Navegando todos os artigos com a tag Filiação
jan
11

Armando Monteiro deve ir para o PSDB

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Política     Tags , ,

Sem partido desde a campanha municipal de 2020, o ex-senador Armando Monteiro Neto já está com os dois pés no PSDB, legenda presidida nacionalmente pelo pernambucano Bruno Araújo. Armando militou por muito tempo no PTB, partido pelo qual foi eleito senador e disputou o Governo do Estado.

O ex-senador deve decidir o seu destino partidário até o final deste mês de janeiro. Uma coisa é certa: será um partido sem alinhamento com os governos federal e estadual. Essa definição já foi anunciada por Armando, que também recebeu convites do MDB, Democratas, Cidadania e Podemos.

 

jan
13

Aliança Pelo Brasil fará campanha de coleta de assinaturas no Recife

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Brasil     Tags , ,

Na corrida para a criação do partido Aliança pelo Brasil até março, prazo estabelecido para disputar as eleições municipais em outubro, os bolsonaristas realizarão eventos para coletar assinaturas físicas em todo o Brasil. No Recife, a ação será realizada no dia 1º de fevereiro, em local que será definido nesta segunda-feira (13).

O presidente Jair Bolsonaro pretende gravar vídeos e fazer transmissões ao vivo para estimular os militantes durante os dias de coleta. O Aliança pelo Brasil já conta com cerca de 200 mil assinaturas registradas em cartório, mas precisa de 492 mil, no mínimo, para ganhar o registro na Justiça Eleitoral.

O presidente da Empresa Brasileira de Turismo (Embratur), Gilson Machado Neto, que será presidente do partido em Pernambuco, está articulando para conseguir trazer Bolsonaro ao Recife no dia da ação. A informação é do coronel Luiz Meira, que atua como um dos coordenadores do partido no Estado. 

Os eventos começam no dia 18 de janeiro, com Brasília (DF) e João Pessoa (PB). No Nordeste, a programação segue em Natal (20), Salvador (25), Teresina (26) e São Luiz (31). O Recife abre a agenda de fevereiro (1º) na região, seguido por Aracaju (02). Além da instalação de pontos físicos para coleta, existe a estratégia de mobilizar voluntários para disseminar informações nas redes sociais.

 

nov
21

Filiação de dono do Shopping Patteo ao MDB acontece amanhã à noite

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags , ,

Amanhã (22) à noite, o presidente do MDB-PE, deputado federal Raul Henry, assinará a ficha de filiação do empresário Celso Muniz Filho. O ato será realizado no Hotel Costeiro (Avenida Ministro Marcos Freire, 681), no Bairro Novo. Executivo do Grupo Celso Muniz, que administra os shoppings Patteo e Boa Vista, o empresário vai representar a sigla na disputa pela Prefeitura de Olinda, em 2020.

Muniz tem o apoio de um grupo de empresários do ramo da construção civil e do setor de serviços, além de vários profissionais liberais da cidade. O pré-candidato diz que escolheu o MDB pela história do partido e por suas lideranças.

“O MDB é um partido de referência nacional, de luta democrática. Eu me sinto extremamente confortável caminhando ao lado dos senadores Jarbas Vasconcelos e Fernando Bezerra Coelho, além do deputado federal Raul Henry. Vamos mudar a forma de fazer política em Olinda”, promete Muniz.

“É uma satisfação receber em nossos quadros uma pessoa como Celso Muniz, que é exemplo de trabalho, de geração de emprego e de renda. Ele representa a renovação para Olinda”, prevê Raul Henry.

ago
16

Márcio Barbosa acusa o PCdoB de partido preconceituoso

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags , , ,

O vereador Márcio Barbosa, expulso do PCdoB olindense por infidelidade partidária, afirmou que o partido é racista e preconceituoso. “Eles não gostam de pobre, de negro e de quem tem opinião própria, diferente”, disse.

O parlamentar, que antes de ingressar no PCdoB já passou pelo PAN (extinto) PP, PTB (duas vezes) e PTdoB, garante  que a sua expulsão não passa de perseguição dos comunistas. “Eles queriam me derrotar e nunca aceitaram a reeleição desse ‘negão abençoado’“.

Barbosa questiona a lisura do processo de expulsão, mas o PCdoB informou que foram dadas todas as oportunidades de defesa ao vereador. O partido informou, através de ofício assinado pelo presidente municipal, Luciano Moura, que o filiado descumpriu os artigos 39 e 40 do estatuto da legenda.

Independente – Quem conhece de perto o vereador Márcio Barbosa, sabe que ideologia não é o seu forte, não morre de paixões pelos partidos, age de forma pragmática e de acordo com as suas convicções pessoais. Não é a toa que desde 1996, quando começou a disputar eleições em Olinda, nunca concorreu duas vezes pela mesma legenda: em 1996 e 2000 disputou pelo PTB e PAN, respectivamente. Em 2004 foi eleito pelo PP; em 2008, pelo PTB; em 2012, pelo PTdoB; e em 2016, pelo PCdoB. 

Mas, desde a sua primeira eleição (2004), o parlamentar apoiou as gestões comunistas de Luciana Santos (2005-2008) e Renildo Calheiros (2009-2012 e 2013-2016). “Defendi a política do PCdoB até mesmo em situações desfavoráveis, votando contra os servidores municipais”, lembra, se dizendo injustiçado. 

O vereador diz que, por enquanto, não tem pressa para se filiar a um novo partido. Vai deixar a escolha para março de 2020.

ago
15

Vereador Márcio Barbosa é expulso do PCdoB de Olinda por infidelidade

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags , , ,

Demorou pouco o casamento do vereador olindense Márcio Cordeiro da Silva, o “Márcio Barbosa”, com o Partido Comunista do Brasil (PCdoB). Na reunião do diretório municipal, ocorrida no último dia 07 de agosto, os comunistas expulsaram sumariamente o parlamentar dos seus quadros por infidelidade partidária. Barbosa filiou-se ao PCdoB em 2016. 

Quem acompanha a trajetória do vereador, sabe que, além de uma atuação inexpressiva na Casa Bernardo Vieira de Melo, ele não está preocupado em criar raízes partidárias. A sua relação com os partidos é meramente de conveniência: filia-se à legenda onde tem mais chances de se eleger. Disputou a primeira eleição em 1996, pelo PTB; em 2000 foi candidato numa coligação do PAN (Partido dos Aposentados da Nação). Ganhou a primeira eleição em 2004, filiado ao PP; renovou o mandato em 2008, no PTB; em 2012 foi reeleito, no PTdoB; e em 2016, conquistou a reeleição no PCdoB.

O diretório municipal do PCdoB acusou o parlamentar de infidelidade partidária em duas ocasiões. No segundo turno da eleição de 2016, Márcio Barbosa descumpriu a orientação do partido para que os seus filiados se mantivessem neutros na disputa, não apoiando nem Antonio Campos (PSB), nem o Professor Lupércio (Solidariedade). Barbosa ignorou a determinação e apoiou abertamente a candidatura do Solidariedade.

Em janeiro de 2017, o parlamentar também não votou no candidato que o partido indicou para concorrer à Presidência da Câmara – o vereador Marcelo Soares (PCdoB), que tinha o aval do prefeito Professor Lupércio. Márcio Barbosa negociou o apoio ao opositor Jorge Federal (PR) e ficou com a 1ª  Vice-presidência da Câmara no biênio 2017-2018, sendo reeleito para o biênio 2019-2020.

Negativa – O vereador rejeita os argumentos para a sua expulsão. Lembra que no segundo turno da eleição de 2016, a maioria dos filiados e lideranças do PCdoB uniu-se à candidatura de Lupércio, contra Antônio Campos. “E por que só eu fui punido?”, questiona.

Quanto ao argumento de que apoiou a candidatura de Jorge Federal para a presidência da Câmara, ele nega: “montei uma chapa para concorrer e votei em mim mesmo. Depois, na composição, fiquei com a 1ª  Vice-presidência”, conta. “Na verdade, eles são elitistas, não gostam de pobres e nunca aceitaram a minha presença no partido, um ex-camelô, vendedor de capas de celular”, dispara. 

Na verdade, os comunistas aceitaram a filiação de Márcio Barbosa em 2016 mas sabiam bem com quem estavam se juntando. O vereador não tem apego a partidos, é independente demais para um partido de leninista-stalinista, que prega o centralismo democrático (sistema de organização interna no qual as divergências programáticas são debatidas em todas as instâncias e todos os membros devem cumprir a decisão partidária sob pena de sofrerem sanções, como a expulsão). Por sua vez, mesmo sabendo que “os comunistas não gostam de pobres”, o vereador se filiou ao PCdoB, por puro pragmatismo. Deu no que deu.

abr
7

Deputada Socorro Pimentel e Miguel Ricardo se filiam ao PTB

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2018     Tags , ,

O PTB de Pernambuco filiou, neste sábado (07), momentos antes de se realizar o quarto encontro do movimento “Pernambuco Quer Mudar”, em Ipojuca, a deputada estadual Socorro Pimentel e o empresário Miguel Ricardo. O ato de filiação aconteceu no Hotel Marulhos, em Porto de Galinhas. 

Na ocasião, o senador Armando Monteiro (PTB-PE) comemorou as novas filiações ao partido. “É uma honra para o partido contar com Miguel e Socorro nos seus quadros. Quero celebrar essas duas conquistas ao nosso projeto, que tenho certeza que será bem sucedido”, comentou. O deputado estadual José Humberto, presidente PTB-PE, presidiu a cerimônia e destacou a importância da chegada dos novos quadros ao partido.

Parceiro político de Miguel Ricardo, o deputado federal Jorge Côrte Real (PTB-PE) participou do evento e reconheceu a competência de Miguel. “É um jovem competente, que traz novas ideias para nosso partido”, confirmou Côrte Real. 

abr
6

João Paulo sai do PT

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2018     Tags , ,

O ex-prefeito do Recife e ex-deputado estadual João Paulo já não faz mais parte dos quadros do PT. No último dia da janela partidária, ele pulou fora e filiou-se, na manhã de hoje (06), ao PCdoB.

Ele era um dos nomes cotados para integrar a chapa majoritária, encabeçada pelo governador Paulo Câmara (PSB), mas sofreu resistências internas e resolveu se desfiliar do partido de Lula.

A possível aliança entre PT e PSB causou desconforto entre petistas que querem garantir candidatura própria. A vereadora Marília Arraes tenta viabilizar a sua candidatura e já anunciou o recolhimento de assinaturas para garantir sua postulação. Mas as negociações para a aliança entre os partidos avançam. 

João Paulo disse que deixar o PT não foi uma decisão fácil. “Foi difícil e dolorida. Apesar de chegar em uma casa onde sempre fui muito bem recebido e recebi muito carinho de todos”, comentou. O ex-prefeito afirmou que iria contribuir mais com o PT e com a luta de Lula estando no PCdoB.

out
20

FILIAÇÃO DE IZABEL URQUISA AO PSDB SERÁ NO DIA 26 DE NOVEMBRO

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2016     Tags , ,

IZANesse final de semana a advogada e suplente de deputado estadual, Izabel Urquiza (ex-PMDB), acertou com o presidente estadual do PSDB, deputado estadual Antônio Moraes, a sua filiação ao PSDB.

O ato de filiação deverá acontecer no dia 26 de novembro, na Câmara de Vereadores de Olinda, com a presença já confirmada do senador Aécio Neves, presidente nacional do partido.

Izabel é filha da ex-prefeita de Olinda, Jacilda Urquiza, e do ex-deputado estadual Hélio Urquiza. Em 2012 ela disputou a Prefeitura de Olinda pelo PMDB e obteve cerca de 88 mil votos, deixando de ir para o segundo turno com o prefeito do PCdoB por cerca de 1%.

Em 2014 candidatou-se a deputada estadual e foi a campeã de votos no município (18 mil), embora não tenha sido eleita. Izabel decidiu desligar-se do PMDB, duas semanas atrás, porque a direção estadual anulou a convenção municipal que reconduziu a sua genitora ao cargo de presidente.

A direção estadual designou um interventor (Carlos Veras) e entregou o controle do partido ao deputado estadual Ricardo Costa (PMDB), que deverá ser o candidato da legenda à Prefeitura nas eleições do próximo ano.

Jacilda recorreu à Justiça para tentar fazer valer o resultado da convenção e obteve a liminar. Mas a direção regional não vai tomar conhecimento do seu recurso.

Fonte: Blog de Inaldo Sampaio

set
25

É PRÁ TOMAR (O) PARTIDO

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2016     Tags , ,

pt3

Depois de toda a “guerra” encampada pelo deputado estadual Ricardo Costa para anular a convenção do PMDB olindense e assumir o comando da legenda no município (ou pelo menos tirá-la das mãos da família Urquisa), vem a campanha de filiação à legenda, no mínimo, infeliz. Quem vê os outdoors espalhados pela cidade, tem a impressão de que os eleitores estão mesmo sendo chamados para “tomar o partido”.

Em tom de brincadeira, uma liderança comunitária de Jardim Atlântico afirmou: “O deputado já tomou o partido de Jacilda Urquisa. O PMDB agora é dele e ele está chamando a gente prá tomar o que?”. Outro diz: Ele (Ricardo Costa) tomou o partido e agora quer que a gente tome partido”.

É gréia!

set
9

PARTIDO VERDE FAZ CAMPANHA DE FILIAÇÃO EM OLINDA

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2016     Tags , , ,

pvO diretório do Partido Verde (PV) de Olinda intensificou nos últimos dias a campanha de filiação na cidade. Espalhou diversos outdoors (com as fotos do pré-candidato a prefeito, Gustavo Rosas, e o ativista Marco Raposo) em vias de grande circulação.

No início de julho, a legenda já havia colocado diversas peças publicitárias pela cidade. Agora, com a proximidade do final do prazo de filiações para quem quer disputar as eleições do próximo ano, o partido resolveu ampliar a divulgação. As peças mais recentes foram colocadas ontem (08), na entrada de acesso ao bairro de Rio Doce.

Tem outdoors do PV, também, na Avenida José Augusto Moreira (próximo ao flat Quatro Rodas e ao supermercado Tropical), em Casa Caiada; na Avenida Presidente Kennedy, em Peixinhos; rodovia PE-15, na Cidade Tabajara; e na Avenida Carlos de Lima Cavalcanti (próximo ao Supermercado Tropical), no Bairro Novo.

 

Carnaval 2020

Está chegando o Sábado de Carnaval22 de fevereiro de 2020
O grande dia está aqui.

Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 613 outros assinantes

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog:

Olinda Hoje

%d blogueiros gostam disto: