Navegando todos os artigos com a tag Polícia Federal
out
2

‘Operação Garoa’ bloqueia bens de servidores do INSS em Recife e Paulista

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Policial     Tags , , ,

Foi deflagrada na manhã de ontem (1º) a Operação Garoa, com o intuito de combater crimes de fraude contra a Previdência Social. Executada pela Polícia Federal junto com a Coordenação Geral de Inteligência Previdenciária em Pernambuco (NUINP-PE) e o apoio de cinco servidores da inteligência previdenciária, a ação deu cumprimento a oito mandados de busca e apreensão – expedidos pela 36ª Vara Federal no Recife-PE – nas cidades de Paulista e Recife.

Pelo menos cinco servidores do INSS (quatro homens e uma mulher) foram afastados de suas funções, tiveram as contas bancárias e os bens bloqueados, além de terem sido proibidos de sair do país. Segundo a delegada da Delegacia de Repressão contra Crimes Previdenciários, Cecília Torres, a fraude causou um prejuízo de R$ 1,7 milhão entre 2015 e 2017. “São pelo menos 85 benefícios fraudulentos que resultam em um prejuízo efetivo de R$ 1,7 milhão e estimado, caso não houvesse interferência policial, de R$ 12 milhões“. 

O INSS fará a revisão e os benefícios serão cancelados. Ninguém foi preso até o momento porque a PF optou pelo mandado de busca e apreensão, cumprido nas residências dos servidores envolvidos e em agências no INSS, em Olinda, Recife e Paulista.

A suspeita da participação de servidores da Previdência começou a ser investigada em dezembro de 2017. A partir de então foram constatadas uma série de irregularidades em benefícios assistenciais concedidos na Agência de Previdência Social (APS), em Paulista. Dados de um relatório da agência mostrou que, em 2016, o órgão concedeu uma média de 19% de benefícios referentes ao Amparo Social ao Idoso, um percentual distante da média por agência que deveria ser de 3,21%.

Na mesa de um dos servidores investigados foram constatados processos concessórios da espécie de Amparo Social do Idoso. Em uma amostra analisada, pelo menos q43 irregularidades como o cadastro de pagamento em instituições financeiras distantes, foram encontrados.

De acordo com a Polícia Federal, a ação revelou uma verdadeira organização criminosa especializada na prática de fraudes à Previdência Social, com atuação principal na Região Nordeste do país. Pessoas idosas fictícias eram criadas, utilizando o cadastro para obter benefício no INSS em contas bancárias também falsas. A investigação ainda deve prosseguir para identificar outros envolvidos e mais benefícios fraudados. 

Os investigados podem responder pelos crimes de estelionato majorado, formação de quadrilha e inserção de dados falsos em sistema de informação, entre outros crimes. As penas somadas podem alcançar mais de vinte anos de prisão.

Fonte/Foto: Folhape

maio
21

Policiais federais criam Frente e disputam mandatos de deputado

Cerca de trinta policiais federais disputarão neste ano uma cadeira no Congresso ou nas Assembleias Legislativas dos Estados. Para oficializar as pré-candidaturas, será lançada oficialmente, nesta terça-feira (22), em Brasília (DF), a Frente dos Agentes da Polícia Federal – ou Frente da Lava Jato, em alusão à operação iniciada em 2014, que já prendeu políticos e empresários em todo o Brasil.

A frente parlamentar defenderá temas como segurança pública e combate à corrupção. O projeto conta com incentivo da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) e, segundo o presidente da entidade, Luís Antônio Boudens, é importante aproveitar o momento de grande credibilidade do órgão junto à população para fazer a diferença. “Existe um desejo real de mudança da população. Ela quer ver caras novas no Congresso, nas Câmaras e nas Assembleias e a Frente quer trazer exatamente isso”, comenta.

A Frente da Lava Jato será suprapartidária, ou seja, os candidatos estarão ligados a diferentes partidos políticos, em que serão feitas as campanhas. O registro das candidaturas ocorrerá oficialmente em agosto. Até lá e depois desse período, cada candidato será responsável pelo financiamento da campanha. “A Fenapef vem incentivando as pré-candidaturas e estamos otimistas com o retorno da população”, comenta o vice-presidente da entidade, Flávio Werneck, candidato a deputado federal pelo Partido Humanista da Solidariedade (PHS-DF).

Única mulher entre os pré-candidatos, Bibiana Orsi (PPL-PR) é uma das apostas dos policiais federais no Paraná. Entre os planos para o Congresso como deputada federal, Bibiana quer a modernização da segurança pública e a valorização da carreira. 

Os pré-candidatos estão em 26 Estados. O único Estado que não possui pré-candidato até o momento é o Rio Grande do Norte, mas até agosto, data de registro das candidaturas, podem surgir novos nomes para compor a frente parlamentar.

nov
9

PF realiza operação na sede do governo de PE, no Recife e em Olinda

A Casa Militar de Pernambuco, localizada na sede do governo estadual, e a Vice-governadoria, ambas na região central do Recife, são alvos da Operação Torrentes, desencadeada pela Polícia Federal nesta quinta-feira (9). A ação investiga irregularidades em projetos de reconstrução de cidades da Mata Sul atingidas por enchentes em 2010 e em 2017. Integrantes e ex-integrantes da cúpula da Polícia Militar estão entre os alvos da operação.

estevão

O ex-comandante da Polícia Militar de Pernambuco coronel Carlos D’Albuquerque e o ex-chefe da Casa Militar de Pernambuco coronel Mário Cavalcanti estão entre as pessoas que tiveram mandados de condução coercitiva, quando a pessoa é levada pela polícia para depor, emitidos pela Justiça.

Segundo a PF, objetivo da operação é desarticular um esquema criminoso de desvio de recursos públicos, fraudes em licitações e corrupção de servidores públicos ligados à Casa Militar. A estimativa é que os convênios investigados somem mais R$ 450 milhões.

Segundo a PF em Pernambuco, a investigação teve início em 2016, a partir de um relatório elaborado pela Controladoria-Geral da União (CGU). O dinheiro usado no processo de reconstrução das cidades castigadas pelos temporais, em 2010, foi repassado pelo governo federal.

Além do prédio da Casa Militar, foram alvo das ações a Vice-Governadoria de Pernambuco, em Santo Amaro, na área central da capital. As equipes cumpriram mandados em uma residência na Rua da Harmonia, em Casa Amarela, na Zona Norte do Recife. A corporação também realiza buscas em um prédio localizado no bairro de Casa Caiada, em Olinda

O nome da operação, Torrentes, faz alusão as enchentes que devastaram diversos municípios da Mata Sul. Todos os presos estão sendo levados para a sede da PF, na área central do Recife. Dependendo do grau de participação e envolvimento, eles podem responder pelos crimes de peculato, fraude em licitação, corrupção ativa e passiva e associação criminosa. As penas ultrapassam os 25 anos de reclusão.

Após serem ouvidos todos serão encaminhados para fazer exame de corpo de delito no Instituto de Medicina Legal (IML), na área central da cidade, e compareceram à audiência de custódia. Caso sejam confirmadas as prisões, os civis serão encaminhados para o Cotel, na Região Metropolitana, e Colônia Penal Feminina, na Zona Oeste do Recife. Os militares seguirão para uma instituição designada pelo Comando da Polícia Militar de Pernambuco.

Fonte: Portal G1

out
29

Pesquisa do Ibope aponta Lula e Bolsonaro no 2º turno em 2018

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) poderiam disputar o segundo turno, se as eleições presidenciais de 2018 fossem hoje. É o que indica pesquisa Ibope publicada na coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo. Este é um cenário que, na menor das expectativas, deve acirrar ainda mais o clima de lula-bolsonaropolarização política que tem sido uma marca do Brasil desde a disputa eleitoral de 2014, quando Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) se enfrentaram. Na ocasião, a petista venceu com uma diferença mínima, gerando uma reação dos tucanos e criando um fosso entre dois lados que, desde então, só tem estimulado confrontos. Em todos os cenários da pesquisa estimulada (com uma lista de nomes apresentada ao entrevistado), Lula ficaria com o mínimo de 35% e o máximo 36% das intenções de voto. Bolsonaro ficaria com 15% em cenário com Lula e com 18% se o candidato do PT for o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT).

A ex-senadora Marina Silva (Rede) aparece em terceiro lugar em todos os cenários da pesquisa, com intenções de voto entre 8% e 11% dependendo dos adversários. Em seguida, vêm Ciro Gomes (PDT) , Geraldo Alckmin e João Doria (ambos do PSDB), todos com percentuais entre 5% e 7%. No cenário com Haddad no lugar de Lula, Ciro Gomes chega a ter 11% das intenções de voto. Entre os novos nomes, o apresentador de TV Luciano Huck foi testado na pesquisa – realizada entre os dias 18 e 22 deste mês – ficando em patamar igual aos dos tucanos Alckmin e Doria: 5% no cenário em que a disputa é com Lula e 8%, com Haddad. Já o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, teve entre zero e 1% das intenções, dependendo do cenário.

Quando Lula é colocado na lista, o índice de votos em brancos e nulos somam 18% e 5% não sabem em quem votar ou não responderam. No cenário onde o petista é substituído por Haddad, 28% dos eleitores optariam por anular o voto ou votar em branco e 6% não sabem responder.

Na pesquisa espontânea, Lula também lidera, com 26% das intenções de voto, seguido por Bolsonaro, com 9%, e Marina, com 2%. Alckmin, Doria e Ciro têm 1%, assim como a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e o atual mandatário, Michel Temer (PMDB). Nesse cenário, votos em branco e nulos empatam com o índice de Lula, 26%, enquanto 30% não souberam ou não quiseram responder.

Foram ouvidas pelo Ibope 2.002 pessoas em todos os Estados, entre os dias 18 e 22 deste mês. O levantamento tem margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Esse foi o primeiro levantamento feito pelo Ibope sobre a disputa pelo Planalto no ano que vem, e não aparece registrada no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Fonte: Diário de Pernambuco

out
20

PF aponta 46 chamadas telefônicas entre Aécio Neves e Gilmar Mendes

Relatório da Polícia Federal aponta que o senador Aécio Neves (PSDB-MG) e o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), realizaram 46 chamadas telefônicas via WhatsApp entre si no período de fevereiro a maio deste ano.

gilmarmendes

Gilmar Mendes é relator de quatro inquéritos contra Aécio no STF e o relatório frisou que ao menos uma das ligações foi feita em um dia no qual o ministro deu uma decisão que suspendeu um interrogatório pelo qual o investigado deveria passar no dia seguinte.

 

out
5

PF prende Carlos Arthur Nuzman, presidente do Comitê Olímpico do Brasil

O presidente do Comitê Olímpico do Brasil (COB), Carlos Arthur Nuzman, e o ex-diretor de Marketing e Comunicação da entidade, Leonardo Gryner, foram presos pela Polícia Federal na manhã desta quinta-feira (5), no Rio de Janeiro. Ambos  são investigados na Operação Unfair Play, um desdobramento da Lava Jato que aponta que houve compra de votos para que o Rio fosse a sede dos Jogos Olímpicos de 2016.

cob

A investigação conjunta do Ministério Público Federal (MPF) do Brasil e do e do Ministério Público Financeiro de Paris, da França, apura a relação entre viagens dos dois representantes à África, em 2009, e transferências bancárias para a Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF, na sigla em inglês).

Há um mês, O juiz federal Marcelo Bretas decretou o bloqueio de R$ 1 bilhão do presidente do Comitê Olímpico do Brasil (COB), Carlos Arthur Nuzman, e dos empresários Arthur Soares e Eliane Cavalcante.

A força-tarefa aponta que ‘neste grande esquema ganha-ganha’ o empresário Arthur Soares direcionou propina que seria destinada ao ex-governador Sérgio Cabral (PMDB) para Papa Massata Diack, filho do presidente da Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF, na sigla em inglês). Segundo o Ministério Público Federal, o objetivo era ‘garantir mais um voto na escolha do Rio de Janeiro como sede para os Jogos Olímpicos de 2016’.

“Cabral determinou que Arthur Soares realizasse pagamento de US$ 2 milhões a representante da Associação Internacional de Atletismo, como forma de obter votos para a eleição da cidade do Rio de Janeiro como sede das Olimpíadas de 2016”, afirmou a Procuradoria na época.

“Carlos Arthur Nuzman, como presidente do COB (e, posteriormente, também do CO Rio 2016), foi o agente responsável por unir pontas interessadas, fazer os contatos e azeitar as relações para organizar o mecanismo do repasse de propinas de Sérgio Cabral diretamente a membros africanos do COI, o que foi efetivamente feito por meio de Arthur Soares.”

Fonte: Estadão

ago
18

PF analisa abrir inquérito para investigar gestor do Cemo que usou diploma falso

A Corregedoria da Polícia Federal (PF) está analisando se vai abrir um inquérito para investigar o caso do gestor do Centro de Educação Musical de Olinda (Cemo) que foi exonerado após a comprovação de que seu diploma era falso. O documento dizia que Flávio Cassimiro dos Santos tinha concluído uma graduação em música na instituição, que desmentiu o fato, afirmando não ter sido emitido qualquer de diploma neste nome.

pf
A PF informou que ainda está analisando se o caso é de competência da corporação, o que pode levar até uma semana. Flávio ocupava a função de gestor do Cemo desde o início deste ano, após ser indicado pela Prefeitura do município, e foi expulso do quadro de funcionários na última quinta-feira (17). O substituto ainda não foi anunciado.

Em nota sobre a exoneração, a Prefeitura de Olinda informou que o cargo ocupado por Flávio era de livre nomeação, não sendo exigida a comprovação do grau de instrução. A gestão acrescentou que o mesmo procedimento se aplica a outros cargos administrativos do Cemo, que podem ser nomeados ou exonerados de acordo com o entendimento do prefeito por se tratarem de cargos de confiança.

Professor de história da música do Cemo, Fernando Torres, contou que os docentes suspeitaram assim que Flávio assumiu a gestão, já que existe apenas um curso de música em Pernambuco e nenhum outro docente tinha estudado com ele. “Todos os graduados acabam se conhecendo, e nunca ouvimos falar dele” afirmou.

Fernando comentou que observou discrepâncias no diploma apresentado por Flávio. “Analisando as datas, o documento diz que ele entrou na faculdade aos 15 anos de idade e se formou em 1983, mas o diploma só foi emitido em 2002”, disse.

O professor informou que, após a exoneração, Flávio deletou todas as contas pessoais das redes sociais e desapareceu. O corpo docente do Cemo pede eleições diretas entre os profissionais da unidade para a nova ocupação do cargo.

A Prefeitura informou que iniciou análise junto ao Ministério Público de Pernambuco no intuito de estudar a possibilidade de eleições para cargos administrativos serem implementadas no Cemo. A gestão explicou que, por se tratar de uma autarquia e não de uma escola regular da rede, as eleições não estão previstas na legislação e nem no regimento do centro.

Fonte: Folha PE

jul
3

Ex-ministro de Temer, Geddel Vieira Lima é preso pela PF

O ex-ministro da Secretaria de Governo de Michel Temer, Geddel Vieira Lima (PMDB), foi preso nesta segunda-feira (03) pela Polícia Federal. O peemedebista, apontado por Joesley Batista como interlocutor de Temer após a prisão do ex-deputado Eduardo Cunha, foi preso em uma ação deflagrada no âmbito da Operação Cui Bono, que investiga desvios na Caixa Econômica Federal. Este é o segundo ex-ministro de Temer preso em menos de um mês. O outro foi Henrique Eduardo Alves (PMDB), preso em 06 de junho.

image

O juiz Vallisney de Souza, de Brasília, determinou a apreensão dos celulares do ex-ministro Geddel Vieira Lima no despacho em que concedeu a prisão preventiva dele. No documento, o magistrado também autorizou a Polícia Federal a “forçar entrada e arrombar portas e cofres, na hipótese de resistência de seu cumprimento”. O juiz também “autoriza empregar força contra coisas existentes e todos os meios legais para o cumprimento do mandado”.

Segundo o Ministério Público Federal, o ex-ministro estaria tentando obstruir investigações que apuram irregularidades na liberação de recursos do banco. A prisão, diz o MPF, baseou-se em depoimentos recentes do doleiro Lúcio Bolonha Funaro à Justiça e nas delações do empresário Joesley Batista, dono da JBS, e de Francisco de Assis e Silva, diretor jurídico do grupo J&F, holding da JBS.

O objetivo de Geddel, para os procuradores, seria evitar que Cunha e o próprio Lúcio Funaro firmassem acordo de colaboração com o MPF. Para isso, dizem os investigadores, o ex-ministro tem atuado no sentido de “assegurar que ambos recebam vantagens ilícitas, além de ‘monitorar’ o comportamento do doleiro para constrangê-lo a não fechar o acordo”.

Os investigadores basearam-se em mensagens enviadas recentemente, entre maio e junho, por Geddel à esposa de Funaro. O doleiro teria entregado à polícia diversas reproduções de conversas com o ex-ministro, identificado pelo codinome de “carainho”. Nos diálogos, diz o MPF, Geddel sonda a mulher de Funaro sobre a disposição do doleiro em assinar um acordo de colaboração.

Em sua delação, Joesley afirmou que vinha recebendo sinais claros “de que era importante manter financeiramente as famílias” de Cunha e Funaro. Os sinais teriam vindo “inicialmente através de Geddel”, em referência ao ex-ministro chefe da Secretaria de Governo. O Dono da JBS decidiu então procurar Temer diretamente a partir do momento em que Geddel passou a ser investigado por tentar influenciar o ex-ministro da Cultura Marcelo Calero a liberar uma obra de seu interesse pessoal em Salvador

Além de Geddel, estão presos preventivamente no âmbito da Operação Sépsis Cui Bono a dupla Cunha e Funaro, o ex-ministro Henrique Eduardo Alves e André Luiz de Souza, ex-conselheiro do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Cunha, Funaro e Alves são réus no processo que apurou o pagamento de propina para a liberação de recursos do Fundo de Investimento do FGTS para a construção do Porto Maravilha, no centro do Rio de Janeiro. 

 

jun
6

Outro ex-presidente da Câmara dos Deputados é preso pela PF

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Brasil     Tags , , , , ,

O ex-presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), foi preso nesta terça-feira (6) pela Polícia Federal. Ele é o segundo ex-presidente da Câmara Federal a ser preso em menos de um ano.

Henrique-Eduardo-Alves-e-Eduardo-Cunha

Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que também foi presidente da Câmara dos Deputados, está preso desde outubro de 2016 e foi condenado a 15 anos de prisão. Os dois agora são investigados na Operação Manus, deflagrada nesta manhã. O nome da operação faz referência à frase em latim cuja ideia significa “uma mão lava a outra”. 

A PF desvendou um mistério que se arrastava desde o mês de março. Na ocasião, os investigações revelaram que Henrique Eduardo Alves havia recebido mais de R$ 2 milhões numa conta da Suíça. Ele chegou a afirmar que não sabia como todo esse dinheiro tinha parado ali. Mas os investigadores descobriram que o dinheiro tinha outro destinatário: Eduardo Cunha, seu colega no PMDB. A conclusão é de que o Alves emprestou a conta para que Cunha pudesse receber a propina proveniente de contratos em obras públicas.

Operação Manus também pediu a prisão de Eduardo Cunha, que está preso no Complexo Médico-Penal (CMP) em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, Paraná; por crime de corrupção passiva e ativa e lavagem de dinheiro na construção da Arena das Dunas, no Rio Grande do Norte. Segundo a PF, o sobrepreço chega ao valor de R$ 77 milhões, com favorecimento de duas grandes construtoras. 

Cunha responde a outras duas ações penais, uma em trâmite na 10ª Vara Criminal Federal de Brasília, relativa à Operação Sépsis, e outra encaminhada a Moro pelo Supremo Tribunal Federal, que investiga se ele recebeu propina de US$ 5 milhões em contratos de construção de navios-sonda da Petrobras. O ex-presidente da Câmara ainda é alvo em outros cinco inquéritos ligados à Lava Jato. 

Compondo o núcleo de confiança de Michel Temer, Henrique Eduardo Alves foi o terceiro ministro a deixar o governo após ser citado em delações. Antes dele foram demitidos Romero Jucá e Fabiano Silveira, devido ao vazamento de gravações em que discutiam as ações da Lava-Jato. Detentor de onze mandatos consecutivos de deputado federal, Alves já foi considerado um dos mais influentes e poderosos políticos da República, mas atualmente estava sem mandato e sem ocupar cargo público
 
Ainda nesta terça-feira, a PF cumpre 33 mandados, sendo cinco de prisão preventiva, seis de condução coercitiva e 22 de busca e apreensão no Rio Grande do Norte e Paraná. 
 
Imagem: Fabio Rodrigues/Agência-Brasil
 
abr
17

PF faz alerta sobre jogo da Baleia Azul que tem levado jovens ao suicídio

Após o registro de casos de suicídios e automutilação de adolescentes e jovens, a Polícia Federal está fazendo um alerta a pais e responsáveis sobre o jogo da Baleia Azul. O fenômeno ganhou visibilidade e vem se alastrando pelo mundo. Tudo começou na Rússia, em 2015, quando uma jovem de 15 anos se jogou do alto de um edifício; dias depois, uma adolescente de 14 anos cometeu suicídio se jogando nos trilhos do trem da cidade de Ussuriysk.

Depois de investigar as causas, a polícia ligou os fatos a um grupo que participava de um desafio com 50 missões, sendo a última delas acabar com a própria vida. A partir daí aconteceram cerca de 130 suicídios de crianças ocorridos na Rússia de novembro de 2015 a abril de 2016 e que, de acordo com eles, quase todos eram membros do mesmo grupo na internet.

jogo-da-baleia-azul-1

No Brasil foram pelo menos três vítimas, no Mato Grosso e Minas Gerais. Em Minas, uma menina morreu em uma represa e um menino morreu de overdose de remédios, com indícios de cortes no braço. No whatsapp, comentários sobre o jogo, respectivamente. Na Paraíba, a Polícia Militar está investigando casos em que uma classe de alunos estariam realizando o procedimento de mutilação.

A PF lembra que jogos com apelos de riscos letais têm virado moda entre os adolescentes como o jogo da asfixia, o jogo da fada e o desafio do sal e gelo, que podem atrair não só aqueles em situação vulnerável, mas pela sedução da emoção que os desafios propõem.

Pessoas fragilizadas por eventos traumáticos, isoladas emocionalmente, que possuem dificuldade em confiar ou que se sentem cobradas e exigidas em demasia são mais propensas a desenvolver quadros depressivos que as tornam alvos fáceis para esse tipo de manipulação. Então, utilizando-se da inocência, da paranoia e da neurose de suas vítimas fazem elas a acreditar que estão à mercê dos administradores.

Normalmente, os alvos dos criminosos são crianças e adolescentes, já que são facilmente impressionáveis e por isso são coagidas a participar do jogo no Facebook ou Whatsapp em virtude de terem acesso ao banco de dados do Serasa e Cadastro Nacional (com dados pessoais como nome completo, escola em que estuda, média de notas escolares, cidade, endereço, IP e nome de amigos próximos) onde passam a assustar as vítimas menores de idade ao mostrar dados pessoais e fazer ameaças. A criança se sente pressionada e amedrontada e passa a interagir com eles! As ameaças de seguem com perguntas tais como: “Desenhe uma baleia com estilete no braço, depois tire uma foto quando estiver sangrando e me envie.

Por meio de informações pessoais deixadas pela própria criança como problemas em casa, brigas com os pais, notas baixas na escola, tristeza por ter acabado um namoro, morte na família – então eles se aproveitam desta fragilidade sentimental para incentivar a participar do jogo! Acontece que esses cibercriminosos estão entrando em grupos até de autoajuda, de superação da depressão, discussão sobre transtorno de ansiedade generalizada e aconselhamento pró-vida no Facebook para encontrar e atacar suas vítimas.

Dados sobre o jogo da baleia – É acessado por links em grupos contidos no facebook, numa rede social russa chamada VK atualmente com mais de 33 milhões de usuários ou até mesmo em grupos do whatsapp criados para essa finalidade. Os adolescentes são previamente selecionados para participar de 50 desafios macabros, onde alguém por trás da tela (curador-é a pessoa que convida os jovens para o jogo e comanda e entrega os desafios para serem cumpridos o tempo todo) manipula e dá as ordens para serem cumpridas pelo jogador. As tarefas que incluem escrever frases e fazer desenhos com lâminas na palma da mão e nos braços e com queimaduras, bater fotos assistindo a filmes de terror de madrugada, ficar doente, subir no alto de um telhado ou edifício, escutar músicas depressivas, na última “missão” tirar a própria vida.

COMO SE PROTEGER
(fonte: Polícia Federal)

DENUNCIE OS GRUPOS
Se você perceber algum amigo postando fotos e mensagens estranhas nas redes sociais, talvez ele esteja jogando o “Baleia Azul”, não ignore, DENUNCIE o próprio Facebook possui ferramentas de denúncia.

VOCÊ PODERÁ LAVRAR UM BOLETIM DE OCORRÊNCIA Caso você tenha acesso às conversas trocadas entre o mentor e o jogador, pode COMPARECER A UM CARTÓRIO DE NOTAS, onde será lavrada uma ata notarial, dando fé pública ao conteúdo das mensagens (essa ata será importante fonte de prova caso as mensagens sejam apagadas).

ALERTA AOS PAIS
Os pais devem atrair a confiança dos filhos através do diálogo franco e aberto sem qualquer tipo de repressão para que no primeiro sinal de perigo a criança possa sentir-se à vontade e procurar sua ajuda, confidenciando-lhes o que está acontecendo;
Observe o comportamento estranhos dos filhos tais como isolamento, tristeza aguda, decepção amorosa, comportamentos depressivos, atitudes suicidas; Preste atenção no corpo de seu filho se não existe sinais de mutilação ou queimaduras e se ele de repente está usando camisas de mangas compridas para evitar a exposição de tais marcas; Há tempo para tudo. Evite que seus filhos fiquem expostos há altas horas na internet e assistindo filmes na televisão pela madrugada; Observe se ele não está saindo de casa escondido em horários pela madrugada com o objetivo de cumprir tarefas impostas pelo jogo; Os pais devem supervisionar os acessos dos filhos de uma forma discreta; A vida moderna exige que os pais tenham pelo menos conhecimento básico de internet – peça ao seu filho para ser adicionado nas redes sociais deles, fazendo isso você poderá saber o que está se passando com ele e com quem eles estão interagindo. Caso os pais não tenha idade para aprender a conviver com este mundo virtual eles devem delegar tal tarefa para um parente mais próximo (irmão, primo, sobrinho) a quem o adolescente seja próximo e confie; Quando possível deixe o computador num local comum e visível da casa; Se vetar alguma página explique as razões e os perigos da rede; Evitar expor informações particulares e de dados pessoais em demasia: (telefones, endereços, CPF, horário que sai de casa e para onde está indo, localização acessível o tempo todo, etc); Evitar colocar fotos tais como: locais onde frequenta (clubes, teatros, igrejas), carros (a placa localiza o endereço), casa (mostra onde a pessoa mora); Nunca incluir desconhecidos nos contatos.

FORMAS DE OBTER AJUDA
Também as escolas devem colocar o assunto em pauta e incorporar no currículo, cada vez mais, a educação para a valorização da vida, o respeito pela vida dos outros e o uso consciente das mídias e tecnologias;  E não custa lembrar que o CVV (Centro de Valorização da Vida) presta um serviço incrível por meio do telefone 141 e você sempre pode buscar órgãos apropriados como a SaferNet e autoridades locais.

TIPIFICAÇÃO PENAL
A conduta dos mentores do Baleia Azul é criminosa. “Induzir (criar a ideia de suicídio em alguém), instigar (incentivar alguém que já estava pensando em suicídio) ou auxiliar (ajudar materialmente o suicida) o suicídio de outra pessoa é crime, de acordo com o artigo 122 do Código Penal, punido com pena de 02 a 06 anos de prisão caso o suicídio se consuma ou de 01 a 03 anos de prisão caso a tentativa de suicídio resulte em lesão corporal grave. Caso tais pessoas sejam menores, as condutas criminosas que praticarem entram como ato infracional, estando sujeitos às penalidades instituídas pelo Estatuto da Criança e do Adolescente. A indenização cível deverá ser paga pelos seus responsáveis legais.

Fonte: Diário de Pernambuco

nov
18

MAIS UM TRAFICANTE INTERNACIONAL PRESO NO RECIFE É LIBERTADO PELA JUSTIÇA

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda, Pernambuco     Tags , ,

No início desta semana, uma estudante de nutrição foi presa pela Polícia Federal no Aeroportos Internacional do Recife/Gilberto Freire com 5,9 quilos de haxixe. A droga estava escondida em uma mochila. Segundo a PF, a jovem teria aceitado trazer a droga para pagar um ‘implante de silicone’. 17607747580004753650000 

Ana Larissa Tomé Soares, de 18 anos, natural de Fortaleza, no Ceará, desembarcou na capital pernambucana em um voo proveniente de Barcelona. Nervosa na triagem do desembarque, os policiais desconfiaram e selecionaram a estudante para passar pelo aparelho de raio-x, quando foi flagrada com 47 embalagens da droga na bagagem. Autuada por tráfico de internacional de drogas, ela deveria ter sido conduzida para uma Colônia Penal Feminina, onde passaria de 5 a 20 anos de prisão mas já está em casa. Isso mesmo, ela já está no Ceará. 

A decisão foi tomada pelo desembargador federal, Cid Marconi, do Tribunal Regional da 5ª Região, nesta quinta-feira (17). Em sua decisão que concede o habeas corpus a cearense que não possuía antecedentes criminais, o desembargador afirmou: “a jovem representaria mais riscos a si e à sociedade se fosse entregue a um sistema carcerário inapropriado a sua ressocialização”.

Este é o segundo caso de traficante internacional de drogas preso em flagrante pela Polícia Federal no Estado de Pernambuco e liberado pela justiça em pouco mais de um mês. No último dia 15 de outubro, um modelo catarinense foi preso em flagrante com 3,3 quilos de haxixe e também foi liberado na audiência de custódia. 

Por terem sido preso em flagrante por tráfico internacional de drogas, a decisão da justiça tem causado espanto, principalmente nas redes sociais. Coincidentemente, os dois traficantes são de cor clara, moram em outros estados, traziam haxixe e viam da Espanha.

nov
17

SÉRGIO CABRAL, EX-GOVERNADOR DO RIO DE JANEIRO, É PRESO POR DESVIO DE VERBAS

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Brasil     Tags , ,

O ex-governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), foi preso nesta quinta-feira (17) pela Polícia Federal (PF). Investigado em duas operações, a Lava-Jato e a Operação Calicute deflagrada nesta manhã e que tem como foco um esquema de corrupção envolvendo a construtora Delta, do empresário Fernando Cavendish, em obras realizadas pelo governo do Rio de Janeiro com recursos públicos federais. O prejuízo estimado é superior a R$ 220 milhões. 

garotinho2be2bcabral

O peemedebista estava na sua casa, no Leblon, zona sul da capital, e foi levado pela PF sob xingamentos da população. A ação foi conjunta com o Ministério Público Federal (MPF) e a Receita Federal.

Duzentos e trinta policiais federais ainda cumprem 38 mandados de busca e apreensão, oito mandados de prisão preventiva, dois mandados de prisões temporárias e 14 mandados de condução coercitiva expedidos pela 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, bem como 14 mandados de busca e apreensão, dois mandados de prisão preventiva e um mandado de prisão temporária expedidos pela 13ª Vara Federal de Curitiba.

Em nota, a PF informou que a apuração em curso identificou fortes indícios de cartelização de grandes obras executadas com recursos federais mediante o pagamento de propinas a agentes estatais, incluindo o ex-governador do Estado do Rio de Janeiro além de outros fatos.

Outro ex-governador do Rio de Janeiro também foi preso nesta semana. Anthony Garotinho, presidente do Partido Republicano (PR) carioca, é acusado de comandar com “mão de ferro” um “verdadeiro esquema de corrupção eleitoral” em Campos dos Goytacazes, no norte do Estado, e foi preso pela PF na manhã de ontem (16). 

Carnaval 2020

Está chegando o Sábado de Carnaval22 de fevereiro de 2020
334 dias restantes.

Paixão de Cristo 2019

Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 351 outros assinantes

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog:

Olinda Hoje

%d blogueiros gostam disto: