras, oficinas, exibição de filmes. A programação antecipa as comemorações do Dia Internacional dos Museus, 18 de maio.

No Espaço Ciência, além da visita mediada às atrações permanentes, haverá duas atividades especiais: uma oficina de percussão com o Maracatu Real da Várzea, na terça (14) e quinta-feira (16), pela manhã; e a oficina “Revivendo o Movimento Armorial”, na terça (14), quinta (16) e sexta-feira (17) à tarde.

Outro destaque é a parceria com o Universo Compesa. Trata-se de um ambiente digital interativo, que combina informação e recursos tecnológicos para apresentar a história da gestão dos recursos hídricos e de saneamento no Estado. A parceria entre os dois museus, que já aconteceu no ano passado, volta a ocorrer este ano: na segunda (13) e terça-feira (14), nos dois horários, sairá ônibus do Espaço Ciência com os estudante das escolas que quiserem visitar o Universo Compesa.

maio
4

Espaço Ciência tem programação especial no Dia Nacional da Matemática

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eventos     Tags , ,

A Matemática é o foco das atividades da próxima segunda-feira (06), no Espaço Ciência, em Olinda. Para o “Dia Nacional da Matemática”, o museu montou uma programação especial, que inclui jogos, experimentos e atividades interativas.

Tangram, Torre de Hanói, quebra-cabeça, Jogo da Velha em 3D e em diversos jogos a garotada poderá perceber que a matemática pode ser muito divertida. Na exposição “Jogos e Acasos”, o visitante perceberá que, até no que parece sorte ou azar, existem estatísticas e probabilidades.

O Xadrez Gigante, os poliedros de Platão, o PI e o Plano Cartesiano são outras atrações. No Mural da Ilusão de Ótica, os visitantes poderão aprender conceitos como os de anamorfose – representação de figuras que, quando observadas frontalmente, parecem distorcidas. Na Sala Maluca e com o experimento Olhar de Escher, descobrem  que algumas percepções dependem do ponto de vista.

A relação entre a música e a matemática poderá ser observada em experimentos como a Flauta de Pan e o Xilofone de Garrafas. Os ângulos e formas na propagação das ondas de som ou de luz poderão ser observados em experimentos como as Parábolas Acústicas.

O Dia Nacional da Matemática é uma homenagem ao matemático e educador brasileiro Júlio César de Mello e Sousa, mais conhecido como Malba Tahan. Ele usava histórias, jogos, problemas e desafios para tornar a matemática mais interessante para os seus alunos. Publicou diversas obras, sobretudo de Matemática, das quais a mais conhecida é “O homem que calculava”.

maio
2

Espaço Ciência tem programação nesta sexta para celebrar Dia do Pau-Brasil

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags ,

Escolas e visitantes que forem ao Espaço Ciência (Olinda) nesta sexta-feira (03), poderão participar de uma programação especial para celebrar o Dia do Pau Brasil. Os visitantes conhecerão um pouco mais sobre a espécie e poderão, inclusive, aprender como extrair o pigmento usado para tingir tecidos, que era tão valorizado quando os europeus chegaram ao Brasil. Cada escola visitante levará consigo uma muda de Pau-Brasil, para ser plantada na instituição.

A árvore que deu nome ao nosso país já foi considerada extinta até ser redescoberta em 1928. O pernambucano João Vasconcelos Sobrinho tinha 20 anos e estava concluindo a sua formação em Engenharia Agronômica quando, junto com o botânico alemão Dom Bento Pickel, encontrou espécies remanescentes no Engenho São Bento, em São Lourenço da Mata.

O local transformou-se, anos depois, na primeira estação ecológica do país: a Estação Ecológica de Tapacurá, que abriga um bosque com mais de 500 exemplares de Pau-Brasil e realiza atividades de produção de mudas de espécies da Mata Atlântica.

Presente na lista oficial da flora brasileira ameaçada de extinção, desde 1992, o Pau-Brasil é originário da Mata Atlântica. Ele floresce entre setembro e outubro e frutifica de novembro a janeiro. Em 1961 foi declarada árvore símbolo nacional. Em 1972, árvore nacional.

abr
12

Espaço Ciência abre no domingo a Semana dos Povos Indígenas

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags ,

O Espaço Ciência, em Olinda, realiza neste domingo (14) a abertura da Semana dos Povos Indígenas. Com participação especial de um grupo da etnia Fulni-ô, de Águas Belas, a programação inclui oficinas, sessões especiais no Planetário sobre as constelações indígenas, apresentações culturais e rodas de conversa. O evento se estenderá até a próxima quarta-feira (17).

No Planetário os visitantes poderão conhecer um pouco sobre algumas das constelações indígenas, como a Constelação da Ema, do Homem Velho e do Boitatá, entre outras. A astronomia indígena também é o mote da oficina “Observando o Céu de Índio”. Nela, os visitantes poderão construir observatórios indígenas e entender como os povos originários se guiavam pelo céu e pelas estrelas.

Em outras oficinas será possível fabricar tinta de urucum para fazer pinturas corporais; aprender sobre a confecção de remédios com plantas nativas ou participar de uma brincadeira tipicamente indígena: o Adugo ou Jogo da Onça. Quem vier para a abertura, no domingo (14), poderá confeccionar seus próprios Muiraquitãs. Trata-se de artefatos, em formato de sapos, que eram utilizados como amuletos por povos Tapajós da Amazônia.

Mas a principal atração da Semana dos Povos Indígenas fica por conta do grupo da etnia Fulni-ô, de Águas Belas. Além de assistir a apresentação dos indígenas, a meninada poderá entrar na roda de Toré e conversar com o grupo sobre seus costumes, rotina e cultura.

mar
23

Espaço Ciência abre inscrições para o 4º Torneio Virtual de Ciência

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags , ,

O 4º Torneio Virtual de Ciência, promovido pelo Espaço Ciência – Museu Interativo de Ciência do Estado de Pernambuco, em Olinda, está com inscrições abertas no site www.espacociencia.pe.gov.br, onde também podem ser obtidas outras informações. 

A competição é realizada por meio de ferramentas digitais e plataformas da Internet. A cada mês, os participantes recebem diferentes desafios, que propõem uma atividade experimental a partir de questões relacionadas a ciência e problemas do cotidiano.

Os participantes conduzem a pesquisa ou atividade, gravam em vídeo, postam no YouTube e o link é enviado para a organização do Torneio. Os vídeos são postados na fanpage do TVC e recebem uma pontuação da equipe avaliadora. São sete desafios, em diferentes áreas do conhecimento.

A disputa vale para estudantes do ensino fundamental 2 e ensino médio. Cada escola pode inscrever até cinco grupos, de séries diferentes. A inscrição deve ser feita no nome de um professor e dois alunos, mas toda a turma pode participar do processo. 

mar
21

Estudantes participam de programação em comemoração ao Dia Mundial da Água, na Compesa e Espaço Ciência

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eventos     Tags , ,

Com uma programação socioeducativa e lúdica pensada para levar os estudantes a reflexão do direito humano ao acesso à água e ao saneamento, assim como da importância da preservação da água, a Compesa celebra o Dia Mundial da Água até o final deste mês. A data será comemorada oficialmente amanhã 22. 

Em parceria com o Espaço Ciência também está sendo realizado o Roteiro da Água, uma visita “dobradinha” ao Universo Compesa e ao Espaço Ciência, localizado no Memorial Arcoverde, no Complexo de Salgadinho, em Olinda. Em um único turno, os alunos conhecem os dois espaços com o objetivo de ampliar o conhecimento sobre o uso racional da água.

No Espaço Ciência eles participam de atividades como circuito ambiental, experimentos interativos e passeios de barco. O Roteiro da Água terá continuidade hoje (21), envolvendo a participação de 400 alunos da rede pública de ensino. Ainda por meio do Espaço Ciência, foram disponibilizados ônibus para o transporte dos estudantes ao Roteiro da Água.

Foto: Compesa

fev
7

Amanhã à tarde tem prévia carnavalesca no Espaço Ciência

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Carnaval     Tags , , ,

Nesta sexta-feira (08) tem Carnaval no Espaço Ciência, no Complexo de Salgadinho em Olinda. Lá, vai acontecer uma prévia carnavalesca com muito maracatu, oficina de percussão e exposição de bonecos cientistas gigantes. A programação terá início às 14h.

A prévia será realizada em parceria com o Maracatu Real da Várzea. Na oficina, os foliões participantes poderão aprender sobre cada instrumento: alfaias, caixas de guerra, gonguês, ganzás, agbês e timbal. Além de conhecer a maneira de tocar e os sons produzidos, eles conversarão sobre o significado de cada instrumento para a cultura de matriz africana.

Na recepção do Museu, o público poderá conferir a exposição dos bonecos cientistas gigantes. Estarão lá os geógrafos Aziz Ab’Saber e Milton Santos; a médica Naíde Teodósio, o químico Ricardo Ferreira, o físico José Leite Lopes, a psiquiatra Nise da Silveira, o físico alemão Albert Einstein e do biólogo britânico Charles Darwin.

Às 15h30, alguns deles sairão em cortejo com o maracatu. O Maracatu Real da Várzea completou 21 anos em dezembro de 2018. É um projeto social, sem fins lucrativos, que tem como principal objetivo difundir ritmos afro-brasileiros.

fev
1

Festival vegano acontece amanhã no Espaço Ciência

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eventos     Tags , , ,

Neste sábado (02), acontece no Espaço Ciência o I Festival Vegano 2019, promovido pela Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB Recife). O evento será das 10h às 17h e é gratuito. A programação inclui demonstrações culinárias, mesa-redonda e feira de produtos veganos. 

Produtores locais e pequenas empresas irão comercializar produtos veganos, em 20 estandes armados no local. São alimentos como cachorro quente, com salsicha de grão de bico; queijos, requeijões e manteigas; hambúrgueres, brownies, bolos, cupcakes e pavês; bebidas, cosméticos, artigos de higiene e de limpeza, entre outros. Tudo feito sem qualquer derivado animal. 

Das 13h às 15h, haverá demonstrações culinárias, que ocorrerão no Laboratório de Delícias – na Área Água do Espaço Ciência. Além de aprender com a demonstração, os participantes também poderão degustar as iguarias servidas.

A primeira delas fica por conta de Aline Nunes, do Janela Aberta Cozinha-Vivenda do Amor, em Olinda. Ela vai ensinar a fazer miniburguinhos coloridos e milk-shake de chocolate sem utilizar nenhum derivado animal.
Responsável pela segunda demonstração, Nina Burkhardt, da Crânio Verde Confeitaria, vai mostrar como fazer um brownie com sorvetes veganos.

Fechando a programação do dia, uma mesa-redonda sobre ‘Veganismo e contexto social: tecendo conexões’ reunirá acadêmicos e ativistas como Francisco Matos, Luciana Uchôa, e Vivian Matias.

O Espaço Ciência fica no Parque Memorial Arcoverde, Complexo de Salgadinho – Olinda. O acesso é gratuito. Excepcionalmente neste sábado (02), o Museu Interativo de Ciência de Pernambuco estará aberto das 10h às 17h para abrigar o Espaço Vegano.

jan
2

Começam hoje as oficinas de férias no Espaço Ciência, em Olinda

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eventos     Tags , ,

A partir de hoje, dia 02 de janeiro de 2019, serão iniciadas 22 oficinas de férias no museu do Espaço Ciência, em Olinda. Têm opções para todos os gostos: jogos com matemática, experimentos interativos com Química e Física, atividades em biologia e astronomia, arte e brincadeiras populares.

Para participar das oficinas não é necessário se inscrever. Basta chegar um pouco mais cedo e pegar uma senha na recepção do Espaço Ciência, funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h, no Complexo de Salgadinho. Nos sábados e domingos o equipamento funciona das 13h30 às 17h.

Confira as oficinas:

  • 1. Brincando com as operações: A oficina tem o objetivo de forçar a mente dos participantes para resolver pequenos questionamentos matemáticos com as quatro operações.
  • 2. Lançamento de Foguetes: O objetivo é construir e lançar um foguete a base de água com garrafa pet e papelão.
  • 3. Na Trilha dos Biomas: Apresenta tipos de solo, vegetação e os biomas do Nordeste.
  • 4. Vida de Inseto: Apresenta algumas espécies de insetos, além de confecção de inseto com materiais reciclados.
  • 5. Revivendo o Movimento Armorial: Oficina tem a proposta do processo criativo inspirado no próprio Movimento Armorial.
  • 6. Hora do Código: A oficina pretende repassar que a ciência da computação é divertida, criativa e acessível a todas as idades.
  • 7. Leitura pelas Mãos: Ensinará como o braille funciona e tentará abrir as mentes para que as crianças se  adaptem às diferenças.
  • 8. Fazendo Sabão: Objetivo é mostrar como fazer sabão com óleo de cozinha usado.
  • 9. Geometria Espacial: Objetivo é a compreensão das propriedades básicas das figuras planas e dos sólidos geométricos, a partir da montagem de poliedros.
  • 10. Desvendando a ciência com experimentos: Pretende demonstrar alguns eventos ou reações que acontecem constantemente ao nosso redor.
  • 11. Montando Robô: Voltada para o aprendizado e aproximação dos alunos com a área de robótica.
  • 12. Vamos Brincar na Rua?: O objetivo é restaurar a prática de antigas brincadeiras, como jogo da peteca, pular corda, boca de forno, sete pecados, morto-vivo, corrida de saco e outras.
  • 13. Se virando para se divertir com a ciência: Oficina consiste de experimentos e atividades lúdicas para resolver alguns problemas de maneira mais fácil e mais divertida.
  • 14. Bioplástico: Oficina consiste em discussão sobre o consumo de plásticos e seus impactos no meio ambiente, por meio da confecção de um bioplástico.
  • 15. Palavras Cruzadas: Objetivo da oficina é levar os participantes a solucionarem um caça palavras gigante respondendo perguntas científicas.
  • 16. CSI – Investigação: Os participantes serão detetives na investigação de um crime com uso da Ciência, sobretudo da Química.
  • 17. Geleca Científica: Participantes poderão aprender a história da criação da borracha sintética e suas características químicas enquanto produzem a sua própria geleca.
  • 18. Resolvendo o Cubo Mágico: Oficina tem o objetivo de ensinar as pessoas a resolverem o cubo mágico utilizando algoritmos e métodos matemáticos.
  • 19. Química nas Férias: A oficina mostra que a química está presente em quase tudo, com experimentos feitos com materiais simples e de fácil acesso.
  • 20. Tangram de Papelão: Leva os visitantes a trabalhar o raciocínio lógico matemático de percepção de figuras geométricas e topologia.
  • 21. Como funciona o Telescópio?: Os visitantes poderão entender o funcionamento do telescópio e sua importância para as descobertas da astronomia.
  • 22. A dinâmica do Planeta: Oficina retrata os diferentes tipos de minerais do planeta e como eles são formados.
nov
28

Vencedores do Torneio Virtual de Ciência serão premiados em Olinda

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags , ,

Com a presença de estudantes de escolas das várias regiões do estado, o Espaço Ciência, em Olinda, realiza na próxima sexta-feira (30), a solenidade de encerramento do Torneio Virtual de Ciência. O torneio, iniciado em março, mobilizou quase 200 grupos do Fundamental 2 e Ensino Médio, em escolas da Região Metropolitana, Zona da Mata, Agreste e Sertão. Na sexta-feira, a partir das 9h, serão premiados os três primeiros colocados de cada série e de cada região.

A disputa durou o ano inteiro. Foram sete desafios que, lançados mensalmente, convidavam os participantes a realizarem experimentos, pesquisas e campanhas que envolviam não apenas a turma, mas toda a escola e, muitas vezes, até a comunidade do entorno.

Todos os desafios tinham de ser filmados pelos participantes, postados no Youtube e os links enviados para a organização do Torneio. Isso gerou também uma disputa nas redes sociais, onde os vídeos eram compartilhados.

Os desafios são interdisciplinares e envolvem áreas como biologia, física, robótica, astronomia, química e matemática. Além dos já citados, as propostas envolveram experimentos que estimassem a quantidade de energia solar enviada todo mês para Pernambuco, estatísticas da Copa do Mundo, uso da Robótica para solução de problemas e lançamento de foguetes.

Entre os premiados, as escolas do Sertão se sobressaíram no Ensino Médio. Já no Fundamental, as melhores colocações na classificação geral foram distribuídas entre as regiões Metropolitana, Zona da Mata e Agreste.

out
11

Começa na segunda-feira a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia

A partir da próxima segunda-feira (15), tem início a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), com atividades de popularização científica em todo o país. Este ano o evento terá como tema a “Ciência para Redução de Desigualdades”. Em Pernambuco a  SNCT é coordenada pelo Espaço Ciência, mas acontecerá, de forma integrada, em dezenas de municípios e instituições do Estado.

 A abertura oficial será realizada no município de Pesqueira, Agreste pernambucano, na segunda-feira (15). Mas, já amanhã (12) e no sábado (13), a cidade de Bezerros sediará o Encontro de Astronomia do Nordeste.

Em várias cidades haverá feiras e mostras de Ciências, palestras, oficinas, minicursos e outras atividades. Três Caravanas da Ciência percorrerão municípios como Pesqueira, Arcoverde, São Vicente Férrer, Timbaúba, Lagoa do Carro, Macaparana, Ipojuca, Garanhuns, Itacuruba, Macaparana, Ouricuri e Araripina.

A Caravana da Astronomia, promovida pela UFRPE, com o projeto Desvendando o Céu Austral, garante oficinas de confecção e lançamento de foguetes, além de observação dos astros com lunetas e telescópios.

O Ciência Móvel, ação itinerante do Espaço Ciência, levará aos municípios dezenas de experimentos científicos interativos. A terceira Caravana inclui o Planetário e os Notáveis Cientistas de Pernambuco, uma ação que ajuda a popularizar o conhecimento produzido por cientistas pernambucanos.

O Espaço Ciência também produziu trinta exemplares da exposição “Ciência contra a Desigualdade”, que foram distribuídos entre polos nas várias regiões do Estado. A exposição utiliza experimentos e atividades interativas para estimular a reflexão e debate sobre temas como as desigualdades de renda, gênero e raça e o papel da Ciência neste cenário.

O encerramento oficial da SNCT-PE será no município de Macaparana, na Zona da Mata Norte. Mas, algumas ações serão realizadas posteriormente em municípios como Araripina, Ouricuri e Lajedo.

set
4

Oficinas movimentam o Espaço Ciência nesta Semana da Astronomia

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eventos     Tags , ,

Neste mês dedicado à Astronomia, o Espaço Ciência e o Observatório da Sé, em Olinda, tem uma série de atividades. Em parceria com o Observatório Nacional e com o projeto “Desvendando o Céu Astral”, da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), a programação inclui 20 atividades, entre oficinas e observação dos astros. A programação acontece até a próxima quinta-feira, dia 06 de setembro.

A meninada poderá construir e lançar foguetes de garrafa pet, montar lunetas e telescópios, descobrir sobre o nascimento, vida e morte do Sol, descobrir que as estrelas que marcam os Estados da Federação na bandeira do Brasil são, na verdade, posicionadas segundo o mapa do céu da época e encontrar os paralelismos entre constelações e regiões do país.

A partir do conhecimento dos povos antigos, será possível construir um observatório para acompanhar a mudança das estações, ou um relógio orientado pela posição do Sol e das estrelas. Em outra oficina, os participantes descobrirão possibilidades e limites nas várias dimensões espaciais e entenderão o que se quer dizer com curvatura do Espaço.

Brincar de esconde-esconde com planetas, observar as fases da Lua, conhecer as constelações de povos originários, mais precisamente dos Tupi-Guarani são outras atividades que acontecem no Espaço Ciência. Outra dica é usar o programa Universe Sandbox 2 para simular possibilidades na organização do Espaço e perceber como tudo está ligado.

Também haverá telescópios e lunetas disponíveis para observação do Sol e, em alguns horários, também da Lua. O Espaço Ciência funciona no Parque Memorial Arcoverde (Complexo de Salgadinho), em Olinda, das 8h às 12h e das 13h às 17h.

ago
1

Ciência Jovem recebe projetos de estudantes e professores de todo o país

Estão abertas, até o dia 31 de agosto, as inscrições de projetos para a 24ª Feira Internacional de Ciências de Pernambuco (24ª Ciência Jovem), que se destaca no cenário nacional como uma das grandes oportunidades para professores e estudantes dos ensinos Infantil, Fundamental e Médio do Brasil e de outros países compartilhem as pesquisas e projetos desenvolvidos na escola.  Este ano, a Feira será realizada de 07 a 09 de novembro, no Shopping RioMar.

As inscrições são realizadas por meio de formulário online disponível no site: www.espacociencia.pe.gov.br. São cinco categorias: Iniciação à Pesquisa, para alunos da Educação Infantil e Fundamental 1; Divulgação Científica, para estudantes do Fundamental 2; Incentivo à Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico, voltadas ao Ensino Médio; e Francis Dupuis, para projetos do exterior. Além disso, educadores podem inscrever projetos na categoria Educação Científica e compartilhar experiência pedagógicas bem sucedidas.

Cada escola pode inscrever até dois projetos, em categorias diferentes. Cada projeto deve ser representado por um professor e dois alunos. Todos os inscritos serão submetidos a uma seleção, cujos resultados serão divulgados no dia 20 de setembro.

O Espaço Ciência não cobra taxa de inscrição, mas será de responsabilidade de cada equipe inscrita os custos com transporte, alimentação e hospedagem. Haverá uma ajuda de custo, que será fornecida para uma escola pública selecionada em cada Estado brasileiro fora de Pernambuco.

maio
31

Poluição plástica é tema da Semana do Meio Ambiente no Espaço Ciência

A poluição plástica é o mote da programação da Semana do Meio Ambiente no Espaço Ciência, em Olinda. Da próxima segunda (04) a sexta-feira (08), serão mais de dez oficinas, além das atrações permanentes e atividades oferecidas pelos parceiros.

Entre os destaques, está o retorno do VEGCiência, demonstrações culinárias com alimentação saudável, promovido pela Faculdade Santa Helena e a Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB-Recife).

Entre as atrações permanentes é possível visitar a Trilha Ecológica, conhecer o Observatório de Aves e fazer um passeio no barco movido à energia solar pelo espelho d’água ou pelo manguezal. Uma novidade é o Espaço Agroecológico, fruto de parceria entre o Espaço Ciência e o Serviço de Tecnologias Alternativas (Serta).

Confira as oficinas e faixas etárias:

  • Plástico: um vilão na natureza? (Infantil, Fundamental 1 e 2): Peça interativa que demonstra os efeitos da poluição no ciclo da vida.
  • Gincana Ecológica (Público geral): Jogo que trabalha a coleta e separação de resíduos.
  • Poluição Líquida (Fundamental 1 e 2): Por meio de experimento, é possível verificar efeitos do derramamento de óleo.
  • De Chico ao mangue (Fundamental 1 e 2): Oficina que relaciona a história e musicalidade de Chico Science ao ecossistema do mangue.
  • Pet na horta (Fundamental 1, 2 e Ensino Médio): Reciclagem de garrafa pet para plantação.
  • Power Boats (Fundamental 1, 2 e Ensino Médio): Efeitos da poluição hídrica e uso de fontes de energia por meio da construção de barcos.
  • O que tem nessa água? (Público geral): Análise das águas do manguezal.
  • Materiais não recicláveis, fazer o quê? (Infantil, Fundamental 1 e 2): Utilização de material plástico para artesanato.
  • Fumaça de plástico: o que causa? (Fundamental 2 e Ensino Médio): Experimento que mostra os efeitos da queima de plásticos.
  • Biodegradando Plástico (Público geral): O objetivo é construir um ambiente favorável para larvas e observar se elas conseguem degradar plástico.
  • Pet Biju (Fundamental 2 e Ensino Médio): Criação de bijuterias com a utilização de garrafas pets.
  • Design de interiores sustentável (Fundamental 1, 2 e Ensino Médio): Reciclagem de garrafa pet para construção de poltronas, cortinas, quadros e outros objetos para a casa.
maio
18

Espaço Ciência promove encontro para comemorar, amanhã, o Dia do Físico

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags , ,

O Espaço Ciência comemora amanhã (19), o Dia do Físico, com um encontro de físicos e físicas no Museu. Grandes cientistas da área confirmaram presença, como no caso de Sérgio Rezende, ex-ministro de Ciência e Tecnologia; Sandra Vianna, Alexandre Ricalde, Nadja Bernardes e Mauro Copelli, do Departamento de Física da UFPE; e Antônio Carlos Miranda, astrofísico da UFRPE.

O Dia do Físico é uma alusão ao ano em que Albert Einstein publicou os cinco artigos que mudaram a Física do século XX: 1905, cujos algarismos, separados, remetem à data de 19 de maio.

O Espaço Ciência estará aberto das 13h30 às 17h. Cientistas, estudantes e interessados pela área que vierem celebrar a data no Espaço Ciência poderão interagir com os diversos experimentos de física que existem no Museu e bater um papo sobre ciência, entre si ou com os visitantes. Também poderão trazer experimentos ou realizar outras atividades com o público.

abr
16

Começa hoje a “Semana dos Povos Indígenas” no Espaço Ciência

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eventos     Tags , ,

De  hoje (16) até a próxima sexta-feira (20), acontece no Espaço Ciência, no Complexo de Salgadinho, em Olinda, a Semana dos Povos Indígenas. A programação ocorre também no Observatório Astronômico da Sé (Alto da Sé), onde será possível, entre outras coisas, participar da observação de constelações indígenas.

No Espaço Ciência os visitantes poderão dançar Toré com os povos Fulni-ô, construir uma zarabatana, confeccionar pinturas corporais ou cerâmicas com argila, participar de brincadeiras indígenas, descobrir a física que se esconde por trás do arco e flecha, aprender a se guiar pelo céu e pelas estrelas. 

Um dos destaques da programação são as apresentações culturais e bate-papo com um grupo dos Povos Fulni-ô, de Águas Belas, parceiros do Espaço Ciência. Além das apresentações, eles estarão vendendo artesanato. Para consolidar a parceria, o Espaço Ciência está arrecadando alimentos não perecíveis para contribuir com a comunidade indígena.

Até sexta-feira (20), serão seis diferentes oficinas. Os visitantes poderão construir observatórios indígenas e entender como os povos antigos se guiavam pelo céu e pelas estrelas. Poderão fazer tinta de urucum para pinturas corporais. Ou meter a mão no barro enquanto descobre sobre a arte da cerâmica e pigmentação indígena.

Outra opção é aprender sobre a produção de remédios com plantas e sobre a química das especiarias. Já na oficina “Demarcando Terras Indígenas”, que acontece no Mapa Gigante do Museu, os visitantes perceberão como os territórios indígenas foram progressivamente reduzidos.

As brincadeiras são outro ponto forte da programação. A meninada poderá se divertir em jogos como o “Jogo da Onça”, “Futebol Indígena”, “Corrida da Tora” e o popular “Cabo de Guerra”. Poderá também construir uma zarabatana e aprender o quanto há de física em armas indígenas como o arco, flecha e estólica.

O funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h; e nos fins de semana, das 13h30 às 17h.

jan
8

Espaço Ciência oferece extensa programação de férias

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Cursos     Tags , , ,

A programação de férias do Espaço Ciência (Complexo de Salgadinho), em Olinda,  inclui mais de 30 oficinas e atividades distribuídas ao longo deste mês de janeiro de 2018. Em média são oferecidas duas a três oficinas por dia, cada uma delas com 25 vagas. Os interessados devem adquirir senha na Recepção, assim como senhas para as sessões de Planetário e passeio de barco. 

O Espaço Ciência e o Museu Interativo de Ciência de Pernambuco funcionam no Parque Memorial Arcoverde, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h. Nos finais de semana, das 13h30 às 17h. A entrada no Museu é gratuita e limitada até 16h. 

Confira as atividades programadas:

  • 1. Montando um barco de Motor Elástico (5 a 10 anos): visitantes serão convidados a construir um barco com materiais recicláveis e perceber como atua a força elástica na movimentação dos remos, unidos por uma liga.
    2. Damas recicláveis (7 a 13 anos): participantes construirão um Jogo de Damas com materiais recicláveis para se divertir com este jogo de estratégias.
    3. Brincando com Edição de Fotos (10 a 14 anos): noções de edição de fotografias com uso do Photoshop
    4. Aprendendo a voar (a partir de 7 anos): que tal fabricar o seu avião-pipa e aprender um pouco sobre a história da aviação e aerodinâmica?
    5. Oficina de Nós (7 a 11 anos): o grupo “Escoteiros do Mar Duarte Coelho” ensina a fazer diferentes tipos de nós e explica a utilidade de cada um deles
    6. Pioneira (11 a 16 anos): grupo “Escoteiros do Mar Duarte Coelho” faz montagem de estruturas com bambus ou bastões de madeira
    7. Aventura pelo Corpo Humano (7 a 12 anos): Na oficina os participantes descobrirão, de forma prática e divertida, sobre o funcionamento dos pulmões, a dureza dos ossos, os batimentos do coração, os cromossomos e a genética.
    8. CSI- Investigação Criminal (a partir de 6 anos): cada participante se transforma em um perito e ajudará a elucidar um crime, coletando impressões digitais, utilizando reagentes para observação, realizando extração de DNA, identificando manchas de sangue, fazendo teste de drogas e descobrindo se houve disparo de armas de fogo.
    9. Matemágica (6 a 12 anos): aprender matemática com truques mágicos e Jogo da Memória
    10. Som no Copo (a partir dos 10 anos): com materiais recicláveis, participantes fabricarão amplificadores de som do celular e aprenderão sobre difração sonora
    11. Brincando com os 3 R´s (a partir de 8 anos): em uma gincana divertida, os visitantes são estimulados a separar e reaproveitar o lixo.
    12. Arco-iris: Branco ou Colorido? (a partir de 8 anos): construção de um disco de Newton e perceber como as cores se misturam e separam.
    13. Criando Mudas (Livre): Na oficina, os participantes aprenderão a construir mudas. Importante que cada um traga o seu recipiente reciclado ou reutilizado.
    14. Construindo pilhas a partir de alimentos (a partir de 10 anos): participantes construirão pilhas usando moedas, parafusos e restos de alimentos.
    15. Pesque e Aprenda (4 a 12 anos): visitantes poderão pescar um peixe no espelho d’água, aprender um pouco sobre ele e depois devolvê-lo ao habitat.
    16. Diversão com Areia Cinética (a partir de 8 anos): os participantes constroem uma areia cinética, daquelas que é possível moldar e dar formas, e aprendem sobre as propriedades de sólidos, líquidos e gases.
    17. Introdução à Robótica (9 a 14 anos): Venha fazer circuitos eletrônicos por meio da plataforma Arduíno.
    18. Sinais de Pista (11 a 16 anos): Ministrada pelo grupo “Escoteiros do Mar Duarte Coelho”, consiste em utilizar objetos encontrados no local para sinalizar trilhas.
    19. Enxergando e entendendo as partes da célula (a partir de 7 anos): que tal observar células ao microscópio e realizar atividades interativas sobre isso?
    20. Comida Mateira (11 a 16 anos): grupo “Escoteiros do Mar Duarte Coelho” ensina novas estratégias para preparar comida em acampamento.
    21. Jardim Sensorial (6 a 10 anos): Que tal aprender sobre as plantas usando cada um dos órgãos sensoriais?
    22. Semáfora (11 a 16 anos): oficina do grupo “Escoteiros do Mar Duarte Coelho” vai ensinar a usar bandeiras de sinalização e enviar mensagens a longas distâncias.
    23. Brincando de programar (10 a 14 anos): Com um software didático, os participantes têm noções de programação e criação de games.
    24. Plantando girassóis (6 a 10 anos): meninada vai fazer arte e plantar girassóis.
    25. Foguete de garrafa pet (7 a 14 anos): construção e lançamento de foguete feito de garrafa pet.
    26. Observatório indígena (7 a 12 anos): como os povos antigos acompanhavam as estações do ano? Venha construir o seu próprio Observatório Indígena.
    27. Relógio solar (8 a 14 anos): construa o seu relógio solar e aprenda a saber as horas apenas pela posição do Sol.
jan
2

Espaço Ciência abre nesta terça-feira a temporada de férias 2018

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eventos     Tags , ,

“Minha Casa tem Ciência?” É esta pergunta que nomeia a exposição que será inaugurada pelo Espaço Ciência nesta terça-feira, dia 02 de janeiro de 2018. Em cada um dos ambientes, o visitante vai descobrir que o lar é um laboratório científico. A mostra é o destaque da programação de férias do Museu, que conta ainda com mais de 20 oficinas, além das atividades e acervo permanentes.

A exposição é composta por sala, quarto do casal, quarto da criança, cozinha, banheiro e lavanderia. Em cada ambiente é possível perceber o quanto estamos sempre rodeados de Ciência: na composição química dos produtos de higiene e de limpeza; nos tipos de fibra que formam cada vestimenta; nos pigmentos que compõem as tintas da parede; nos alimentos que preparamos e comemos; e até nas fezes deixadas no vaso sanitário.

Para mostrar isso, a exposição utiliza vídeos, jogos, brincadeiras e experimentos. O visitante pode, por exemplo, deitar na cama do casal e assistir um vídeo que mostra a química do amor. Ou se divertir cantando no chuveiro, em um karaokê que fala de Ciência em divertidas paródias. E que tal escrever com uma tinta invisível? Ou medir o pH dos produtos de higiene?

Férias – Além das exposições e atrações permanentes do Museu, a programação de férias do Espaço Ciência inclui 30 oficinas e atividades distribuídas ao longo do mês. Em média, são oferecidas duas a três oficinas por dia, cada uma delas com 25 vagas. Os interessados devem adquirir sua senha na Recepção, assim como senhas para as sessões de Planetário e passeio de barco.

O Espaço Ciência funciona no Parque Memorial Arcoverde (Complexo de Salgadinho), em Olinda, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h. Nos finais de semana, das 13h30h às 17h. A entrada no Museu é gratuita e limitada, até 16h.

set
11

Semana de Astronomia é comemorada no Alto da Sé, em Olinda

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eventos     Tags , , ,

observatório do Alto da Sé

O Observatório da Sé, no Alto da Sé (Olinda) e o Espaço Ciência festejam desta segunda (11) até a próxima sexta-feira (15), a Semana de Astronomia. Durante cinco dias, acontecerão oficinas, lançamento de foguetes e observação do céu. Este ano, o evento tem como mote o conhecimento dos povos antigos e indígenas. A entrada é gratuita.

Os aspectos da astronomia serão abordados em diferentes oficinas. A teoria da gravitação universal poderá ser compreendida a partir da construção de um modelo de poço gravitacional que simula a deformação da estrutura do espaço–tempo a partir de um corpo denso. A atividade será realizada no Espaço Ciência (Complexo de Salgadinho) e no Observatório do Alto da Sé.

Outra opção é conhecer as fases e movimentos da Lua, em demonstração realizada no Espaço Ciência. No Observatório da Sé será possível construir um espectroscópio caseiro, instrumento destinado a separar os componentes de um espectro óptico e que ajuda cientistas a descobrir a composição química dos planetas e estrelas.

A observação do céu é outra atração. Tanto no Espaço Ciência quanto no Observatório da Sé, a observação do Sol poderá ser feita a partir de telescópio equipado com filtro.

Na Alto da Sé o visitante também poderá observar a Lua (que estará na sua fase minguante) e planetas como Saturno, Mercúrio e Júpiter. Dentre as constelações, as mais visíveis serão o Cruzeiro do Sul, Centauro, Escorpião, Virgem, Boieiro, Coroa Austral, Triângulo Austral, Lobo e Compasso.

A montagem e lançamento de foguetes são outras atrações. Quem participa da programação, tanto no Espaço Ciência quanto no Observatório da Sé, é o professor Antônio Carlos Miranda, da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Ele é responsável pelo projeto “Desvendando o Céu Austral”, que ajuda a popularizar o conhecimento astronômico no Estado. 

O Observatório do Alto da Sé está aberto a partir de amanhã (12). Funciona de terça-feira a domingo, de 16h às 20h. Já o Espaço Ciência funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h. Aos sábados e domingos, das 13h30 às 17h.

Carnaval 2020

Está chegando o Sábado de Carnaval22 de fevereiro de 2020
274 dias restantes.

Paixão de Cristo 2019

Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 401 outros assinantes

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog:

Olinda Hoje

%d blogueiros gostam disto: