Navegando todos os artigos com a tag Política
set
25

Lóssio mantém campanha e concede entrevistas a emissoras de rádio

Apesar de o diretório nacional da Rede Sustentabilidade ter dado entrada no TRE-PE com o pedido de cassação da candidatura de Júlio Lóssio ao Governo de Pernambuco, após ele ter anunciado publicamente ter aceitado o apoio de bolsonaristas, o candidato continua tocando a campanha normalmente. Nesta terça-feira (25) ele concede entrevistas a várias emissoras de rádio do Estado.

Às 8h30, Lóssio será entrevistado na programação da Rádio Jornal de Garanhuns (1.210 AM); às 9h10 será a vez de bate-papo com o blogueiro sertanejo Nill Junior.

À tarde, segundo a agenda divulgada pela assessoria, Júlio Lóssio concede entrevista à Rádio Líder FM (93,5 FM), de Serra Talhada. Às 15h ele participa de sabatina presencial, na Rádio CBN (105,7 FM), no Programa CBN Total, com Aldo Vilela.

set
19

Mais de 6 mil confirmaram presença em ato contra Bolsonaro no Recife

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eventos     Tags , ,

Com mais de 2,5 milhões de membros no Facebook, o movimento apartidário “Mulheres Unidas contra Bolsonaro” organiza pelo menos 42 atos contra o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL). Destes, 39 acontecerão no dia 29 de setembro, incluindo o do Recife.

A concentração na capital pernambucana acontecerá a partir das 14h, na Praça do Derby. As mulheres sairão de mãos dadas e com cartazes até a Praça da Independência, no bairro de Santo Antônio, no Centro do Recife. No Facebook, o evento “Mulheres contra Bolsonaro” | Recife – PE teve 6 mil confirmações de presença e outros 12 mil marcaram que tem interesse em comparecer.

No Recife haverá ainda a arrecadação de alimentos e brinquedos para crianças carentes. A ideia do ato surgiu no grupo que une mulheres com diversos pontos de vista diferentes, mas contrárias ao avanço e fortalecimento do machismo, misoginia e outros tipos de preconceitos representados pelo candidato Jair Bolsonaro e seus eleitores. As mulheres utilizam o espaço para discussão política e, também, articular o ato nacional contra o deputado federal.

Link do evento: https://www.facebook.com/events/2130120537304638/permalink/2130582613925097/

set
19

Bancada pernambucana faltou 874 vezes entre 2015 e 2018 no Congresso

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Denuncias     Tags , ,

Levantamento exclusivo realizado pela ONG Ranking dos Políticos, que atua na fiscalização da gestão dos parlamentares brasileiros, aponta que os deputados e senadores de Pernambuco, somados, não estiveram presentes em 874 sessões plenárias do Congresso entre 2015 e 2018.

Do total de faltas, 340 delas não foram justificadas. O mais ausente foi o deputado Adalberto Cavalcanti (Avante), que faltou 105 vezes de 395 sessões. Por outro lado, o menos faltoso foi o deputado Mendonça Filho (MDB), que teve apenas cinco ausências enquanto exercia o cargo. Apesar disso, ele está mal avaliado no ranking nacional, aparecendo apenas na 348ª posição.

O Ranking dos Políticos também mostra que os congressistas pernambucanos gastaram R$ 36.238.004,46 entre cotas e verbas indenizatórias até o presente momento do mandato. Somente com combustível e lubrificantes, os deputados e senadores do Estado gastaram R$ 3.023.633,20. Ao todo, os parlamentares brasileiros nas duas casas gastaram cerca de R$ 60 milhões com esse tipo de despesa no período.

Já no âmbito geral – de acordo com as avaliações do Ranking dos Políticos – Pernambuco conta com Jarbas Vasconcelos (MDB), Daniel Coelho (PPS) e Fernando Bezerra Coelho (MDB) entre os 100 melhores do País. Além disso, há oito posicionados entre 101º e 300º, além de 17 ocupando entre a 301º a 594º colocação. O último do ranking no estado é a deputada Luciana Santos (PCdoB), que aparece na 577ª posição. O mapa completo do Estado pode ser conferido no link http://www.politicos.org.br/.

O Ranking dos Políticos atua na classificação e compliance do setor público por meio de ferramentas tecnológicas compiladas pelo Portal da Transparência e informações públicas de parlamentares brasileiros. Os critérios utilizados pelo Ranking são absolutamente técnicos, levando em conta fatores como assiduidade, gastos da cota parlamentar, processos judiciais e atuação legislativa. Todas as informações publicadas são públicas, disponíveis nos sites oficiais do Senado e da Câmara dos Deputados e dos Tribunais de Justiça.

set
16

Você se lembra em quem votou na última eleição?

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Artigos     Tags , ,

Celso Luiz Tracco – Economista

Em véspera de eleição surgem notícias do tipo: 8 em 10 eleitores não se lembram em quem votaram para deputado federal, estadual ou distrital; eleitores não fiscalizam seus representantes. E por aí vai, demonstrando que a nossa frágil democracia ainda tem muito por crescer, desenvolver e se consolidar.

Nossa experiência democrática é muito superficial, porque somos uma sociedade:

Secularmenteiletrada – recente pesquisa mostrou que 44% da população não lê e 30% nunca comprou um livro na vida. Se a população em geral não lê, porque iria se interessar por política? Política, direita, esquerda, liberalismo? Ah! Não adianta entender! Nada muda!

Extremamente desigual – a renda média per capita de 1% dos trabalhadores mais bem pagos representa a mesma massa de renda de 40% dos trabalhadores que recebem na faixa mais baixa de salários. É lícito pensar que quem está preocupado com a sobrevivência diária da sua família, não se importa com quem está no poder, tanto faz. Ninguém olha para o pobre, o que interessa é comida na mesa!

Perigosamente desalentada – a abstenção, votos brancos e nulos em 2014 foi perto de 30%, tanto no 1º como no 2º turno das eleições. Em 2018, as pesquisas indicam que os votos brancos, nulos e indecisos somam cerca de 40%, muito acima do número de votos dados ao primeiro colocado. Parece que, após apenas 30 anos de eleições diretas, já estamos cansados de votar. Democracia serve para que mesmo? Não tenho emprego, segurança…

Culturalmente escravocrata – parte da sociedade gosta do estilo feitor, do pensamento único, do isolacionismo social. Somos uma nação de privilégios, de exceções, onde nem todos são iguais perante a lei. Queremos ser servidos e não servir. Hipocritamente admiramos sociedades mais igualitárias mas agimos como as totalitárias. Você sabe com quem está falando? Sou autoridade! A lei? Ora a lei.

Por isso damos mais atenção aos candidatos do Executivo (presidente e governador) aqueles que mandam, decidem autoritariamente, do que àqueles do legislativo (deputados e senadores), os que, teoricamente, deveriam promulgar as leis em benefício da população.

O atual sistema político é anacrônico, perdulário, ineficiente e corrupto no seu cerne. O Congresso Nacional se tornou um balcão de negócios, onde o interesse público nada vale. Isto só terá chance de mudar se a sociedade mudar. Se ela realmente quiser ser protagonista do seu destino, assumindo suas responsabilidades e deixando de querer sempre, um “salvador da pátria”. Caso contrário, continuaremos caminhando como um bêbado claudicante que vai tropeçando nas próprias pernas. Uma hora ele irá cair e não conseguirá se levantar sozinho.

O Brasil precisa mudar enquanto é tempo.

set
15

Arquidiocese de Olinda e Recife apoia campanha do voto consciente

A Arquidiocese de Olinda e Recife apoia a campanha pelo “voto consciente” lançada pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) com o objetivo de orientar os eleitores a fazerem uma escolha independente. Ontem (14), o arcebispo Dom Fernando Saburido se reuniu com o procurador regional eleitoral, Francisco Machado, para informar sobre o apoio.

O MPE lançou a campanha “Pelejando por uma eleição mais justa”, com base em folhetos de cordel e que defende uma disputa eleitoral “limpa, igualitária e democrática”.

A campanha aborda cinco temas: compra de voto, uso irregular da fé para cooptação de eleitores, segurança da urna eletrônica, notícias falsas (“fake news”) e escolha crítica dos candidatos.

set
5

Datafolha cancela pesquisa e Ibope suspende divulgação

A situação do ex-presidente Lula (PT), que teve a candidatura barrada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na semana passada, levou os institutos de pesquisa Datafolha e Ibope a alterarem os seus planos para esta semana em relação às pesquisas sobre a disputa presidencial.

Em nota divulgada ontem (04), o Ibope informou que realizou uma pesquisa entre os dias 1º e 03 de setembro, que estava prevista para ser anunciada nessa terça-feira, porém decidiu suspender a divulgação.

A pesquisa foi registrada pelo Ibope no TSE com dois cenários: o primeiro incluindo Lula como candidato, e o segundo com o nome de Fernando Haddad como eventual substituto de Lula.

Porém, com o indeferimento do registro da candidatura de Lula, “para estar de acordo com o julgamento e as determinações do TSE, o Ibope não pesquisou o cenário com Lula, diferentemente do que constava do registro da pesquisa, aplicando apenas o cenário alternativo, tendo Haddad como candidato”.

O Ibope informou que então questionou o TSE se poderia divulgar a pesquisa, que foi encomendada pelo jornal O Estado de S.Paulo e pela TV Globo, porém o Tribunal ainda não se pronunciou a respeito. 

Já o instituto Datafolha decidiu cancelar o registro da sua pesquisa por conta da situação do ex-presidente Lula.

Fonte: Opinião&Notícia

ago
28

Júlio Lóssio reúne-se hoje à tarde com lideranças de Olinda

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2018     Tags , ,

O candidato ao Governo de Pernambuco pela Rede Sustentabilidade, Júlio Lóssio, participa de encontro com lideranças das cidades de Olinda e Palmares (Zona da Mata Sul). Será no início da tarde desta terça-feira (28), no Paço Alfandega, bairro do Recife Antigo. Às 14h.

Hoje pela manhã, Lóssio concedeu entrevista ao comunicador Aldo Vilela, para o portal Leia Já. Às 11h ele participou da gravação da Live Pernambuco Pode Mais, para as redes sociais.

ago
21

“Unidos Contra a Corrupção” lança plataforma para adesão de candidatos

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2018     Tags , , ,

A Unidos Contra Corrupção lançou ontem (20), em Curitiba (PR), no 2º Congresso Pacto Pelo Brasil, do Observatório Social do Brasil (OSB), o formulário online para adesão à campanha de candidatos à Câmara dos Deputados e ao Senado. Por meio da plataforma da campanha na internet, todos os postulantes a cargos no Legislativo Federal podem mostrar ao eleitorado: 1) que têm passado limpo, 2) compromisso com a democracia e 3) que endossam as novas medidas contra a corrupção. Para aderir, os interessados devem acessar o site http://unidoscontraacorrupcao.org.br/, escolher a opção “candidato” no cabeçalho e preencher o formulário.

De 31 de agosto até o fim das eleições, o eleitorado brasileiro poderá conferir as candidaturas na plataforma e também seus status em relação aos critérios da campanha. A adesão de candidatos é voluntária. A intenção é levar ao eleitorado informação confiável, clara e acessível sobre quem tem passado limpo e está efetivamente comprometido com a luta contra a corrupção – não por discursos ou promessas vazias, mas por meio de reformas concretas e pela via democrática.

O critério de passado limpo para a campanha Unidos Contra a Corrupção é rigoroso, exigindo-se além do mínimo legal para todas as candidaturas. A referência são os crimes listados na Lei da Ficha Limpa, mas o limite temporal é descartado (consideram-se “passado limpo” os candidatos que nunca tiveram condenação por nenhum daqueles atos). No caso daqueles que concorrem à reeleição no Congresso Nacional, as organizações integrantes da coalizão que lidera a campanha verificarão ainda os processos a que esses parlamentares respondem no Supremo Tribunal Federal (STF).

Os postulantes a cargos na Câmara e no Senado poderão evidenciar também seu comprometimento com os princípios democráticos. Para tanto será necessário assinar o Pacto pela Democracia – iniciativa da sociedade civil brasileira voltada a defender a preservação e o revigoramento da vida política e democrática do país.

No caso das Novas Medidas contra a Corrupção, o candidato deverá se comprometer a, caso seja eleito, trabalhar já no início do seu mandato a colocar as propostas em tramitação e atuar por sua aprovação. Ressalvas às medidas serão aceitas desde que identificadas e devidamente justificadas.

ago
19

Nomes estranhos e engraçados de candidatos a deputados estaduais

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2018     Tags , , ,

Alexandre Acioli

Este ano, a disputa eleitoral para a Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) conta com dezenas de registros de candidatos com nomes inusitados, estranhos ou simplesmente engraçados. Como já tornou-se comum nos períodos eleitorais, muitos optam por garantir que o seu apelido ou a “alcunha” (nome/palavra que se acrescenta ao nome próprio como um sobrenome) apareçam no período da propaganda eleitoral no rádio e TV e nas urnas no dia da eleição.

Então, numa pesquisa rápida, o Blog OLINDA HOJE lista a seguir alguns nomes de candidatos a deputados estaduais que chamam a atenção. Não podemos afirmar se são os melhores (ou piores). Mas, achamos simplesmente engraçados. Tire as suas conclusões.

O que você acha de no dia 07 de outubro ir ao local de votação e digitar na urna eletrônica o número de Adriana Delícia, do PRP? Ou o de Júnior de Pereba, do PSC? Pode, ainda, optar por Ping, do PSDC; ou Preca, do PPS. Tem também Doutor Gatão, do Avante; Eduardo Bacana, do PROS; Cleiton Manteiga, do PSDB; Tieta do Agreste, do Patriotas; Tânia Mãe de João, do PSC; e Zé Lezinho, do PRB.

A lista não para por aí, afinal de contas, a Assembleia Legislativa de Pernambuco tem 49 vagas para deputados. Já imaginou o PHS elegendo a dupla Cristina Praticamente Reginaldo Praticamente? Não gostou? Então que tal votar em Nino Bike (Avante), Jorge Painho (Patriotas), José Coroinha (PRP), Josevaldo Cowboy (PRB), Jura da Bica O Amolado (PP) ou Meu Jovem (PPS)?

E se você pensa que a relação de nomes engraçados acabou, errou! Ainda tem Zé do Cachimbo (Patriotas), Bruna Roxinho (PP), Fofão (PSC),  Carlos Mobilidade (PHS), Patrícia Viúva (Solidariedade), Charel Lalu (PSOL), Juraci Saúde e Seriedade (PRTB), Cruel Josias (PROS), Moisés Tuite (DEM), Dedinho (PPS) e Rinaldo Caraveia (PCdoB).

Concluindo a lista preparada pelo Blog OLINDA HOJE estão: Bruno Marreca (Solidariedade), Luizinho Desafio (PV), Teacher Black (Patriotas), Valdir Palhaço (PPS), EdGás (Rede) e Ni do Badoque (PP); Manoel Dodoia, Marcão Firma  e Zaqueu O Maratonista, todos do PPS; Dedé (PSDC), Maurício Galvão Diamante Negro (PCdoB) e Ubira do Pop (Solidariedade).

Boa escolha! 

ago
2

Armando Monteiro critica PSB por “querer ganhar no tapetão”

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2018     Tags , ,

O pré-candidato ao Governo do Estado pela frente de Oposição “Pernambuco Vai Mudar”, senador Armando Monteiro (PTB), criticou a postura antidemocrática do PSB de forçar a retirada da pré-candidatura da vereadora do Recife, Marília Arraes, em troca do apoio dos petistas à reeleição do governador Paulo Câmara.

“Lamento que o PSB atue dessa forma, querendo atropelar, querendo ganhar no tapetão. É lamentável, mas o pernambucano vai avaliar isso, se é uma postura correta, se é democrático querer abafar as candidaturas, excluí-las”, disse Armando.  A convenção que vai oficializar a candidatura do petebista ocorre neste sábado (04), no Classic Hall, em Olinda, a partir das 9h.

“Eu lamento que o governo atue para tirar candidatos. Isso não é uma postura democrática. O que o pernambucano queria era ter mais opções para fazer a melhor escolha”, afirmou, completando: “Querem ganhar por WO, querem ganhar tirando os concorrentes do campo”.

Armando se disse solidário à vereadora. “Acho que ela deveria participar do processo e nós estávamos prontos para fazer o debate com ela também sobre os temas de Pernambuco”, salientou, reforçando o que disse durante a sua fala sobre o processo eleitoral deste ano. “Tenho um grande amor ao meu Estado.  Estamos prontos para debater os problemas de Pernambuco. O debate tem que ser sobre Pernambuco. Eles vão querer falar sobre o passado, mas o que nos interessa é o futuro de Pernambuco”, arrematou.

ago
2

Sorria, seu futuro está sendo roubado

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Artigos     Tags , ,

Celso Luiz Tracco – Economista 

Começou a temporada das convenções partidárias para definir as chapas e coligações para as próximas eleições de outubro. Em outras palavras, está aberto o balcão de negócios entre os partidos e os candidatos aos cargos eletivos. Uma verdadeira negociata onde tudo é financiado pelo dinheiro de impostos, menos o que realmente interessa ao dono do dinheiro, o povo. Em troca de alguns segundos de programa eleitoral gratuita, o candidato promete: cargos em estatais, em ministérios, na futura mesa diretora e em comissões do Senado e da Câmara Federal, aumentos de salário para servidores, doações de fundos para a campanha de seus “aliados” etc. A “criatividade para nos roubar é inesgotável”. Debate de ideias para tirar o Brasil da crise, reduzir déficit público e o desemprego, nem pensar. Eles nem sabem onde está o “Brasil real”. Eles só sabem onde está Brasília e seu pote de ouro. Ganhar seu quinhão no botim é o que importa. Os piratas do século XVII seriam meros “trombadinhas” perto dos nossos “representantes” legitimamente eleitos.

Mas, qual é a responsabilidade da população? Total, uma vez que temos a cultura de não discutir política, de achar que nada muda, que política é para quem não presta. Sim, enquanto as pessoas de bem não fizerem política, os aproveitadores e inescrupulosos se locupletarão.

Sei que nossas armas, isoladamente, têm baixo poder de fogo, mas, se nos unirmos em algumas causas comuns, creio que podemos incomodar esses verdadeiros faraós mumificados que se julgam divindades inatacáveis.

1 – Se o horário “gratuito” na TV e no Rádio é tão importante, então não vamos dar audiência. Iniciemos uma campanha via redes sociais propondo não assistir ou ouvir qualquer programa político, obrigatório ou não.

2 – Não votar em nenhum político que já tenha ocupado algum cargo público, de qualquer partido. A renovação deve ser ampla, geral e irrestrita.

3 – Não votar nos grandes partidos já muito conhecidos e mais comprometidos com esse sistema que gera contínuos escândalos. Quanto maior o partido, maior a quantidade de membros envolvidos com a roubalheira. Na divisão do roubo, todos estão irmanados, não importa a cor da bandeira.

Para o Brasil mudar, vai depender de pessoas preocupadas com o bem comum. A população precisa ser protagonista do seu destino, assumindo suas responsabilidades. Uma delas é o voto. Pela ação popular, podemos impedir que os maus políticos se reelejam. As redes sociais têm um grande poder e são de todos. Use-as para divulgar suas boas ideias sobre política. Ajude a formar um novo Brasil.

Ilustração: PalavraFaz

ago
1

Recifenses: 93% não admiram a classe política e 37% irão anular o voto

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2018     Tags , ,

A nova pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisas UniNassau revela que o cenário político está longe de mudar. De acordo com o levantamento, encomendado pelo LeiaJá em parceria com o Jornal do Commercio, 83% afirmam que não se interessam pela política e 93% não admiram a classe política

Apesar da falta de interesse pela política, ainda assim, 61% dos entrevistados afirmaram que irão votar no dia da eleição contra 30% que disseram que não. Os que estão na dúvida são 6% e os que não souberam ou não quiseram responder são 3%. O levantamento também mostrou que 59% irão votar em algum candidato. O número dos que disseram que irão anular o voto ainda é alto: 37%. 

A pesquisa UniNassau vai além e mostra um dado que, no mínimo, merece cautela: 36% dos entrevistados confessaram que nunca ouviram falar no cargo de senador da República e 58% disseram que sim. Sobre o que faz um senador, 18,1% responderam que criam as leis do país; 4,7% aprovam as leis da Câmara e/ou roubam; 3,3% representam Pernambuco em Brasília; 2,5% acham que são os “chefes” dos deputados e que fiscalizam o Executivo e, por último, 1,4% que elaboram projetos. 

Assim como a maioria dos recifenses mostraram que não se interessam pela política, uma porcentagem de 70% afirmam que não confiam no Poder Legislativo. Apenas 9% disseram que confiam e 14% se mostraram indiferentes. “A pesquisa mostra claramente que a classe política é desacreditada, que os eleitores não têm interesse pela política, não confiam no Poder Legislativo. Esses dados mostram decepção dos eleitores com a vida política do país, além disso, não podemos desprezar o fato de que 30% dos eleitores pretendem não comparecer às urnas, ou seja a gente já tem uma taxa de rejeição considerada”, salientou Adriano. 

jul
31

Câmara de Vereadores do Paulista lança serviço gratuito 0800

AuthorPostado por: Jornalismo Redação    CategoryEm: Serviços     Tags , ,

A Câmara de Vereadores do Paulista passou a disponibilizar à população do município o serviço de informações ao cidadão via ligação gratuita 0800.

Qualquer cidadão poderá ligar gratuitamente de um telefone fixo para o numero 0800.591.5066 e solicitar informações sobre assuntos relacionados à transparência e às atividades do poder legislativo municipal.

O atendimento acontece no horário de expediente das atividades administrativas da Câmara, das 8h às 14h. A ação faz parte do conjunto de implementações dirigidas pela Mesa Diretora para aumentar a transparência do legislativo municipal.

Informações da Câmara do Paulista podem ser acessadas no portal da Casa (https://camaradopaulista.pe.gov.br/)e no Portal da Transparência da Câmara: http://transparencia.camaradopaulista.pe.gov.br/. Também pelo e-mail sic@camaradopaulista.pe.gov.br e telefone: 81. 3433.0205.
 
jul
31

Governador vai a Paulista já em clima de campanha à reeleição

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2018     Tags , ,

O governador Paulo Câmara (PSB), sob o pretexto de prestação de contas da ação do Governo do Estado no município, esteve ontem (30) à noite em Paulista, onde participou do encontro denominado “Prosa Política”, organizado pelo PSB para discutir as ações realizadas pelas gestões socialistas.

Cerca de 1.500 pessoas estiveram presentes ao Clube Eurídice, local onde se realizou o encontro. Claramente o clima era de (pré)campanha às eleições de outubro. Ao lado do governador, a deputada federal Luciana Santos (PCdoB), o prefeito do Recife, Geraldo Júlio, os deputados estaduais Laura Gomes e Francismar Pontes (será apoiado pelo prefeito Júnior Matuto no município); os pré-candidatos Cal Volia, vereadora Irmã Iolanda (PSB), João Campos e Davi Muniz.

Após agradecer a acolhida, Paulo Câmara Paulo Câmara fez um balanço das ações do PSB na cidade, citando a duplicação da PE-01 (Janga), a requalificação do Mercado Público de Paratibe e os incentivos para a instalação da fábrica da InBetta no município. 

Os vereadores de Paulista também estiveram presentes ao ato: Evanil Belém, Fabiano Paz, Fábio Barros e Nildo Soldado, do PSB; Edinho e  Robertinho, do PCdoB; Carlos Francisco e Eudes Farias, do PSDC; Camelo e Márcio Freire, do PV; Augusto Costa (MDB), Edmilson do Pagode (PSD), Pedro Marinho (PSL) e Vinicius Campos (SD).

jul
27

“Nanicos” realizam convenção e formalizam coligação neste sábado

A candidatura de Armando Monteiro (PTB) ao Governo de Pernambuco terá o apoio formal dos partidos nanicos PSL, PHS, PRTB e PV. Amanhã (28) pela manhã as quatro legendas realizam convenção conjunta no Recife Praia Hotel. Começa às 9h.

Para a disputa das vagas na Câmara Federal e Assembleia Legislativa (Alepe) os quatro partidos formalizarão a coligação Avança Pernambuco. A expectativa do grupo é eleger pelo menos três deputados estaduais e até dois deputados federais. 

jul
27

Paulo Câmara, Felipe Carreras, Daniel Coelho, Francismar e Fred Ferreira são denunciados por campanha antecipada

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2018     Tags , ,

O Ministério Público Eleitoral em Pernambuco propôs quatro novas ações contra pré-candidatos por propaganda eleitoral antecipada em outdoors ou mídias similares no Recife. São alvos das representações o governador Paulo Câmara (PSB), que tentará a reeleição; os deputados federais Daniel Coelho (PPS) e Felipe Carreras (PSB); o deputado estadual Francismar Pontes (PSB) e o vereador Fred Ferreira (PSC). Os processos serão julgados pelo Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE).

De acordo com as normais eleitorais, a propaganda só é permitida a partir de 16 de agosto, dia seguinte ao término do prazo para o registro de candidaturas. O MP Eleitoral lembra que, antes do dia 16 de agosto, a legislação autoriza a menção à pretensa candidatura, a exaltação das qualidades pessoais dos pré-candidatos e a realização de alguns “atos de pré-campanha”, desde que não envolvam pedido explícito de voto. Porém, o Ministério Público entende que essas mensagens não podem ser veiculadas por meio de instrumentos que são vedados por lei no período permitido da propaganda eleitoral, como outdoors. 

O caso envolvendo o governador Paulo Câmara e os deputados Felipe Carreras e Francismar Pontes ocorreu na Avenida Norte, próximo à antiga fábrica de tecidos, no bairro da Macaxeira, onde foi colocada uma faixa com a informação de que o bairro de Casa Amarela ganhará mais uma academia da cidade. O anúncio trazia imagem e nome de alguns políticos do Estado, incluindo os três citados. Francismar Pontes também teve nome e foto divulgados em uma placa afixada em um imóvel na mesma via, mas no bairro de Casa Amarela, com os dizeres “Feliz Natal e um próspero Ano Novo” e “Somos Casa Amarela de corpo e alma”. Para o MP Eleitoral, a placa e a faixa, pelos seus tamanhos, são equiparáveis a outdoors, cuja utilização é proibida na campanha eleitoral.

No caso de Daniel Coelho, foram contratados dez outdoors, com custo total de R$ 5 mil, que traziam nome e foto do deputado federal e o texto “Relator do projeto que regulamentou e liberou aplicativos de transporte no Brasil”. Fred Ferreira, que deve pleitear uma vaga de deputado estadual, teve o nome e imagem divulgados em 15 outdoors, contratados pelo valor total de R$ 7,5 mil. As placas traziam os dizeres “Projeto de Lei 57/2018 – Criação da área de proteção ao ciclista de competição”. 

O Ministério Público ressaltou que a divulgação de atos parlamentares é lícita, mas que a exposição de nome e imagem em outdoors, com custo elevado, demonstra que os pré-candidatos tinham o objetivo de fazer propaganda eleitoral. 

Fonte: Folhape. Foto: Ricardo Antunes

jul
26

Ossésio Silva reivindica ao Estado mais atenção para a cidade do Paulista

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Denuncias     Tags , ,

O deputado estadual Ossésio Silva (PRB) encaminhou diversas reivindicações ao Governo do estado em favor no município do Paulista, localizado no Litoral Norte. Uma delas foi a indicação n° 11.461/2018, cobrando a conclusão das obras da Ponte do Janga.

Outros pleitos do parlamentar são a ampliação do projeto Juventude Presente; o aumento do policiamento ostensivo em diversos bairros e nas estações de BRTs e terminais integrados de passageiros; melhorias no abastecimento de água e a instalação de diversos programas do governo naquela cidade.

Sobre as obras da Ponte do Janga, o parlamentar destaca a importância da solicitação. “Os cidadãos são prejudicados diariamente com um trânsito caótico e ficam expostos a riscos de segurança, principalmente durante a noite, devido à péssima sinalização e iluminação precária do local” destaca na justificativa da proposição.

No sentido de ampliar a oferta de políticas públicas para juventude em Pernambuco, o deputado cobrou a ampliação do projeto Juventude Presente. “Essa reivindicação visa o fortalecimento de ações para o segmento, constituindo uma rede de prevenção e proteção social, tendo o jovem como agente principal desta construção” justifica.

O parlamentar ressalta, ainda, que os passageiros estão assustados com a onda de violência e insegurança. “Os constantes assaltos e depredações nas estações do BRT têm assustado quem usa esse tipo de transporte. As investidas dos criminosos são cada vez mais violentas, colocando em risco a vida dos usuários”, denuncia. Ossésio também destacou a importância de melhorar a segurança no Estado. 

jul
26

Armando é eleito senador mais comprometido com os municípios

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Política     Tags

 
A Confederação Nacional dos Municípios (CNM) considerou o senador Armando Monteiro (PTB-PE) o mais atuante em defesa dos municípios em 2017. O ranking, divulgado pela entidade, analisa a atuação de deputados e senadores em relação à pauta municipalista no Congresso Nacional. Com 84 pontos, Armando dividiu a primeira posição com o senador do Pará, Flexa Ribeiro. No ranking por Estado, o petebista também foi o primeiro colocado.

Armando Monteiro foi o relator e grande negociador para que o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) fosse aumentado, garantindo mais recursos para as cidades. “Mais de 80% das cidades brasileiras, que têm até 9 mil habitantes, dependem totalmente do FPM para manter os serviços públicos, como saúde, educação, limpeza pública e pagamento de pessoal. Por isso, defendi o aumento do FPM tanto em 2014 quanto em 2017. Foi uma luta vitoriosa dos prefeitos que tenho orgulho de ter participado e contribuído”, lembra Armando Monteiro.

Outro projeto importante que contou com participação decisiva do senador Armando Monteiro recentemente foi o que permite aos municípios considerarem como Manutenção e Desenvolvimento do Ensino as despesas com merenda e uniformes escolares. Atualmente a aplicação mínima obrigatória de 25% em educação não inclui esses gastos. O petebista foi o relator do projeto, de autoria do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), aprovado pela Comissão de Assuntos Econômicos. A CNM reúne mais de 5 mil municípios.

jul
15

Negociação entre PSB e PDT inclui apoio a Ciro e futura fusão

As articulações entre o PSB de Paulo Câmara e o PDT de Ciro Gomes para uma aliança na disputa presidencial deste ano incluem a discussão sobre uma eventual fusão entre as duas siglas em 2019.

“Tem conversas sobre isso com o PSB. Muitos têm esse desejo”, disse ao jornal O Estado de S. Paulo o presidente do PDT, Carlos Lupi.

A ideia surgiu como uma forma de fortalecer a base parlamentar de Ciro Gomes em caso de vitória, mas também pode ser aplicada em caso de derrota.

Fonte: LeiaJá

jul
12

Vereadores aprovam reajuste de 6,81% para servidores de Camaragibe

Ontem (11), a Câmara de Vereadores de Camaragibe aprovou um reajuste de 6,81% para os servidores públicos municipais, proposto pelo prefeito Demóstenes Meira(PTB).

Do reajuste dos servidores, 2,95% incidirá sobre os vencimentos básicos de dezembro de 2017, retroagindo os seus efeitos ao dia 1º de março deste ano. Já 3,26% serão incluídos no contracheque a partir de setembro.

Os vereadores também aprovaram o Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos para a Guarda Municipal. Os dois projetos seguem hoje (12) para sanção do prefeito.

Carnaval 2019

Está chegando o Sábado de Carnaval2 de março de 2019
158 dias restantes.

Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog:

Olinda Hoje