Navegando todos os artigos com a tag Observatório
set
4

Observatório da Sé tem programação especial esta semana

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags , ,

Nesta Semana da Astronomia, os estudantes e visitantes que forem até o Observatório da Sé (Alto da Sé), em Olinda, poderão fazer a observação do céu noturno por meio de telescópios e lunetas. Entre os astros, estarão visíveis os planetas Júpiter, Saturno, Marte e Vênus.

A programação dedicada à Semana da Astronomia vai até a próxima quinta-feira (06). Além da por meio de telescópios, haverá também mostra de filmes e outras cinco diferentes atividades.

A garotada poderá jogar boliche enquanto aprende sobre os planetas, fases da Lua e movimento dos astros; descobrir sobre gravidade e energia ao equilibrar bolhas de sabão em tubos de PVC.

Os visitantes poderão, ainda, construir máscaras para observação do Sol com material reciclável, construir satélites e simular a deformação que os astros provocam no espaço-tempo. O Observatório da Sé funciona de terça-feira a domingo, das 16h às 20h.

set
4

Oficinas movimentam o Espaço Ciência nesta Semana da Astronomia

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eventos     Tags , ,

Neste mês dedicado à Astronomia, o Espaço Ciência e o Observatório da Sé, em Olinda, tem uma série de atividades. Em parceria com o Observatório Nacional e com o projeto “Desvendando o Céu Astral”, da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), a programação inclui 20 atividades, entre oficinas e observação dos astros. A programação acontece até a próxima quinta-feira, dia 06 de setembro.

A meninada poderá construir e lançar foguetes de garrafa pet, montar lunetas e telescópios, descobrir sobre o nascimento, vida e morte do Sol, descobrir que as estrelas que marcam os Estados da Federação na bandeira do Brasil são, na verdade, posicionadas segundo o mapa do céu da época e encontrar os paralelismos entre constelações e regiões do país.

A partir do conhecimento dos povos antigos, será possível construir um observatório para acompanhar a mudança das estações, ou um relógio orientado pela posição do Sol e das estrelas. Em outra oficina, os participantes descobrirão possibilidades e limites nas várias dimensões espaciais e entenderão o que se quer dizer com curvatura do Espaço.

Brincar de esconde-esconde com planetas, observar as fases da Lua, conhecer as constelações de povos originários, mais precisamente dos Tupi-Guarani são outras atividades que acontecem no Espaço Ciência. Outra dica é usar o programa Universe Sandbox 2 para simular possibilidades na organização do Espaço e perceber como tudo está ligado.

Também haverá telescópios e lunetas disponíveis para observação do Sol e, em alguns horários, também da Lua. O Espaço Ciência funciona no Parque Memorial Arcoverde (Complexo de Salgadinho), em Olinda, das 8h às 12h e das 13h às 17h.

jul
27

Eclipse lunar pode ser visto hoje na praia do Bairro Novo

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags , ,

Nesta sexta-feira (27), o Observatório da Sé (Alto da Sé), em Olinda, tem programação especial para observar o eclipse total da Lua. A observação será feita utilizando telescópios e acontecerá na praia do Bairro Novo, em frente ao antigo Quartel da PE (Polícia do Exército).

O coordenador do Observatório da Sé, Cleiton Batista, garante que o melhor momento para observar o eclipse é logo que a Lua surge e a visibilidade é melhor na praia – dependendo das condições meteorológicas. A UFRPE também montou ponto de observação, em Dois Irmãos (Recife).

O eclipse terá duração de quase 103 minutos: 1 hora, 42 minutos e 57 segundos e atingirá o seu primeiro estágio pouco depois das 14h, quando a Lua entrar na parte mais escura da sombra da Terra (umbra) após às 15h24. Mas só a partir das 18h17, ela aparecerá no céu, permitindo a observação.

Lua de Sangue – Logo que nascer, a Lua já estará na região de Umbra e surgirá, portanto, com uma coloração avermelhada, o que lhe rende o nome de Lua de Sangue. Isso acontece porque, assim como no pôr do Sol, quando a radiação solar atravessa a atmosfera terrestre, o seu espectro ganha menos luz azul e mais vermelha.

jul
24

Observatório da Sé tem programação para observar eclipse lunar nesta sexta

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags , ,

Na próxima sexta-feira (27), as equipes do Espaço Ciência e do Observatório da Sé (Alto da Sé), em Olinda, terão uma programação especial para observar o eclipse total da Lua mais longo do século. A observação será feita utilizando telescópios e acontecerá na praia de Casa Caiada, em frente ao antigo Quartel da PE (Polícia do Exército), próximo ao Shopping Patteo Olinda.

“O melhor momento para observar o eclipse será logo que a Lua surge. A visibilidade é melhor na praia e, claro, dependerá das condições meteorológicas”, explica o coordenador do Observatório da Sé, Cleiton Batista.

O eclipse terá uma duração de quase 103 minutos: 1 hora, 42 minutos e 57 segundos. Ele atingirá o seu primeiro estágio pouco depois das 14h e a Lua entrará na parte mais escura da sombra da Terra (umbra) após às 15h24. No entanto, só a partir das 18h17, ela aparecerá no céu, permitindo a observação.

Lua de Sangue – Logo que nascer, a Lua já estará na região de Umbra e surgirá, portanto, com uma coloração avermelhada, o que lhe rende o nome de Lua de Sangue. Isso acontece porque, assim como no pôr do Sol, quando a radiação solar atravessa a atmosfera terrestre, o seu espectro ganha menos luz azul e mais vermelha. Espalhada na atmosfera, essa luz se lança na Lua, que a reflete. O final do eclipse acontecerá às 20h28. O eclipse mais duradouro, antes desse, aconteceu em 2000, com 106 minutos (uma hora e 46 minutos).

Outro astro que estará em posição privilegiada para observação na próxima sexta-feira (27), é Marte. Ele também estará em conjunção com o nosso satélite natural. Por estar mais próximo da Terra, o Planeta Vermelho será o segundo objeto mais brilhante durante a noite, perdendo apenas para a Lua.

jun
30

Hoje tem programação especial no Observatório do Alto da Sé

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags , ,

Quem for ao Observatório do Alto da Sé, em Olinda, neste sábado (30), poderá usar o telescópio para observar a Lua, Vênus, Júpiter, Saturno e Marte. Ou mesmo utilizar a luneta para uma bela visão do Recife e Olinda. Haverá também mostra de vídeos sobre asteroides e jogos lúdicos.

O visitante poderá, ainda, aprender um pouco sobre o funcionamento de equipamentos como telescópios, binóculos e lunetas. Ou conhecer alguns meteoritos que estão expostos no Observatório e descobrir a sua composição, origem e características.

“Vale ressaltar que toda observação vai depender das condições meteorológicas. Caso sejam boas, poderemos observar Vênus logo após o pôr do sol; Júpiter e suas luas Galileanas; Saturno com seus anéis; além de Marte e da Lua, que estará em sua fase minguante”, explica Cleiton Batista, da coordenação do Observatório da Sé.

Pelo mundo – Tal como nos anos anteriores, a Agência Espacial Europeia (ESA) apoiará os eventos do Asteroid Day em 2018. Hoje (30), o Observatório Europeu do Sul (ESO) e a ESA se unem em um webcast ao vivo. Haverá entrevistas com especialistas, notícias, atualizações e alguns resultados mais recentes da ciência dos asteroides.

jun
29

Observatório da Sé tem programação para o Dia Mundial dos Asteroides

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags , ,

Quase 200 países e 2.500 eventos acontecem neste sábado, dia 30 de junho, durante o Asteroid Day. O Observatório da Sé é uma das instituições cadastradas, com uma programação que inclui observações com telescópios, mostra de vídeos, jogos lúdicos e exposição de equipamentos astronômicos e meteoritos. Excepcionalmente neste sábado, o Observatório estará aberto das 16h às 21h.

Em Pernambuco, além do Observatório da Sé, o Erem Vila Rica, em Jaboatão dos Guararapes, realizará o seu Asteroid Day. O evento, mundial, foi sancionado pelas Nações Unidas em 2016, como um dia global de educação para aumentar a conscientização sobre os asteroides e sobre a necessidade de usar a ciência para proteger a humanidade de impactos futuros. A data marca o aniversário do maior impacto asteroidal registrado na história, em 1908, na Sibéria, Rússia.

Notícias recentes, incluindo o impacto ocorrido em Botswana este mês, detectado apenas algumas horas antes, e a descoberta de Oumuamua, o primeiro objeto interestelar conhecido a passar pelo Sistema Solar, renovou a foco sobre missões destinadas a asteroides.

Em Pernambuco, o evento tem um significado especial, já que o Estado sedia o projeto IMPACTON, que analisa e monitora asteroides. O projeto é desenvolvido no Observatório Astronômico do Sertão de Itaparica (OASI), localizado na cidade de Itacuruba. Existem  pelo menos dois asteroides cujos nomes de batismo celebram o Estado: o asteroide 10468, descoberto em 1981, que no ano passado ganhou o nome de Itacuruba; e o asteroide 158520, batizado em  2013  com o nome do Químico pernambucano Ricardo Ferreira.

abr
16

Observatório Astronômico da Sé oferece filmes, pintura e oficina

O Observatório Astronômico da Sé, localizado no Alto da Sé, Sítio Histórico de Olinda, tem programação especial a partir de amanhã (17), quando se comemora a Semana dos Povos Indígenas. No Espaço Ciência a programação começa hoje (16).

Uma das atrações no Alto da Sé será a observação de constelações indígenas. Estarão visíveis as constelações do Veado, Joykexo, Homem Velho, Queixada da Anta e Ema Branca – dos povos Guarani; e Cabo do Enxó, Moquém, Garça, Jabuti e Cobra de Ânus Grande – dos povos Tukano.

A programação também consta da projeção de filmes, pintura de elementos da Astronomia Indígena, observação com telescópio e oficina sobre o uso das Cartas Celestes. O Observatório da Sé funciona de terça-feira a domingo, de 16h às 20h.

set
25

OBSERVATÓRIO DA SÉ ABRIRÁ NO DOMINGO PARA O PÚBLICO ACOMPANHAR O ECLÍPSE LUNAR

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags , , ,

Eclipse lunar total de Super-Lua poderá ser visto no próximo domingo (27) e na madrugada da segunda-feira (28). O fenômeno acontece quando a sombra da Terra encobre o lado visível da Lua deixando-a avermelhada. O satélite estará na posição mais próxima da Terra, o que a torna Super-Lua, consequentemente a maior lua do ano.

lua

Este evento astronômico é raro e aconteceu apenas cinco vezes desde 1900: em 1910, 1928, 1946, 1964 e 1982. O próximo só vai acontecer em 2033. O eclipse será visível apenas em algumas partes da América do Norte, em toda a América do Sul, na Europa e África.

O Observatório Astronômico do Alto da Sé, em Olinda, promoverá atividades diferenciadas a partir das 16h do próximo domingo (27), para o público que quiser acompanhar o fenômeno. A programação conta com visita aos três pisos da exposição “À próxima fronteira”, observação do planeta Saturno e seus anéis vistos ao telescópio (das 17h50 às 19h), atividades do Ciência Móvel, programa itinerante do Espaço Ciência, e jogos lúdicos de astronomia.

Já o eclipse lunar total poderá ser acompanhado a olho nu e com telescópios das 22h30 até às 1h30 da manhã (madrugada de domingo para a segunda-feira, dia 28). O evento é uma realização do Espaço Ciência.

set
16

SUPERLUA E ECLIPSE LUNAR TOTAL PODEM SER VISTOS NO OBSERVATÓRIO DO ALTO DA SE

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags , , ,

superluaO museu interativo da ciência apresentará uma programação especial. A partir das 16h, do próximo dia 27 de setembro, até às 2h do dia 28, a população poderá acompanhar os fenômenos da Superlua e do eclipse lunar total do Observatório Astronômico do do Alto da Sé, em Olinda.

Três telescópios estarão disponíveis para o público de forma gratuita e a todas as idades. Ainda, em frente ao observatório, a população poderá participar das atividades oferecidas pelo Ciência Móvel, projeto que é levado ao Interior do Estado.

Dois fenômenos envolvendo a Lua acontecerão no dia 27 de setembro e poderão ser vistos nas Américas do Norte e do Sul, Europa, África e partes do oeste asiático. A superlua, que dá a impressão de que a lua está mais brilhante e maior (cerca de 14% a mais de diâmetro), e o eclipse lunar total, quando a sombra da terra encobre a superlua. Ambos acontecerão na madrugada do domingo (27) para a segunda-feira (28).

A Nasa fez um vídeo explicando os fenômenos, que acontecem raramente juntos. O último fenômeno deste tipo, aconteceu em 1982 e o próximo acontecerá apenas em 2033. Segundo a agência espacial, o eclipse lunar total vai durar uma hora e 12 minutos.

A partir das 18h, o público poderá ver a maior lua cheia deste ano, segundo o coordenador do Espaço Ciência Alexandre Evangelista. E, a partir das 23h52, os amantes da lua poderão vê-la avermelhada, após a sombra da terra. O eclipse lunar total começa a partir das 22h40 até a 1h30 da madrugada.

Carnaval 2019

Está chegando o Sábado de Carnaval2 de março de 2019
134 dias restantes.

Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog:

Olinda Hoje

%d blogueiros gostam disto: