Navegando todos os artigos com a tag PT
abr
6

Ordem de prisão de Lula é a mais rápida entre réus soltos da Lava Jato

AuthorPostado por: Jornalismo Redação    CategoryEm: Denuncias     Tags , ,

O juiz Sergio Moro nunca determinou o cumprimento de pena de réus soltos da Operação Lava Jato menos de um ano depois de condená-los, exceto o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Moro sentenciou Lula a nove anos e seis meses de prisão em 12 de julho do ano passado e assinou o despacho que ordena sua prisão nessa quinta (05), menos de nove meses depois. 

Nesse meio tempo, o processo foi enviado ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), revisado por três juízes, julgado, teve recurso julgado e foi considerado esgotado na segunda instância. A pena do petista foi aumentada para 12 anos e um mês.

As outras oito determinações de prisão de réus que estavam soltos na Lava Jato do Paraná demoraram entre 18 e 30 meses para serem expedidas. A última ordem de prisão, do ex-sócio da Engevix, Gerson de Melo Almada, em março, durou dois anos e três meses para ter prisão determinada.

Em janeiro, Moro determinou a prisão do agente da Polícia Federal Jayme Alves de Oliveira Filho, o Jayme Careca, que distribuía propina para o doleiro Alberto Youssef. A prisão aconteceu dois anos e meio após a sentença.

A rapidez com que Lula vai ser preso acontece por causa da celeridade que o processo tramitou após a condenação do juiz de Curitiba. O caso foi o que mais rápido chegou à segunda instância.

Foram 42 dias entre a decisão e o início da tramitação no Tribunal. O juiz afirma que os prazos do processo foram estritamente seguidos. Na Corte, sediada em Porto Alegre, a ação contra o ex-presidente foi a segunda mais rápida da Lava Jato, ultrapassando outras sete ações da operação.

O ex-presidente foi condenado por lavagem de dinheiro e corrupção por, de acordo com a acusação, ter recebido um tríplex reformado da construtora OAS como propina de contratos da empresa com a Petrobras. Ele nega as acusações.

Fonte: Folha PE

abr
5

Veja a repercussão da ordem de prisão do ex-presidente Lula

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Denuncias     Tags , ,

Por: Gustavo Garcia, Fernanda Calgaro, Guilherme Mazui e Fernanda Vivas, G1 e TV Globo, Brasília

Políticos reagiram à ordem de prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) expedida nesta quinta-feira (05) pelo juiz federal Sérgio Moro. 

Lula foi condenado em duas instâncias da Justiça no caso do triplex em Guarujá (SP). A pena definida pela 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) é de 12 anos e 1 mês de prisão, com início em regime fechado.

Veja abaixo o que disseram os políticos (as declarações foram organizadas por ordem alfabética):

Álvaro Dias (Podemos-PR), líder do partido no Senado – “É lastimável ver um ex-presidente da República ser conduzido à prisão. Mas é um avanço. A impunidade perdeu. O Estado de Direito prevaleceu. As leis estão governando os homens neste momento e nós estamos caminhando para a inauguração de uma nova Justiça no Brasil.”

Alex Manente (PPS-SP), líder do partido na Câmara – “Um dia histórico para o Brasil. Finalmente está sendo preso o ex-presidente Lula, chefe de uma das maiores organizações criminosas com o dinheiro público. Não tenho dúvida que isso deixa todos nós com a sensação de Justiça, que ela chega para todos, que não pode se cometer crime em qualquer escala de poder. Mas também nos deixa envergonhados perante o mundo ver um ex-presidente preso.”

Ana Amélia (PP-RS), senadora – “Ninguém está acima da lei!”

Ciro Gomes (PDT-CE), pré-candidato a presidente – “Estou acompanhando com muita tristeza tudo que está acontecendo com o ex-presidente e meu amigo Luiz Inácio Lula da Silva. Por mim, e por muitos brasileiros, especialmente os mais pobres, por quem ele tanto fez. Espero que os próximos recursos possam prontamente quanto possível estabelecer sua liberdade. Parte importante do país na qual me incluo, não consegue ver justiça, muito menos equilíbrio em uma providência tão amarga, enquanto remanescem intocados notórios corruptos do PSDB.

Chico Alencar (PSOL-RJ), deputado federal – “É uma celeridade impressionante, parece que têm medo de alguma reação popular, sequer apreciam os recursos finais, os chamados embargos dos embargos, há uma insegurança desse poder tão imperial. Tudo isso contribui para que se reaja. Por que no caso do Lula tem essa pressa total?”

Darcísio Perondi (MDB-RS), vice-líder do governo na Câmara – “A justiça sendo feita no Brasil. Um ex-presidente da República, condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, deverá cumprir 12 anos de cadeia. Ele tem até amanhã, sexta-feira, às 17h, para se apresentar em Curitiba. A decretação da prisão do Lula é uma mostra de que já passou o tempo da impunidade e que os graúdos do colarinho branco também podem ser presos e pagar por seus erros.”

Evo Morales, presidente da Bolívia – “Repudiamos a revoltante decisão da Justiça do Brasil que, ameaçada por oligarquias corruptas, negou o direito constitucional do irmão Lula da Silva a se defender em liberdade. Essa sentença ilegítima é um golpe institucional contra a democracia do povo do Brasil.”

Geraldo Alckmin (PSDB), governador de São Paulo – “É lamentável ver a decretação da prisão de um ex-presidente, mas tenho a convicção de que isso simboliza uma importante mudança que vem ocorrendo no Brasil: o fim da impunidade. A lei vale para todos.”

Gleisi Hoffmann (PT-PR), senadora e presidente do partido – “Violência sem precedentes na nossa história democrática. Um juiz armado de ódio e de rancor, sem provas e com um processo sem crime, expede mandado de prisão para Lula, antes de se esgotarem os prazos de recurso. Prisão política, que reedita os tempos da ditadura.”

Humberto Costa (PT-PE), líder da minoria no Senado – “Esse mandado de prisão expedido de forma absolutamente açodada é mais um declarado abuso nessa caçada política implacável contra Lula. É um escândalo que envergonha o Brasil.”

Jandira Feghali (PCdoB-RJ), deputada federal – “O momento exige de nós coragem. O arbítrio chegou ao limite e a prisão de Lula sem provas foi decretada. Não nos calamos durante os duros anos da ditadura e não nos farão esmorecer agora. Permaneceremos ao lado dos que lutam pela democracia. A força de Lula será a nossa força.”

João Derly (Rede-RS), líder do partido na Câmara – “A prisão de Lula, condenado por corrupção, demonstra que os danos causados pelo mau uso da coisa pública tem consequências graves perante a lei. O ex-presidente será preso mas não podemos cair em “falsas verdades”, como a de que Lula é um perseguido político ou que sua prisão acabará com a corrupção. É neste momento de crise que precisamos reafirmar a crença na democracia e nos seus instrumentos. O respeito à constituição é a garantia de que depois de amanhã, passada a turbulência, o Brasil será mais um país forte e mais justo.”

José Rocha (PR-BA), líder do partido na Câmara – “Acho que isso é muito ruim para a política brasileira. Lula é um líder, essa decisão do Supremo, dividida, divide o país também. Muito ruim isso. A Suprema Corte tem que definir por unanimidade. Acho que [o Moro] deveria ter esperado os embargos, não tem por que essa pressa, ele [o Lula] não vai fugir do país. Devia esperar mais até para não ter esse tipo de questionamento.”

Lindbergh Farias (PT-RJ), líder do partido no Senado – “Isso é um absurdo porque a defesa do presidente Lula ainda tinha até terça-feira (10) para apresentar os embargos dos embargos […]. Essa prisão é um absurdo, ilegal, inconstitucional.”

Marcos Rogério (DEM-RO), deputado federal – “A decisão do juiz Sérgio Moro é um desfecho de todo processo até agora. A decisão dele mostra que o sistema penal está funcionando, que a lei vale para todos.

Maria do Rosário (PT-RS), deputada federal – “Moro tem seu despacho de prisão contra Lula pronto há quanto tempo? Inaceitável! Lula e advogados decidirão e têm meu apoio, mas não creio, por ser inocente, que Lula deva se entregar em Curitiba.”

Miro Teixeira (Rede-RJ), deputado federal – “São momentos indesejáveis que se somam: o momento da corrupção que fez tanto mal à população brasileira e esse outro momento de ver um líder de tantas lutas ser recolhido à prisão. O Lula não é exclusivamente um ex-presidente. É um símbolo da luta contra a ditadura, pela anistia, pela democracia de um modo geral. Mas, exatamente com base nos postulados democráticos, ele recebe uma pena de reclusão.”

Nicolás Maduro, presidente da Venezuela – “Não só o Brasil mas o mundo inteiro te abraça, Lula. Dói a alma esta injustiça. A direita, ante a sua incapacidade de ganhar democraticamente, elegeu o caminho judicial para amedrontar as forças populares.”

Paulo Bauer (PSDB-SC), líder do partido no Senado – “A lei existe e ela deve ser cumprida por todos, independente da posição social, independente da biografia, independente da sua condição econômica e política. Quando alguém descumpre a lei, existe uma penalidade, que é aplicada pela Justiça. O ex-presidente da República descumpriu leis, foi julgado, teve direito à defesa. E no julgamento o entendimento foi de que ele merecia uma penalidade. […] A decisão judicial deve ser cumprida pelo ex-presidente e por isso agora ele tem que se entender e tem que prestar contas da sua vida para o Judiciário, e não mais para a sociedade”.

Roberto Jefferson, presidente do PTB e condenado no mensalão – “Não tenho sentimento de vingança em relação a Lula. Também não desejo seu mal. Muito menos comemoro sua prisão. Já passei por isso e sei o quanto uma prisão é desumana, cruel. Recomendo a Lula resignação, paciência, humildade, calma. Que saiba tirar as lições necessárias.”

Rodrigo Garcia, líder do DEM na Câmara – “A decisão do juiz Sérgio Moro segue a lei. Nós estamos num Estado Democrático de Direito, o ex-presidente Lula teve direito à sua defesa, usou todos os recursos estabelecidos no Código Penal e foi condenado. Por isso, espero que ele se apresente conforme a determinação do juiz Sérgio Moro.”

Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara – Aqueles que têm responsabilidade pública, em qualquer nação, não podem celebrar a ordem de prisão de um ex-presidente da República. No entanto, o mandado de prisão decorreu de um processo submetido à mais alta Corte do Poder Judiciário, em que foi respeitado o amplo direito de defesa. O Brasil é uma democracia madura onde as instituições funcionam plenamente. Toda e qualquer manifestação em relação ao mandado de prisão precisa respeitar a ordem institucional.”

Ronaldo Caiado (DEM-GO), líder do partido no Senado – “A prisão de Lula mostra a força e a conscientização do povo brasileiro em não aceitar quem usa o cargo público para corromper e ser corrompido. É uma quebra de paradigma, pois ninguém imaginava que um dia um ex-presidente corrupto iria para a cadeia.”

Rubens Pereira Júnior (PCdoB-MA), vice-líder do partido na Câmara – “A decisão, de forma açodada, ocorreu antes de serem esgotados todos os recursos em segunda instância. […] Uma velocidade descomunal.”

Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), líder do partido no Senado – “Barbaridade! Prisão de Lula decretada e ainda dizem que a lei é para todos! Como assim? Condenaram Lula sem provas e prendem sem trânsito em julgado! Ah! Ele não é do PSDB! Vamos reagir.”

mar
26

Calote do PT: credores cobram dívidas de R$ 46 milhões na Justiça

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Denuncias     Tags , ,

Rogério Gentile – Folha de S. Paulo

Empresas que trabalharam para o PT nas últimas campanhas eleitorais cobram judicialmente ao menos R$ 46 milhões em dívidas do partido. A Folha de São Paulo localizou 24 processos contra o partido na Justiça paulista. A maior parte tem como alvo da cobrança o diretório estadual do PT de São Paulo.

Entre os credores, há empresas de marketing político, gráficas, produtoras, fornecedores de material promocional, um escritório de advocacia e até uma prestadora de serviços contábeis. 

Mais um obstáculo nos planos eleitorais do PT em 2018, as dívidas começaram a se multiplicar em 2014, ano de deflagração da Operação Lava Jato

As principais empreiteiras do país, patrocinadoras tradicionais de campanhas, foram atingidas pelas investigações. Em troca de contratos superfaturados, distribuíam propinas e alimentavam os principais partidos políticos com doações volumosas.

Em 2015, no desdobramento da Lava Jato, o Supremo Tribunal Federal proibiu o financiamento empresarial. Desde então, as únicas fontes legais são as contribuições de pessoas físicas e os repasses do fundo partidário, financiado por verba pública.

Em 2017, o PT recebeu R$ 88,4 milhões em duodécimos do fundo partidário. A dívida cobrada na Justiça de São Paulo representa cerca de 52% desse valor.

Charge: Blog do Magno

mar
15

João Paulo pede afastamento do PT

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Política     Tags , ,

Ventilado como possível vice ou candidato ao Senado na chapa do governador Paulo Câmara (PSB), o ex-prefeito do Recife João Paulo pediu afastamento do PT.

Em carta entregue ao partido na última terça-feira (13), o petista, segundo o presidente estadual da sigla, Bruno Ribeiro, alegou motivos de ordem pessoal sem dar maiores detalhes.

Mas, nos bastidores, comenta-se que o ex-gestor estaria incomodado com ruídos internos e acusações de que ele articularia aliança com o PSB enquanto parte do partido quer a candidatura própria. O partido está elaborando uma nota sobre o assunto.

O afastamento coincidiu ainda com a condenação do petista no caso da contratação da empresa Fundação de Empreendimentos Científicos em Tecnologia (Finatec). A 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) manteve, nessa quarta-feira (14), a condenação do ex-prefeito João Paulo (PT), que determina a perda dos direitos políticos, o que o tornaria inelegível nas eleições de outubro deste ano.

De acordo com o TJPE, foi mantida a pena de três anos e seis meses de detenção substituída por duas penas restritivas de direitos a serem designadas pelos Juízo da Vara de Execução de Penas Alternativas, além de multas nos valores de R$ 120.223,46, para o ex-prefeito e Lygia Maria Veras Falcão, cada; e de R$ 71.647,46 para José Hermes de Araújo Filho.

mar
12

PT faz campanha “Lula livre”

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Política     Tags , , ,

Josias de Souza

Aos pouquinhos, o PT vai deixando em segundo plano a candidatura presidencial de Lula. Nesse domingo (11), a presidente da legenda, Gleisi Hoffmann, convocou petistas e simpatizantes para se engajar em outra causa: uma campanha contra a prisão de Lula, que deixou de ser mera hipótese depois que o Superior Tribunal de Justiça negou o habeas corpus preventivo pedido pela defesa do condenado petista.

“A prisão de Lula é um dos maiores retrocessos à sociedade brasileira, à nossa democracia e às conquistas de direito”, disse Gleisi em vídeo divulgado nas redes sociais. “A partir dessa semana o PT começa essa campanha. Não só por redes, pela internet, com material de esclarecimento, mas também com material impresso.”

Gleisi sugere aos devotos de Lula que peguem no site do PT panfletos como este reproduzido ao lado. Ela orienta: “…Distribua no seu local de trabalho, onde você estuda, na rua, onde você mora. Fale com a população. Diga o que está acontecendo. Chame atenção.”

A presidente do PT prosseguiu: “A prisão de Lula vai ser muito perversa ao povo brasileiro. Nós temos que deixar bem claro: nós não vamos assistir mansamente à prisão do nosso líder, aliás, o líder do povo. […] Nós vamos com Lula até o final. Nós vamos com Lula até as últimas consequências.”

nov
17

PT vai processar colunista da IstoÉ que afirmou que “Lula deve morrer”

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Política     Tags , ,

IstoÉ

Na última sexta-feira (10), o jornalista Mario Vitor Rodrigues escreveu no seu espaço na IstoÉ que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve “morrer [politicamente] pelo bem do país”. Em pouco mais de cinco parágrafos, o comunicador afirma que o petista é visto por parte da sociedade como “prócer a ser seguido” e que por conseguir “liderar pesquisas e inspirar militantes Brasil afora”, deveria morrer. A opinião resultou em ameaça por parte de internautas e processo aberto pelo PT por incitação ao crime.

Ao longo do texto, o colunista Mario Vitor defende que o “folclore em torno de Lula precisa acabar” e que isso deve acontecer quando ele for derrotado nas urnas. “Na verdade, graças ao trabalho realizado pela Operação Lava-Jato, escancarando o aparelhamento do Estado e o sequestro da própria democracia brasileira pelo PT, nunca houve, desde 2002, momento tão propício para derrotar Lula em uma eleição”, escreveu. Para o articulista, “bom mesmo será ter a chance de ver Lula sucumbir politicamente”, sendo que só assim o “espantalho do mártir poderá ser sepultado de uma vez”.

Em nota, o Partido dos Trabalhadores considera que tanto o colunista quanto a revista IstoÉ ultrapassaram os “limites da venalidade e do jornalismo marrom que pratica”. “O conteúdo do artigo é mais do mesmo lixo propagandístico contra o ex-presidente Lula – calunioso, mentiroso e difamatório – que esta revista habitualmente publica”. Com base no título “Lula deve Morrer”, o partido acionou a Justiça com base na artigo de incitação ao crime. “A Justiça será acionada para medidas cabíveis contra o medíocre autor do artigo e contra a revista que lhe deu guarida no ato criminoso”.

Em reportagem, o Brasil 247 noticia que o jornalista Mario Vitor Rodrigues pediu proteção policial após receber ameaças de assassinato por meio da internet. Com a situação, o comunicador resolveu deletar sua conta no Facebook e afirmou que “fanáticos” não sabem interpretar textos.

Fonte: Comunique-se

nov
17

MPF pede sequestro dos bens de Lula e do filho, no valor de R$ 24 milhões

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Denuncias     Tags , ,

Josias de Souza

O maior problema político de Lula (PT) não é o fato de ele ter ficado parecido com os políticos que atacava. O seu principal drama é a Lula, o ricoevidência de que ficou muito diferente do que diz ser. Num instante em que Lula percorre o país como defensor dos pobres, a Procuradoria pede, em Brasília, o sequestro dos seus bens e do seu filho Luís Cláudio no montante de R$ 24 milhões.

A defesa de Lula contestou o pedido. Sustentou não haver provas contra ele na Operação Zelotes. Mas não disse nenhuma palavra sobre o valor requerido pelo Ministério Público Federal.

Lula atravessou ileso o escândalo do Mensalão. Sobreviveu à ruína produzida por sua criatura Dilma Rousseff. Alvo de diversos inquéritos e ações penais, mantém a pose de perseguido. Condenado a 9,5 anos de cadeia, conserva-se no topo das pesquisas. Mas deve tornar-se inelegível. E já perdeu aquela aura de político imbatível. Seu prestígio diminuiu na proporção direta do aumento do seu patrimônio.

Este não foi o primeiro pedido de bloqueio de bens. Sérgio Moro mandara sequestrar R$ 10 milhões em julho. Quando o Banco Central achou R$ 600 mil numa conta corrente de Lula, o PT disse em nota que seu líder supremo morreria de fome. No dia seguinte, descobriram-se mais de R$ 9 milhões em planos de previdência privada.

Lula dizia ser um palestreante de sucesso. Mas delatores da Odebrecht informaram que as palestras eram mero truque para bancar com dinheiro sujo os confortos de um benfeitor. A fortuna de Lula não combina com os valores morais que ele acha que representa.

ago
28

PT quer Temer fora, mas faz alianças com o PMDB nos Estados

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Política     Tags , , ,

PT-PMDBAndreza Matais e Marcelo de Moraes

Adversários na política nacional, PMDB e PT já começam a se juntar na formação de alianças para as eleições de governadores. Em Goiás, por exemplo, o deputado federal Daniel Vilela (PMDB) vai concorrer ao governo do Estado e admite a hipótese de ter o ex-prefeito de Anápolis Antônio Gomide (PT) como seu vice.

Daniel Vilela, uma das apostas do partido, é filho do ex-governador Maguito Vilela, que já presidiu o PMDB. O presidente nacional do PMDB, senador Romero Jucá (RR), vai propor que a executiva vete alianças com os adversários PT e PCdoB.

Vilela diz não acreditar em veto, caso se confirme sua aliança com o PT. “Meu pai é quadro histórico do PMDB e sempre apoiou o Lula. Não vejo problemas”, diz.

Fonte: Coluna do Estadão

ago
28

Palmeira imperial é cortada no mesmo local da caravana de Lula

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Denuncias     Tags , ,

O corte de uma palmeira imperial no Pátio do Carmo, no Centro do Recife, tem sido alvo de críticas dos recifenses que, revoltados, apontam a caravana do ex-presidente Lula (PT) na capital pernambucana como o principal fator para a erradicação da árvore. Isso porque a palmeira estava justamente no local onde foi montado o palanque para o petista. 

A chegada de Lula ao Pátio do Carmo ocorreu na última sexta-feira (25), mesmo dia em que, pela manhã, a árvore foi suprimida do lugar. No dia, um homem que passava pelo local no momento em que funcionários da Emlurb realizavam os cortes, filmou toda Corte de Palmeira imperial

ação. O vídeo, que circulou pelas redes sociais, teve muitos compartilhamentos e chocou internautas, que ainda comentam sobre o assunto.

Folha de Pernambuco esteve no local na manhã desse domingo (27) e, o ponto onde estava a palmeira imperial – que existia há aproximadamente dez anos – virou estacionamento de carro (foto). Na ocasião, um membro do Conselho da Cidade do Recife, o empresário Fernando Holanda, fazia uma filmagem com o próprio celular criticando a postura da Emlurb. 

“Enquanto o plano de arborização do Recife não for encarado como prioridade pelos órgãos públicos, continuará havendo mais podas e erradicações indiscriminadas. A meta da prefeitura nessa atual gestão era plantar 100 mil mudas e só 40 mil foram plantadas. E ainda nem se sabe quais dessas sobreviveram. Um reflexo de como esse assunto é tratado pela prefeitura”, critica.

O Conselho da Cidade do Recife é um órgão colegiado que visa debater e acompanhar as políticas públicas relacionadas ao espaço urbano com foco na melhoria da qualidade de vida na Capital. A comissão é composta por representantes dos setores público e privado, dos movimentos sociais, entidades de classe e ONGs, além de cientistas e pesquisadores. 

“Árvore é sinônimo de qualidade de vida. Mas, o que mais vemos são árvores sendo derrubadas cada vez mais. Quando cobramos respostas, sempre é a mesma justificativa de que a última alternativa é a erradicação quando não há chances de salvar a árvore de alguma doença. Mas, isso ocorre justamente porque a prefeitura não faz uma manutenção preventiva para evitar essas derrubadas”, analisa Holanda.

Justificativa

Em nota enviada pela Emlurb, o órgão afirma que as demais palmeiras imperiais do Pátio do Carmo passaram por podas, mas que uma precisou ser erradicada porque os técnicos identificaram que ela estava morta. No comunicado, a Emlurb assegura que todos os serviços de manutenção na arborização da Cidade são acompanhados por engenheiros e técnicos devidamente capacitados. 

“A Emlurb realizou uma operação de poda nas Palmeiras Imperiais localizadas no Pátio do Carmo. O trabalho, que é preventivo e feito de maneira rotineira, já estava previamente programado pelo órgão. Na ação, foi identificada que uma das árvores estava morta, apresentando amarelecimento das folhas mais antigas, seguida do completo desfolhamento e apodrecimento da parte terminal do estipe (caule ou tronco)”, explica.

Ainda na nota, o órgão detalha que “os sintomas são indicativos de uma doença fatal e sem possibilidade de tratamento, transmitida pelo besouro conhecido como broca do palmito. As larvas infectadas têm a capacidade de matar as palmeiras próximas. Por isso, visando preservar a sanidade das outras plantas, foi necessária a erradicação imediata do vegetal. Em substituição, a Emlurb assegura que será plantada uma nova palmeira imperial na área. Todos os serviços de manutenção na arborização da cidade são acompanhados por engenheiros e técnicos devidamente capacitados”, finaliza.

Fonte/Foto: Folhape

ago
19

Justiça suspende entrega de título Doutor Honoris Causa a Lula

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Brasil     Tags , ,

Uma liminar da Justiça Federal na Bahia, concedida na última quinta-feira (17), suspendeu a entrega do título de Doutor Honoris Causa ao ex-presidente Lula (PT), pela Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB), em Cruz das Almas, cidade a cerca de lula-9145 quilômetros de Salvador. A cerimônia estava marcada para ontem (18) e, conforme a decisão judicial, não deve ser realizada em nenhuma outra data.

A decisão, do juiz Evandro Reimão dos Reis, da 10ª Vara Cível, foi tomada após ação popular impetrada na Justiça. No documento, o juiz ordenava, ainda, que a Polícia Federal estivesse presente na data e local anunciados da entrega da honraria para garantir o cumprimento da determinação.

No documento, o juiz argumentou que o ato era ilegal e lesivo ao patrimônio público. “O ato administrativo de concessão do título honorífico de Doutor Honoris Causa ao ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva parece configurar desvio de finalidade revelador de ofensa à moralidade administrativa”, diz o juiz na decisão.

Conforme Evandro Reimão dos Reis, o processo de concessão da honraria a Lula foi feito rápido e não atendeu aos requisitos administrativos necessários. Segundo o juiz, a proposta de dar o título ao ex-presidente foi feita por membros do Conselho Universitário, enquanto o regimento da instituição determina que seja feita mediante proposta justificada do reitor e aprovada por dois terços dos membros presentes na reunião (da proposta).

Em nota, a UFRB informou que recebeu com surpresa a notificação da decisão, e que já solicitou que a Advocacia Geral da União (AGU) tome as medidas cabíveis para a alteração da decisão e que aguarda o posicionamento do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF).

 
Fonte: G1
jul
15

PT não expulsa os corruptos do partido

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Política     Tags , , ,

ze-dirceu-lula-dilma-607x387

O PT é um partido que não honra nem mesmo o próprio estatuto. O artigo 231 do Estatuto do Partido dos Trabalhadores prevê a expulsão de filiados condenados “por crime infamante ou práticas administrativas ilícitas.” Lula foi condenado a 9,5 anos por corrupção, mas pode recorrer, por isso teria ainda algum tempo no partido.

Mas condenados no mensalão, como Delúbio Soares e José Dirceu, continuam filiados ao PT. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do blog Diário do Poder.

Condenados por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, como o ex-presidente Lula, só seriam expulsos após uma decisão da Executiva Nacional.

O Estatuto do PT também prevê comunicação à Justiça Eleitoral dos condenados desfiliados, o que implicaria em perda de mandatos.

Entre os filiados ao PT condenados estão o ex-presidente do partido, José Genoíno, e o ex-ministro de Lula e Dilma Rousseff, Antônio Palocci.

Corruptos transitado em julgado do mensalão permanecem filiados, diz a assessoria do partido, porque “o PT não concorda com o julgamento”.

  • Fonte: Blog Diário do Poder
  • Foto: Neto Ferreira
jun
29

Temer e Lula: a hora da fogueira

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Brasil     Tags , , ,

Carlos Brickmann

Lula e TemerComo no futebol, há juízes para decidir cada lance. Como no futebol, a derrota pode derrubar o time. Como no futebol, há quem se rebele contra o juiz. Como no futebol, muita gente levou uma bolada.

Mas não se trata de futebol: trata-se de um país e do seu futuro. Futuro? Como no futebol, cada um pensa no próprio futuro, e os outros que, digamos, se danem.

O presidente Temer (PMDB) e o ex-presidente Lula (PT) buscam desmoralizar seus acusadores. Ataca-se o procurador-geral, Rodrigo Janot, que denunciou Temer, e o Ministério Público, que, segundo Temer, não investigou procuradores cujo comportamento considera duvidoso.

Ataca-se o juiz Sérgio Moro, que Lula acusa de parcialidade, e procuradores da Lava Jato, porque fazem palestras pagas. Tanto Temer quanto Lula suspeitam que os acusadores tenham forçado delações “a la carte”, dando substanciais reduções de pena a quem atingisse determinado acusado. O embate nos tribunais mais parece uma guerra.

O juiz Sérgio Moro pode, a qualquer momento, emitir a sentença de Lula. A presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, diz que só é aceitável a sentença que o absolva integralmente. O presidente do PT do Rio de Janeiro, Washington Quaquá, defende “o confronto popular aberto nas ruas” se Lula for condenado. Temer acena com o êxito da política econômica (a inflação ficou abaixo da meta, as exportações cresceram) que, indica, só será mantida caso fique no cargo.

 
abr
21

A assombrosa rejeição a Lula

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Política     Tags , ,

lulaEstá provado pelo Ibope porque Lula é, ao mesmo tempo, o candidato mais forte e também o mais fraco à sucessão de Michel Temer (PMDB).

É que 30% dos eleitores dizem que votariam nele “com certeza”, mas 51% também afirmam que não votariam nele “de jeito nenhum”. Ou seja, dos 146 milhões de eleitores aptos a votarem em 2018, metade excluem por antecipação o líder petista.

Fonte: Coluna Fogo Cruzado/Inaldo Sampaio

fev
13

PT CONVERSA COM LUPÉRCIO E PODE OCUPAR CARGOS NA PREFEITURA

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Política     Tags ,

Na coluna do Magno Martins desta segunda-feira (13), o jornalista traz uma nota com a informação de que o Partido dos Trabalhadores (PT) em Olinda, derrotado na última eleição municipal, está se aproximando do prefeito Professor Lupércio (Solidariedade).

tlDe acordo com a nota, a aproximação tem o aval do senador Humberto Costa (PT). A candidata derrotada, deputada estadual Teresa Leitão (foto), já deu início a um entendimento com o prefeito, para que o partido venha a ocupar cargos no governo municipal.

A discussão ainda passará pelo crivo do partido, que vive uma terrível crise, tendo perdido um grande número de filiados históricos e fundadores do partido na Marim dos Caetés.

Fonte: Blog de Magno Martins 

fev
13

ROSALINA, IRMÃ DE MARCELO SANTA CRUZ, PEDE DESFILIAÇÃO DO PT

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Política     Tags ,

Nesse final de semana, Rosalina Santa Cruz, irmã do ex-vereador olindense Marcelo Santa Cruz, pediu desfiliação dos quadros do PT. Ela não aceitou que o seu irmão fosse submetido ao Conselho de Ética do diretório municipal porque apoiou a candidatura da deputada federal Luciana Santos (PCdoB), à Prefeitura do município.

Marcelo Santa Cruz é acusado de não pedir votos para a candidatura oficial do PT, representada pela deputada estadual Teresa Leitão. O ex-vereador foi levado ao Conselho de Ética, mas antes da conclusão do processo, ele pediu desfiliação da legenda.

Fonte: Inaldo Sampaio

fev
4

EX-VEREADOR MARCELO SANTA CRUZ PEDE DESFILIAÇÃO DO PT

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags ,

mscA comissão executiva municipal do PT de Olinda decidiu encaminhar o processo disciplinar em desfavor de Marcelo Santa Cruz para que o diretório municipal possa julgar o pedido de ação disciplina e expulsão do ex-vereador do partido.  

O julgamento está marcado para às 9h do próximo sábado, dia 11 de fevereiro, no auditório do Hotel Samburá, no Bairro Novo. Mas Marcelo Santa Cruz garantiu que não vai se submeter a esse processo ético-disciplinar “imoral, ilegal, ilegítimo e obtuso” e pediu desfiliação do partido.

“Declarei em carta pública à direção estadual e nacional do PT que não me submeterei por hipótese alguma a esse imoral processo ético-disciplinar e estou providenciando a minha desfiliação do PT em data antecipada a essa malfadada reunião do diretório”, declarou Marcelo Santa Cruz.

O ex-parlamentar  enfrenta um processo pela Comissão de Ética do PT sob a acusação de ter apoiado a candidatura da deputada federal Luciana Santos (PCdoB) à Prefeitura de Olinda em detrimento de Teresa Leitão (PT) nas eleições municipais de 2016. 

jan
26

PT DE OLINDA CONDENA ATITUDE DE EX-VEREADOR MARCELO SANTA CRUZ

AuthorPostado por: Jornalismo Redação    CategoryEm: Olinda     Tags ,

A direção do PT de Olinda ficou incomodada com a atitude do ex-vereador Marcelo Santa Cruz, que após ser notificado para defender-se no processo ético-disciplinar instaurado pelo partido para apurar denúncias de infidelidade partidária durante a campanha de prefeito em 2016, teria dirigido ofensas à ex-candidata Teresa Leitão. Segundo o partido, ele também tentou desqualificar a democracia interna praticada hoje na agremiação.

pt-rachado

A direção alega que os dirigentes petistas são escolhidos mediante processo de eleição direta, que os processos ético-disciplinares se originaram de ações protocoladas na executiva municipal por filiados ao partido e que há uma recomendação da direção nacional no sentido de que sejam apuradas com rigor as denúncias de infidelidade.

O ex-vereador Marcelo Santa Cruz continua dizendo que não reconhece legitimidade na comissão de ética municipal, para julgá-lo, num caso típico de insubordinação sem precedente no partido.

Fonte: Inaldo Sampaio

jan
23

PT DE OLINDA QUER EXPULSAR MARCELO SANTA CRUZ E MAIS 17

AuthorPostado por: Jornalismo Redação    CategoryEm: Política     Tags , ,

ptNão vai terminar nem tão cedo essa briga interna no PT olindense. Passada a eleição municipal, começou a lavagem de roupa suja, a caça às bruxas e traidores.

A direção municipal petista abriu Processo Ético Disciplinar contra o ex-vereador Marcelo Santa Cruz e outros 17 filiados, que apoiaram uma candidatura fora do partido para a Prefeitura da cidade em 2016.

O ex-vereador Marcelo Santa Cruz e demais militantes defenderam a manutenção da aliança de 16 anos entre PCdoB-PT e resolveram não apoiar a candidatura própria da deputada estadual Teresa Leitão. O grupo migrou para o palanque do PCdoB, que apresentou a ex-prefeita e atual deputada federal Luciana Santos para o Executivo, em coligação com o PSD.

Revoltado com a decisão do diretório do PT-Olinda, Marcelo Santa Cruz diz que não vai se submeter “em hipótese alguma a esse odioso Processo Ético Disciplinar”. Ele não aceita, sequer, ser notificado para apresentação de defesa. Santa Cruz resolveu recorrer ao presidente nacional do partido, Rui Falcão, no pedido de apoio e socorro.

jan
14

EXECUTIVA DO PT DE OLINDA RESPONDE A MARCELO SANTA CRUZ

AuthorPostado por: Jornalismo Redação    CategoryEm: Política     Tags , ,

A executiva municipal do Partido dos Trabalhadores de Olinda divulgou uma nota, nessa sexta-feira (13), em resposta às declarações do ex-vereador Marcelo Santa Cruz (PT). O ex-parlamentar, que não se reelegeu no pleito de 2016, enfrenta um processo pela Comissão de Ética da sigla e é acusado de ter apoiado Luciana Santos (PCdoB) em detrimento a Teresa Leitão (PT) à Prefeitura municipal.

De acordo com a nota, a legenda repudia “a ofensiva desferida pelo ex-vereador contra a direção do pt-rachadoPT de Olinda e seus membros, na nítida tentativa de distorcer a realidade dos fatos e atribuir à instância partidária uma narrativa falaciosa permeada por adjetivos execráveis, diferente dos que prezam pelo respeito político nas relações partidárias”.

O partido também sai em defesa da deputada estadual Teresa Leitão, a qual teria sido vítima por parte do ex-vereador de uma campanha difamatória.

“Reafirmamos que a direção do partido segue firme e diligente, as normas determinadas pelo Estatuto do PT, na compreensão de que se queremos fazer recuar a ofensiva conservadora desfechada contra o partido. Urge também combater, com rigor, o personalismo e o relaxamento da vigilância contra comportamentos antipartidários que vicejam entre nós”, diz o texto.

jan
12

CRISE NO PT-OLINDA E O PEDIDO DE EXPULSÃO DE MARCELO SANTA CRUZ

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags ,

Está longe uma solução para a crise interna no diretório do PT olindense, depois do insucesso nas urnas na eleição municipal de 2016. 

Um grupo de petistas ingressou na Comissão de Ética com pedido de expulsão do ex-vereador Marcelo Santa Cruz e outros 17 filiados, sob a alegação de que apoiaram a candidatura da comunista Luciana Santos (PCdoB) e não a majoritária do partido, a deputada estadual Tereza Leitão (PT).

SCMarcelo Santa Cruz defende-se e contra-ataca nas redes sociais, garantindo que a candidatura própria levou o PT a experimentar a sua maior derrota eleitoral no município. Diz, ainda, que a coligação com o PTB e PRB serviu apenas para eleger vereadores desses partidos, que não tinham representação na Câmara Municipal. Santa Cruz obteve 1.331 votos e não foi reeleito.

“O PT experimentou sua maior derrota eleitoral em Olinda, retornou à época em que não tinha nenhuma representação na Câmara Municipal e a candidata prefeita obteve a inexpressiva votação de 11.800 votos e a soma dos candidatos proporcionais do PT somaram 8.000 votos”, critica. “Os nossos votos petistas e a nossa candidata majoritária serviram para eleger os proporcionais do PTB, Professor Marcelo, e a vereadora do PRB, Denise Almeida. Através deles, se sintam muito bem representados”, ataca.

Marcelo Santa Cruz diz que é inaceitável querer justificar o insucesso eleitoral do PT, transferindo a responsabilidade para terceiros e querer expulsar do partido aqueles que divergem das suas posições. “Não me submeterei a esse ilegal, ilegítimo e obtuso Procedimento Ético Disciplinar”.

Carnaval 2019

Está chegando o Sábado de Carnaval2 de Março de 2019
313 dias restantes.

Redes Sociais:

Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog:

Olinda Hoje