Navegando todos os artigos com a tag PSL
out
18

Bolsonaro não participará de debates

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), que lidera com folga as pesquisas de intenção de votos (59% a 41%), não participará de nenhum dos debates na TV com Fernando Haddad (PT) previstos até o segundo turno da eleição presidencial, em 28 de outubro, devido ao seu estado de saúde. A informação foi data na tarde desta quinta-feira (18) pelo presidente do partido, Gustavo Bebbiano.

“Apesar da melhora, o seu estado é ainda de absoluto desconforto para se submeter a uma situação de alto estresse sem nenhum motivo”, informou em entrevista coletiva no Rio de Janeiro. “Como já disse o candidato Bolsonaro: quem discute com poste é bêbado”, acrescentou Bebbiano.

Bolsonaro se refere a Haddad como o poste de Luiz Inácio Lula da Silva, em referência à expressão popular que diz que o carisma do ex-presidente preso poderia, inclusive, fazer eleger um pedaço de madeira. Na semana passada, Haddad se disse disposto a ir “até à enfermaria” para debater publicamente com o seu adversário.

Jair Bolsonaro continua se recuperando da facada que levou no início de setembro durante um comício em Minas Gerais. Na manhã de hoje, o cirurgião Antônio Luiz Macedo, chefe da equipe que o operou no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, assegurou a Agência Brasil que, do ponto de vista médico, o candidato pode participar dos debates se assim desejar, mas com certas limitações.

Fonte: AFP

out
17

Bolsonaro já tem 60,9% dos votos válidos, segundo a Paraná Pesquisas

AuthorPostado por: Jornalismo Redação    CategoryEm: Eleições 2018     Tags , ,

O Instituto Paraná Pesquisas, em parceria com a revista Crusoé, divulgou nesta quarta-feira (17) mais uma rodada de pesquisas para presidente da República.

O candidato do PSL, Jair Bolsonaro, chegou a 60,9% dos votos válidos contra 39,1% do petista Fernando Haddad.

O levantamento confirma a vantagem de Bolsonaro e evidencia o caminho para a maior votação de um presidente da República de todos os tempos.

Fonte: Edmar Lyra

out
17

Bolsonaro se esquiva dos debates, assim como fez Lula em 2006

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2018     Tags , , ,

Petistas e simpatizantes da candidatura do presidenciável Fernando Haddad (PT) andam reclamando do adversário Jair Bolsonaro (PSL) que não tem atendido aos pedidos de debates das emissoras de TV.

Acobertado por orientação médica, desde o início da campanha de segundo turno, Bolsonaro já cancelou a participação nos debates programados pela Band (dia 11), TV Gazeta/Estadão (dia 14), RedeTV!, na última segunda-feira (15) e do SBT, marcado para esta quarta-feira (17).

A estratégia de fugir do debate também foi adotada em 2006, pelo ex-presidente Lula (encarcerado numa cela da superintendência da Polícia Federal em Curitiba, desde abril, cumprindo pena de 12 anos por corrupção passiva e lavagem de dinheiro).

Na época (dia 28 de setembro de 2006), Lula não compareceu ao debate promovido pela TV Globo alegando que os adversários iriam privilegiar os ataques pessoais e deixar a discussão de propostas e ideias no segundo plano. Nada diferente de hoje.

Como o militar-candidato do PSL lidera com folga as pesquisas de intenção de votos (segundo o Ibope, Datafolha, Ipespe e BTG/Pactual) e não tem nada a ganhar no confronto direto com o petista, vai utilizando o argumento da orientação médica para não participar dos debates, pelo menos até amanhã (18), quando passará por nova avaliação médica. 

Ainda estão programados outros dois debates: na rede Record, no próximo domingo (21); e na TV Globo, no dia 26.  Mas, pelo andar da carruagem, Bolsonaro vai imitar o Lula de 2006.

Foto: Último Segundo

out
17

Militares no poder

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2018     Tags , , ,

A “onda” Jair Bolsonaro no país foi responsável pela eleição de 52 deputados federais do PSL, dos quais 21 ligados às Forças Armadas, polícias Federal, militares e civis.

Entre eles estão dois generais da reserva (Exército), um tenente-coronel da Polícia Militar de São Paulo, um sub-tenente do Exército e uma major militar do Rio de Janeiro, um cabo militar de Minas Gerais e quatro delegados.

O PSL também elegeu um senador militar: o Major Olímpio, responsável por desbancar o favorito Eduardo Suplicy (PT), em São Paulo. 

Foram eleitos, ainda, 10 conhecidos ativistas da chamada “Nova Direita“, com intensa atuação nas redes sociais. 

A futura bancada “bolsonarista” promete ser ruidosa. Já anunciou que vai entrar para valer na disputa pela presidência da Câmara.

out
16

As pesquisas estão erradas?

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2018     Tags , , ,

Pelo visto, todo o arsenal de denúncias do presidenciável Fernando Haddad (PT) contra o seu adversário Jair Bolsonaro (PSL) não têm surtido efeito. O candidato militar, de direita, continua liderando todas as pesquisas de intenção de votos neste segundo turno.

Nos últimos sete dias, quatro pesquisas apontam a vantagem de Bolsonaro: na última quarta-feira (10), o Datafolha divulgou levantamento onde o presidenciável do PSL tem 58% dos votos válidos, contra 42% do candidato do PT. No dia seguinte (11), saiu o resultado da pesquisa do XP/Ipespe, dando vantagem para Bolsonaro – 59% a 41%.

As pesquisas do BTG Pactual, divulgada no último domingo (14), e a do Ibope, publicada ontem (15), também apontam a consolidação de Jair Bolsonaro na dianteira. Ambas, dão 59% dos votos válidos para o social liberal, contra 41% do petista Haddad.

Esses percentuais, significam uma dianteira de algo em torno de 20 milhões de votos de vantagem para o deputado-militar. O PT ainda tem 12 dias para virar o jogo!

out
15

Ibope aponta Bolsonaro com 59% dos votos válidos. Haddad tem 41%

AuthorPostado por: Jornalismo Redação    CategoryEm: Olinda     Tags , , ,

O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, abriu 18 pontos de diferença do seu adversário Fernando Haddad (PT). Segundo pesquisa Ibope divulgada na noite desta segunda-feira (15), o deputado tem 59% dos votos válidos e Haddad, 41%. Este é o mesmo percentual divulgado ontem (14), pela pesquisa do BTG Pactual.  

A contagem, que exclui brancos, nulos e indecisos como a Justiça Eleitoral faz no dia da eleição, confirma a onda conservadora que quase deu a vitória em primeiro turno ao presidenciável do PSL. No primeiro turno, Bolsonaro teve 46% dos votos válidos e Haddad, 29%.

A sondagem do Ibope, de âmbito nacional, ouviu 2.506 eleitores entre os dias 13 e 14 de outubro. A margem de erro da pesquisa, contratada pela TV Globo e pelo jornal O Estado de São Paulo, é de dois pontos percentuais para mais ou para menos, e o levantamento tem o registro BR01112/2018 no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O intervalo de confiança é de 95%.

Fonte: Folhapress

out
15

Segundo turno sem debates

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2018     Tags , ,

Com 58% dos votos válidos, segundo a recente pesquisa do Datafolha, o candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, não está nem aí para os debates neste segundo turno.

Para ele, por pura estratégia e pragmatismo eleitoral, é melhor “deixar como está”. Bolsonaro sabe que ir aos debates com Fernando Haddad (PT), que tem 42% dos votos válidos, pode não lhe render votos. Então, como não tem o que ganhar, evita o confronto olho no olho.

O candidato do PSL cancelou os debates que estavam programados para a última quinta-feira, dia 11, na Band, e para ontem (14), na TV Gazeta/Estadão. Também descartou os debates agendados para esta segunda-feira (15),  na RedeTV!, e na próxima quarta-feira (17), no SBT.

A alegação é de que, por determinação médica, não participará de confrontos pelo menos até o próximo dia 18 de outubro. E, pelo andar da carruagem, deverá cancelar, também, os debates programados para os próximos domingo (21), na rede Record, e no dia 26, na TV Globo.

out
15

Pesquisa BTG Pactual divulgada ontem: Bolsonaro 59%, Haddad 41%

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2018     Tags , , ,

O instituto FSB divulgou nesse domingo (14), o resultado de uma pesquisa de intenção de voto para o segundo turno, encomendada pelo Banco BTG Pactual. Nela, Jair Bolsonaro (PSL) aparece com 59% dos votos válidos e Fernando Haddad (PT), com 41%.

Em relação aos votos totais, Bolsonaro aparece com 51% contra 35% de Haddad. Dos entrevistados, 5% alegaram que irão anular o voto. Já 6% disseram que não irão apoiar ninguém e 3% não responderam.

Entre os eleitores do candidato Jair Bolsonaro, 94% disseram que não há nenhuma possibilidade de mudarem o seu voto.

out
9

PTB decide apoiar Jair Bolsonaro no segundo turno

Após reunião da executiva nacional do PTB, em Brasília, o presidente da legenda, Roberto Jefferson, anunciou nesta terça-feira (09) que apoiará o candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro. Em nota, ele afirma que Bolsonaro é a opção para a pacificação e a união do Brasil.

“Acreditamos que Jair Bolsonaro trabalhará para que o nosso país volte aos trilhos do desenvolvimento social e econômico, e pela pacificação e união do povo brasileiro”. De acordo com Jefferson, a decisão foi tomada após consultas aos integrantes da Executiva Nacional do PTB.

“O PTB acredita que as propostas de Bolsonaro visam a um Brasil com mais empregos e melhoria de renda aos trabalhadores; com menos impostos e menos gastos públicos; e que respeite nossos municípios e nossas crianças, proporcionando a elas educação de verdade e com qualidade. Dentre outros, são projetos que objetivam um país eficiente e competitivo”, destacou em nota.

No Congresso Nacional, o PTB perdeu nomes tradicionais, que não conseguiram se reeleger como Cristiane Brasil (RJ), filha de Roberto Jefferson, Jovair Arantes (GO) e Nelson Marquezelli (SP). Todos eles tentaram a reeleição na Câmara sem sucesso. O partido conseguiu eleger nove deputados para a próxima legislatura.

Fonte: Agência Brasil

out
9

PT e PSL terão as maiores bancadas na Câmara Federal

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2018     Tags , ,

O PT e o PSL elegeram as maiores bancadas para a Câmara Federal. O PT, que em 2014 elegeu 69 deputados, elegeu este ano 56, dois dos quais de Pernambuco: Marília Arraes e Carlos Veras.

Já o PSL, que atualmente tem apenas um deputado federal, elegeu este ano 52, entre eles o pernambucano Luciano Bivar.

O MDB perdeu quase a metade do espaço que conquistou em 2014, quando elegeu 65 deputados. Agora elegeu apenas 34, entre eles o pernambucano Raul Henry.

O Partido Novo, que estreou nas eleições de 2018, conseguiu elegeu oito deputados, nenhum deles em Pernambuco.

A Câmara Federal é composta hoje por 25 partidos e a partir de 2019 será integrada por 30.

out
9

Haddad e Bolsonaro devem participar de seis debates no segundo turno

As campanhas dos presidenciáveis Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL) se preparar para as próximas três semanas de campanha. Os debates envolvendo os dois concorrentes ao Palácio Planalto já devem ter início na próxima quinta-feira (11), às 22h, na Band. Seis debates estão marcados até o final da campanha.

Em seguida, a TV Gazeta/Estadão pretende colocar ambos frente a frente, às 18h, do próximo domingo (14). No outro dia, na segunda-feira (15), os adversários se reencontrarão no debate da RedeTV!, às 22h. 

O Sistema Brasileiro de Televisão (SBT) deve realizar o confronto na quarta-feira (17), às 17h45. No domingo (21), será a vez da Record, às 22h, transmitir mais um embate pela corrida presidencial. Finalmente, a TV Globo fará o seu tradicional encontro entre os candidatos, às 21h30, da sexta-feira (26). Os brasileiros vão às urnas novamente no domingo (28).

Fonte: Folhape

out
8

No segundo turno, Mendonça Filho pedirá votos para Jair Bolsonaro

O deputado federal e ex-ministro da Educação, Mendonça Filho (DEM), derrotado na disputa por uma vaga no Senado, declarou apoio ao candidato Jair Bolsonaro (PSL), no segundo turno das eleições à presidência da República. Disse que, independentemente da posição tomada pelo seu partido, caminhará com o candidato do PSL.

Em 2016, Mendonça Filho teve papel de destaque nas articulações que culminaram no impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT). Durante parte da campanha eleitoral deste ano, Mendonça Filho evitou fazer críticas ao ex-presidente Lula (PT), devido a alta popularidade do petista em Pernambuco.

Mas, na reta final, ao perceber o crescimento do antipetismo, adotou uma posição mais incisiva. Ontem (07), após a derrota, Mendonça Filho voltou a atacar o PT de maneira contundente. “Vou defender que o partido apoie Jair Bolsonaro para tirar o Brasil dessa organização criminosa que comandou o país por 13 anos”, disse o ex-ministro da Educação.

out
8

Bolsonaro ganha a eleição em 16 Estados e no Distrito Federal

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2018     Tags , ,

O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, ganhou a eleição em 16 Estados e no Distrito Federal. Mas perdeu em Pernambuco para o petista Fernando Haddad. 

Na divisão por regiões, Jair Bolsonaro venceu em todos os Estados do Centro-Oeste (Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, além do Distrito Federal), do Sudeste (São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo) e do Sul (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul).

No Norte, Bolsonaro foi majoritário no Tocantins, Amazonas, Rondônia, Amapá, Roraima e Acre. Ganhou, também, em todas as capitais do Centro-Oeste, do Norte, do Sul e Sudeste.

Bolsonaro perdeu para Haddad (PT) no Pará e em oito Estados do Nordeste (Maranhão, Piauí, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia). Já Ciro Gomes (PDT) só ganhou no Ceará.

out
8

Jair Bolsonaro vence em 23 capitais, inclusive no Recife

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2018     Tags , ,

Nas capitais brasileiras, o candidato à Presidência da República do PT, Fernando Haddad só ganhou em São Luís (MA), Teresina (PI) e Salvador (BA). Ciro Gomes foi majoritário apenas em Fortaleza (CE). Os números estão registrados no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Bolsonaro venceu no Recife (383.895 votos contra 267.389 votos de Haddad), Boa Vista (RR), Manaus (AM), Rio Branco (AC), Porto Velho (RO), Cuiabá (MT), Brasília (DF), Goiânia (GO), Campo Grande (MS), Macapá (AP), Belém (PA), Palmas (TO), Natal (RN), João Pessoa (PB), Maceió (AL), Aracaju (SE), Salvador (BA), Belo Horizonte (MG), Vitória (ES), Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Curitiba (PR), Florianópolis (SC) e Porto Alegre (RS).

out
7

Deputada mais votada do Brasil é do partido de Bolsonaro: 2.031.829 votos

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2018     Tags , ,

Puxada por Jair Bolsonaro (PSL) e pelo antipetismo, a professora Janaina Paschoal (PSL) alcançou, na eleição para a Assembleia Legislativa de São Paulo, a maior votação da história entre candidatos para deputado no Brasil.

Com 2.031.829 votos (e 98,29% das urnas apuradas), Paschoal superou o recorde histórico nas disputas para o legislativo estadual paulista, mas também obteve mais votos do que o campeão de votos para deputado federal. 

A marca foi alcançada neste ano por Eduardo Bolsonaro (PSL), candidato à Câmara Federal por São Paulo. Ele atingiu 1.814.443 votos (com 98,29% das urnas apuradas).

Janaina Paschoal foi autora do processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff (PT) e esteve cotada para ser vice de Bolsonaro. Sua votação em São Paulo foi superior ao que recebeu candidatos à presidente como o Cabo Daciolo (Patriota), Henrique Meirelles (MDB) e Marina Silva (Rede).

A votação de Paschoal foi mais de seis vezes superior do que a maior marca já alcançada por um candidato à Assembleia paulista. Em 2014, o tucano Fernando Capez, que já era deputado, liderou a disputa com 306.268 votos.

Os votos recebidos pela deputada eleita representam 9,92% dos votos válidos. Paschoal teve quatro vezes mais votos que o segundo colocado, Arthur Mamãe Falei (DEM), que se notabilizou na internet como militante antipetista e é integrante do Movimento Brasil Livre (MBL). Arthur recebeu 470.606 votos.

O PSL, de Jair Bolsonaro e Paschoal, ainda garantiu o quinto candidato mais bem votado. Gil Diniz, autointitulado Carteiro Reaça, obteve 210.439 votos.

Esse fenômeno deve ajudar o PSL a ter a maior bancada na Assembleia a partir do ano que vem – a sigla não tinha nenhum deputado. As cadeiras da Assembleia dependem do cálculo que leva em conta o total de votos recebidos por partidos e legendas.

Fonte: Folhapress

out
4

Jorge Federal anuncia apoio à candidatura de Jair Bolsonaro

O presidente da Câmara Municipal de Olinda, vereador Jorge Federal (PR), anunciou, agora à noite, o seu apoio à candidatura de Jair Bolsonaro (PSL) a presidente da República. “O Brasil precisa de mudanças e a verdadeira mudança é Bolsonaro”, disse o parlamentar, em nota oficial.

Jorge Federal justificou a sua escolha como a melhor, dando como exemplo a reação da queda do dólar. “Os investidores já olham para o Brasil com expectativa de um país melhor como se vê evidenciado pelas últimas pesquisas, a vitória de Bolsonaro ainda no primeiro turno.”

“Precisamos retomar a credibilidade do nosso país. Precisamos criar vagas de emprego para a população de mais de 13 milhões de desempregados. Precisamos coibir fortemente o crime organizado, acabar de vez com a corrupção”, acrescenta a nota.

out
1

Bolsonaro não vai aos debates, assim como Lula também não foi em 2006

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2018     Tags , ,

O petista Fernando Haddad (PT) tem reclamado que o seu concorrente ao Palácio do Planalto, Jair Bolsonaro (PSL), está fugindo dos debates programados pelas emissoras de TV

Por determinação médica, o candidato do PSL já cancelou a participação em quatro debates que estavam programados pela Band (dia 11), TV Gazeta/Estadão (dia 14), RedeTV! (dia 15) e o que seria realizado nesta quarta-feira (17), pelo SBT.

Na sua defesa, os “bolsonaristas” alegam que o motivo do cancelamento (estado de saúde) e justificável, diferentemente de Lula (PT), que em 28 de setembro de 2006 fugiu do debate promovido pela Rede Globo entre os candidatos à Presidência da República.

Na época, uma nota divulgada pelo PT, informava que Lula (atualmente preso numa cela da superintendência da Polícia Federal em Curitiba-PR, condenado em duas instâncias por corrupção passiva e lavagem de dinheiro) não iria à TV Globo sob a alegação de que alguns adversários iriam se dedicar aos ataques e deixar o debate de ideias e propostas em segundo plano.

Nada diferente de hoje.

set
30

Bruno Araújo e Mendonça Filho recebem apoio de ‘Bolsonaristas’

AuthorPostado por: Jornalismo Redação    CategoryEm: Eleições 2018     Tags , ,

Com o intuito de se opor aos candidatos ligados ao PT, uma das carreatas pró-Bolsonaro deste domingo (30), organizada pelo coronel da Força Aérea Brasileira (FAB), Marcos Koury, declarou apoio aos candidatos Bruno Araújo (PSDB) e Mendonça Filho (DEM), ao Senado. “Chega de PT, chega de desemprego”, disse o Coronel Koury.

Estão confirmadas as participações de três trios elétricos e dez carros de som. Aproximadamente 600 motocicletas e 1.200 automóveis foram cadastrados.

Os candidatos não confirmaram a presença na carreata deste domingo (30), mas segundo o coronel Koury, foram oficialmente convidados para distribuir material de campanha e prestigiarem o momento. “Deixei à disposição deles, para panfletar, para sair no trio elétrico e, inclusive, tocar o jingle da campanha dele (Bruno Araújo)”, disse Koury.

A concentração dessa carreata (há outra saindo próximo ao Hospital da Aeronáutica, organizada pelo movimento ‘Direita Pernambuco’) será às 9h, na Avenida Mascarenhas de Morais, 2.350, em frente ao Banco do Brasil. A expectativa do grupo é reunir o maior número de apoiadores de forma voluntária.

Apoio – Ao participar da sabatina do ‘Resenha Política da TV JC, Bruno Araújo não descartou a possibilidade de apoiar Bolsonaro em um segundo turno. “Há uma conta enorme e aí é discutir com a sociedade e o partido. Mas tenho certeza que o PT não é o caminho para o País. Vai ter que discutir (apoio a Bolsonaro)”, argumentou Bruno durante a entrevista.

Mesmo os candidatos ao Senado integrando a chapa majoritária de Armando Monteiro (PTB), candidato ao Governo do Estado, o grupo responsável pelo ato ainda não definiu o seu apoio para governador. O evento se denomina 
apartidário e pretende indicar um nome para o apoio em breve.

A coordenação é composta por oficiais das Forças Armadas, policiais militares e civis, Bombeiros militares e civis, empresários, representantes da Maçonaria e de vários segmentos religiosos. Esta carreata é a última antes das eleições, que de maneira voluntária apoiam a candidatura do deputado federal Jair (PSL) à Presidência da República.

Fonte: Portaldeprefeitura.com.br

set
27

Campanha de Bolsonaro recruta fiscais para o dia da eleição

A coordenação do candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL), em Pernambuco, faz em caráter de urgência, campanha para atrair voluntários à função de fiscais de urna, em prol do presidenciável, em todos os municípios do Estado. Os interessados devem enviar mensagem via WhatsApp: 87. 9.9638.6012.

Segundo o TSE, cada partido ou coligação pode nomear, para cada mesa receptora de votos, dois fiscais, que devem atuar alternadamente, mantendo-se a ordem no local de votação. Aos fiscais é permitido acompanhar o andamento dos trabalhos, formular protestos ou impugnações, inclusive quanto à identidade do eleitor, se for o caso, podendo atuar em mais de uma seção.

Podem ser fiscais pessoas maiores de 18 anos que sejam nomeadas pelos partidos políticos. Além dos fiscais, os candidatos registrados e os delegados também podem fiscalizar a votação. O fiscal deverá ter uma credencial emitida pelo seu partido político e visada pelo Juiz Eleitoral. No dia da eleição o fiscal tem que apresentar a sua credencial ao presidente da mesa receptora. Na junta eleitoral, turma ou mesa receptora, só pode atuar um fiscal de cada vez.

set
10

Depois da facada, Bolsonaro alcança 30% de intenções de votos

AuthorPostado por: Jornalismo Redação    CategoryEm: Eleições 2018     Tags , ,

A pesquisa do BTG Pactual mostrou que o candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL), oscilou quatro pontos positivamente, saltando de 26% para 30% das intenções de voto, enquanto seus adversários seguiram oscilando dentro da margem de erro, chegando a 46% todos os demais.

Transformando em votos válidos, excluindo brancos, nulos e indecisos, Jair Bolsonaro atingiu quase 40% das intenções de voto.

O melhor colocado, logo após o candidato do PSL, é Ciro Gomes (PDT), que chega a 16% dos votos válidos. Todos os demais adversários ficaram abaixo de 8%.

Pelo levantamento, hoje teríamos um segundo turno entre Jair Bolsonaro e Ciro Gomes.

Fonte: EL Foto: Noblat

Carnaval 2019

Está chegando o Sábado de Carnaval2 de março de 2019
134 dias restantes.

Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog:

Olinda Hoje

%d blogueiros gostam disto: