Navegando todos os artigos com a tag Saúde
jun
23

Prefeitura do Paulista firma parceria com Faculdade de Medicina de Olinda

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Saúde     Tags , ,

A Prefeitura de Paulista, firmou hoje (23), um convênio de cooperação técnica didática e científica com a Faculdade de Medicina de Olinda (FMO), ampliando a sua carteira de parcerias. O convênio vai possibilitar que os alunos da FMO realizem estágios curriculares nas unidades de atenção básica do SUS de Paulista.

Na Faculdade de Medicina de Olinda os alunos da graduação em Medicina têm contato com as atividades práticas da profissão desde o primeiro período do curso, por meio do Módulo de Integração Academia Saúde e Comunidade.

jun
20

Mutirão de serviços de saúde chega hoje ao Jardim Brasil II

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags , ,

Moradores do bairro de Jardim Brasil II, em Olinda, recebem, nesta terça-feira (20), um mutirão de serviços gratuitos. A ação, denominada Olinda Mais Saúde, oferecerá consultas nas áreas de ginecologia e pediatria, exames de mamografia e citologia, aferição de pressão arterial, inspeção de saúde bucal e testes rápidos de HIV/Sífilis e glicemia. 

Será das 8h às 17h e haverá, também, a distribuição de preservativos e emissão do Cartão SUS. Uma equipe do Centro de Vigilância Ambiental de Olinda estará com os agentes de saúde realizando imunização de cães e gatos, desratização, aplicação de larvicida e distribuição de capas de caixa d’água para combater a proliferação do mosquito Aedes aegypti.

Os serviços vão ocorrer na Associação de Moradores de Jardim Brasil II, na Rua Belém, próximo ao Conjunto Habitacional Cuca Legal.

jun
19

Moradores de Jardim Brasil II recebem mutirão de serviços gratuitos

AuthorPostado por: Jornalismo Redação    CategoryEm: Olinda     Tags , ,

Amanhã (20), os moradores do bairro de Jardim Brasil II receberão a ação denominada Olinda Mais Saúde um mutirão de serviços gratuitos de ginecologia, pediatria, mamografia, citologia, aferição de pressão, saúde bucal e testes rápidos de glicemia e HIV/Sífilis; distribuição de preservativos e emissão do Cartão SUS.

Os serviços do Olinda Mais Saúde vão ocorrer das 8h às 17h, na sede da Associação de Moradores de Jardim Brasil II, na Rua Belém, próximo ao Conjunto Habitacional Cuca Legal.

jun
17

Hospital do Tricentenário recebe R$ 585 mil em emendas parlamentares

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags , ,

O Hospital do Tricentenário (HTri), em Olinda, recebeu recursos de convênios no total de R$ 585.147,00, provenientes de emendas parlamentares, no âmbito federal.

Os recursos serão destinados à aquisição de equipamentos novos e modernos, que irão melhorar e modernizar o atendimento da unidade de saúde, que atende usuários do SUS na cidade.

As emendas parlamentares são dos deputados federais Augusto Coutinho (Solidariedade), Kaio Maniçoba (PMDB), Luciana Santos (PCdoB), Marinaldo Rosendo(PSB), Pastor Eurico (PHS) e Tadeu Alencar (PSB).

 

jun
7

Estão abertas inscrições para natação voltada a portadores de autismo

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags , ,

Natação para autistas

A Secretaria Executiva de Esportes de Olinda em parceria com a Associação de Mães Especiais (Ame) está com inscrições abertas para o projeto Natação para Autistas. A iniciativa disponibiliza natação gratuita para crianças e adultos com deficiência e conta com o acompanhamento de professores especializados. As aulas são realizadas todas as sextas-feiras, das 8h às 10h30, na piscina da Vila Olímpica, em Rio Doce.

Nas aulas as crianças autistas aprendem a flutuar, ganham resistência na respiração, desenvolvem a fala e adquirem outros benefícios no contato com a água.

Para participar das aulas de natação o responsável pelo autista tem que fazer o cadastro na Secretaria Executiva de Esportes e apresentar o laudo médico do aluno. Durante as aulas os responsáveis devem estar sempre presente.  O acompanhamento ao aluno é uma norma da natação.

Autismo – Popularmente conhecido como autismo, o Transtorno do Espectro Autista é uma condição do neurodesenvolvimento, caracterizada por déficit na comunicação e interação social e também por comportamentos repetitivos e estereotipados.

Segundo a Center of Diseases Control and Prevention (CDC), órgão norte-americano próximo do que representa, no Brasil, o Ministério da Saúde, a prevalência da síndrome tem aumentado. Estima-se que existem mais de 2 milhões de autistas no Brasil.

Foto: PMO

jun
3

Vacinação contra gripe será ampliada a toda população

AuthorPostado por: Jornalismo Redação    CategoryEm: Saúde     Tags , ,

A partir desta segunda-feira (5) toda a população terá acesso à vacina contra a gripe. O Ministério da Saúde orientou as secretarias estaduais a liberar as doses para todas as faixas etárias. A medida só é válida neste ano e foi adotada porque ainda há um estoque disponível de 10 milhões.

gripe-vacina-A

Até esta sexta-feira (2), 41,3 milhões de pessoas do público-alvo se vacinaram contra a gripe no País. O Amapá é o único estado que atingiu a meta até este momento, com 95,6% do público-alvo vacinado. A campanha foi prorrogada para o dia 9 de junho com o intuito de alcançar a meta de vacinação que, neste ano, é de 90%.

Esse total considera todos os grupos com indicação para a vacina, incluindo população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e pessoas com comorbidades. A população prioritária desta campanha, que não considera esses grupos, é de 54,2 milhões de pessoas. Desse total, 76,7% foram vacinados.

Segundo o ministro da Saúde, Ricardo Barros, a ampliação do público na última semana da campanha ocorrerá porque ainda há doses disponíveis. “Neste ano, tivemos poucos casos por influenza devido à baixa circulação do vírus. Em consequência disso, o público-alvo procurou menos os postos de saúde. No entanto, ainda há 10 milhões de doses de um montante de 60 milhões adquiridas. Para que não haja desperdício, já que estas vacinas só valem por um ano, decidimos estender a todas as faixas etárias, enquanto durarem os estoques”, destacou o ministro.

A vacina disponibilizada pelo Ministério da Saúde em 2015 protege contra os três subtipos do vírus da gripe determinados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para este ano (A/H1N1; A/H3N2 e influenza B). A vacina contra influenza é segura e também é considerada uma das medidas mais eficazes na prevenção de complicações e casos graves de gripe. Estudos demonstram que a vacinação pode reduzir entre 32% e 45% o número de hospitalizações por pneumonias e de 39% a 75% a mortalidade por complicações da influenza.

Como o organismo leva, em média, de duas a três semanas para criar os anticorpos que geram proteção contra a gripe após a vacinação, o ideal é realizar a imunização antes do início do inverno. O período de maior circulação da gripe vai do final de maio até agosto.

Prevenção

A transmissão dos vírus influenza ocorre pelo contato com secreções das vias respiratórias, eliminadas pela pessoa contaminada. A orientação é que a população tome cuidados simples como medida de prevenção para evitar a doença, como: lavar as mãos várias vezes ao dia; cobrir o nariz e a boca ao tossir e espirrar; evitar tocar o rosto; não compartilhar objetos de uso pessoal; além de evitar locais com aglomeração de pessoas.

Mesmo pessoas vacinadas, ao apresentarem os sintomas da gripe – especialmente se são integrantes de grupos mais vulneráveis às complicações – devem procurar, imediatamente, o médico. Os sintomas da gripe são: febre, tosse ou dor na garganta, além de outros, como dor de cabeça, dor muscular e nas articulações. Já o agravamento pode ser identificado por falta de ar, febre por mais de três dias, piora de sintomas gastrointestinais, dor muscular intensa e prostração.

maio
16

Lupércio vistoria unidades de saúde

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags ,

O prefeito de Olinda, Professor Lupércio (Solidariedade), fez ontem (15), visitas a equipamentos de saúde do município. Acompanhado pelo vice-prefeito, Márcio Botelho, e pelo secretário de Saúde, Eud Johnson, o gestor esteve na Central de Abastecimento Farmacêutico, no Laboratório Municipal de Saúde Pública e na Maternidade Brites de Albuquerque, fechada há mais de quatro anos e uma das prioridades da administração.

“Essa obra tem que avançar. Vamos colocar para funcionar um equipamento tão importante para as mães olindenses. Hoje, boa parte delas, precisam ter seus filhos em outras cidades”, disse Lupércio. A dona de casa Maria Aparecida afirmou que a volta da unidade também refletirá na segurança do local. “É bom para ter também maior movimento de pessoas. Um espaço grande desse precisa estar funcionando”, destacou.

Na Central de Abastecimento, o gestor adotou novos procedimentos para melhorar a distribuição dos medicamentos. Antes, um caminhão fazia as entregas. Agora são dois. Também foi implantado um novo modelo para o acompanhamento de validade e um processo mais rápido para a reposição dos remédios que vão acabando na Central.

 

maio
14

Automedicação: 68% dos brasileiros tomam remédio por conta própria

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Brasil     Tags , ,

automedicação

Quando você sente dor ou mal estar, qual a primeira coisa que faz? Para 68% dos brasileiros a resposta é simples: automedicação. Uma pesquisa realizada pela NZN Intelligence, plataforma de pesquisa e inteligência da NZN, um dos principais players em soluções para publicidade e comunicação do mercado, traçou o perfil do brasileiro que se automedica.

De acordo com o levantamento, a automedicação é uma realidade entre os brasileiros, que cada vez mais contam com a internet para procurar sintomas de doenças e nomes de medicamentos. O levantamento aponta que 37% dos brasileiros procura os sintomas na internet quando se sentem mal. Segundo o Ministério da Saúde quase 60 mil internações causadas por automedicação foram registradas no Brasil entre 2009 e 2014.

A pesquisa ainda destacou os tipos de medicamentos mais utilizados entre os brasileiros: os mais consumidos por conta própria são os analgésicos (88%), os anti-inflamatórios (67%) e os antiácidos (48%). Por outro lado, os menos consumidos são 
os medicamentos homeopáticos (7%), os controlados (5%) e aqueles para emagrecer (5%).

Perguntados sobre as medidas tomadas quando têm algum problema de saúde (com múltiplas respostas permitidas), os pesquisados responderam que suas principais atitudes são procurar os sintomas na internet (37%), conversar com amigos ou familiares (31%) e utilizar medidas caseiras como chás (26%).

Enquanto isso, apenas 16% das pessoas disseram que vão à farmácia e 14% afirmaram que vão ao médico, mostrando que existe uma preferência entre os pesquisados por tentar resolver seus problemas de saúde por conta própria.

maio
12

Dia D de vacinação contra a influenza acontece neste sábado

AuthorPostado por: Jornalismo Redação    CategoryEm: Saúde     Tags , ,

Este sábado (13) é o Dia D da campanha de vacinação contra a influenza. Em todos os municípios, os postos de saúde estarão abertos para atender os pernambucanos que estão inclusos nos grupos prioritários. Até a última quinta-feira (11), 637.742 mil pessoas (27,37%) foram imunizadas. Mais de 1,6 milhão ainda precisam tomar a vacina, que protege contra as influenzas A(H1N1), A(H3N2) e B e tem um ano de validade.

influCerca de 5 mil pontos de vacinação, entre unidades de saúde e postos volantes, estarão disponíveis em todo o Estado. Os grupos prioritários são formados por idosos, crianças de 6 meses a menores de 5 anos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), indígenas, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional, professores dos ensinos básico e superior de escolas públicas e privadas e profissionais de saúde.

A campanha segue até 26 de maio. Importante ressaltar que quem tomou no ano passado e continua dentro dos grupos prioritários também deve ser imunizado. Em doenças agudas febris moderadas ou graves, recomenda-se adiar a vacinação até a resolução do quadro. As pessoas com história de alergia a ovo, que apresentem apenas urticária após a exposição, podem receber a vacina da influenza mediante adoção de medidas de segurança. A vacina é contraindicada para pessoas com história de reação anafilática prévia em doses anteriores bem como a qualquer componente da vacina ou alergia comprovada grave relacionada a ovo de galinha e seus derivados.

Dados

– A gripe caracteriza-se pelo aparecimento súbito de febre, dor de cabeça, dores musculares (mialgia), tosse, dor de garganta e fadiga. Nos casos mais graves, geralmente, existe dificuldade respiratória e há necessidade de hospitalização.

– De acordo com a Organização Mundial da Saúde, estima-se que a influenza acomete 5% a 10% dos adultos e 20% a 30% das crianças, causando 3 a 5 milhões de casos graves e 250.000 a 500.000 mortes todos os anos, no mundo.

– De acordo com o Ministério da Saúde, estudos demonstram que a vacinação pode reduzir entre 32% a 45% o número de hospitalizações por pneumonias, de 39% a 75% a mortalidade global e em, aproximadamente, 50% nas doenças relacionadas à influenza.

– Estima-se que uma pessoa infectada seja capaz de transmitir o vírus para até dois contatos não imunes. As crianças com idade entre um e cinco anos são as principais fontes de transmissão dos vírus na família e na comunidade, sendo que podem eliminar os vírus por até três semanas. Indivíduos imunocomprometidos podem excretar os vírus influenza por períodos mais prolongados, até meses. Recentemente, comprovou-se que os vírus sobrevivem em diversas superfícies (madeira, aço e tecidos) por 8 a 48 horas.

Fonte: Folha PE

maio
10

Fechamento de Farmácia Popular prejudica pacientes de baixa renda

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Saúde     Tags , ,

farmácia popular

A partir deste mês, os pacientes de baixa renda ou que dependem de medicamentos importantes que até então eram distribuídos gratuitamente enfrentarão mais uma dificuldade. É que neste mês de maio serão fechadas as 393 unidades da rede própria do programa Farmácia Popular, de distribuição de medicamentos gratuitos ou com até 90% de desconto.

Agora, os produtos serão distribuídos unicamente pela rede de farmácias conveniadas. E essa medida do Ministério da Saúde prejudica os pacientes. É o que afirma a advogada especializada em Direito à Saúde, Claudia Nakano, do escritório Nakano Advogados Associados, em São Paulo.

“O fechamento das centenas de unidades da Farmácia Popular vai afetar principalmente os pacientes que procuram por medicamentos específicos e que não são encontrados facilmente nas farmácias conveniadas”, pontua ela.

A quantidade de remédios ofertados pode diminuir em cerca de 72%. Na rede própria são ofertados, hoje, 112 medicamentos – sendo os mais procurados os remédios para hipertensão, diabetes e asma. Já nas drogarias com desconto são disponibilizados apenas 32 medicamentos. Caso o remédio que o paciente necessita não esteja disponível nas conveniadas, o paciente precisará se informar para saber onde consegui-lo.

“Todo o processo ficará mais dispendioso para a população carente que faz uso desse serviço. Além de ser responsável por procurar uma unidade básica de saúde para descobrir onde encontrar o remédio, corre-se o risco de acabar tendo que pagar o valor cheio em uma farmácia particular comum”, avalia.

A especialista alerta também para a dificuldade que isso poderá trazer à população mais carente, que vive longe dos grandes centros, nas cidades do interior. “Quem mora nas capitais pode encontrar alternativas, mais recursos, já que os governos estaduais e municipais têm alguns outros programas de fornecimento de remédios. Porém, em muitas cidades do interior, a Farmácia Popular é a única opção para quem toma medicamentos onerosos e de uso contínuo”, conclui.

Segundo o Governo Federal, a desativação da rede própria irá economizar aproximadamente R$ 80 milhões para os cofres públicos. A intenção é repassar o montante para a compra de medicamentos.

maio
10

Beleza de mãe: um presente diferente

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags , ,

criolipólise

Jacqueline Bezerra

No Dia das Mães nada de utensílios domésticos. Se a casa precisa de alguma coisa, você tem todos os outros dias do ano para comprar. Na sua lista de opções de presentes inclua mimos para a mãe e a mulher que você admira.

E nesta linha, uma opção é um dia de beleza. No Único Salão de Beleza, além do básico, as belas podem contar com o tratamento criolipólise. O espaço é o primeiro em Olinda que oferece esse tipo de serviço.

Como funciona? É um tratamento que acaba com as gordurinhas localizada, em diversas áreas do corpo. O aparelho é colocado na superfície da pele, fazendo as células de gordura congelarem a temperaturas negativas para serem destruídas.

O Único Salão de Beleza e Cafeteria está localizado na Avenida José Augusto Moreira, 1.251 – Casa Caiada. Os interessados em agendar a sua sessão devem ligar para o telefone: 81. 3079.4080.

Foto: JCruzeiro

maio
4

Três pacientes com “Coccidiomicose”, uma “doença inédita” em Pernambuco

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Saúde     Tags

Três agricultores de Serra Talhada, no Sertão pernambucano, foram encaminhados ao Hospital das Clínicas (HC), no Recife, para serem tratados de uma doença infecciosa até então nunca registrada no Estado. Um pai e seus dois filhos foram internados ontem (03) com coccidiomicose, doença fúngica que pode ser facilmente confundida com pneumonia comunitária ou tuberculose pulmonar e que pode ainda atacar tecidos moles, articulações, ossos e meninges.

A doença é causada pelo fungo Coccidioides immitis e é relatada no sul e no oeste dos Estados Unidos (Califórnia, Texas, Utah, Novo México, Arizona e Nevada) e no México. Na década de 1990, foram diagnosticados os primeiros casos no Brasil, sobretudo no Ceará e no Piauí, vizinhos de Pernambuco.

A forma mais comum de contágio é pela inalação do fungo em suspensão no solo seco. Os pacientes internados lidam com o manejo da terra, além de praticarem a caça de tatus. Geralmente, a doença é leve e limitada, exceto em pessoas com comprometimento da imunidade.

O estado de saúde dos pacientes é estável. Eles estão realizando o tratamento com antifúngicos e devem ser acompanhados durante os próximos meses no ambulatório de infectologia do hospital da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), unidade vinculada à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh).

No HC, a doença foi detectada por meio de exame laboratorial do escarro, realizado pelo Departamento de Micologia da UFPE. De acordo com o chefe do Serviço de Doenças Infecto-Parasitárias (DIP) do HC e professor da UFPE, Paulo Sérgio Ramos, os médicos agora ficarão mais atentos a pacientes que vêm da área rural. “A coccidioidomicose é uma doença emergente no nosso estado e devemos ficar atentos e vigilantes quando nos deparamos com pacientes que venham de área rural com quadro clínico semelhantes”, explicou.

Fonte: Folhape

abr
27

Nome social já é reconhecido pelo SUS

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda, Serviços     Tags , ,

LGBT-Nome SocialPrimeiro foi a Secretaria Estadual de Educação (SEE) de Pernambuco, que através de instrução normativa, formalizou o uso do nome social de estudantes travestis e transexuais femininas e masculinos na matrícula, fichas de freqüência e cadernetas eletrônicas. Agora a Secretaria Estadual de Saúde (SES) também publicou no Diário Oficial do Estado orientações para que o nome social seja respeitado durante o atendimento em todas as unidades vinculadas ao Sistema Único de Saúde (SUS) em Pernambuco.

Além de informar aos serviços de saúde sobre a publicação, a Coordenação Estadual de Saúde LGBT da Secretaria de Saúde também está realizando uma ação de conscientização nas unidades para reforçar a norma. O Hospital Correia Picanço, referência estadual para o tratamento de doenças infecto-contagiosas, foi a primeira unidade a receber a equipe técnica. Em maio, o Hospital Agamenon Magalhães (HAM) também será contemplado com a visita da Saúde LGBT.

abr
21

Recolhidos 2.900 pneus em Olinda

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags ,

Uma parceria entre a Prefeitura de Olinda e a empresa Cidade Verde possibilitou a realização de uma ação de combate aos focos do mosquito transmissor das arboviroses (dengue, zika e chikungunya) e outras doenças. Uma das formas de combater os focos de criadouros do Aedes aegypti na cidade, foi  o recolhimento de pneus.

De acordo com a Secretaria de Saúde de Olinda, de janeiro a março deste ano, foram recolhidos cerca de 2.900 pneus na cidade. O trabalho é monitorado pelo Centro de Vigilância Ambiental de Olinda (Cevao), através de ações realizadas pelos agentes de endemias. Os materiais são recolhidos em borracharias e em pontos críticos e vulneráveis à infestação do mosquito.

Todo o material recolhido é doado à empresa parceira, que faz o descarte correto, encaminhando os pneus para a reciclagem. Para o recolhimento dos pneus, a empresa disponibiliza um caminhão e recolhe o material nos locais identificados pelos agentes de endemias e pela coordenação de vetores.

 

abr
14

Apreendidos em Paulista cerca de 60 quilos de peixe e camarão estragados

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Serviços     Tags , ,

Peixe e camarões estragadosA Vigilância Sanitária de Paulista (Região Metropolitana do Recife) apreendeu 45 quilos de peixe estragado e 15 quilos de camarão. A apreensão foi realizada na manhã dessa quinta-feira (13) na feira livre do centro da cidade.

A ação, que terá continuidade nesta sexta-feira (14), também foi realizada no mercado público de Paratibe. No local foram apreendidos apenas alguns produtos artesanais, como tábuas de carne e descamadores, que estavam sendo usados de maneira irregular. 

Durante o trabalho alguns estabelecimentos também foram notificados. Ao todo, cerca de 50 inspeções foram realizadas envolvendo o comércio formal e informal. A iniciativa contou com o apoio da Polícia Militar.

Fonte: Folhape

mar
30

UPA do Ibura comemora seis anos com oferta de serviços gratuitos

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Saúde     Tags , ,

UPA do Ibura promove atividadesA Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Pediatra Zilda Arns, no bairro do Ibura (Recife), promove nesta sexta-feira, dia 31, uma ação social para comemorar os seis anos de prestação de serviços de saúde. Serão oferecidos diversos serviços (gratuitos) à comunidade do entorno.

Estarão disponíveis serviços de mamografia, emissão da primeira via do CPF, atendimento de saúde bucal, palestras, avaliação nutricional, teste de glicemia, aferição de pressão arterial, ginástica laboral, corte de cabelo, além de atividades educativas, que serão realizadas em parceria com o programa da Lei Seca.

As ações acontecerão no estacionamento interno da UPA e terão início às 13h. Gratuitas, algumas ofertas serão organizadas através da distribuição de fichas: serão 60 fichas para saúde bucal, 40 para mamografia e 40 para emissão de CPF.

A UPA do Ibura (foto) está localizada na Rua Vale do Itajaí, s/n, na Lagoa Encantada – Ibura. A Unidade conta com a gestão da Organização Social de Saúde (OSS) Hospital do Tricentenário (Olinda), que também é responsável pela gestão das UPAs do Curado II e Timbaúba; das UPAEs de Afogados de Ingazeira e Serra Talhada; dos hospitais Tricentenário (HTri), em Olinda; João Murilo de Oliveira, em Vitória de Santo Antão; Mestre Vitalino, em Caruaru; Regional Rui de Barros Correia, em Arcoverde; e São José, em Aracaju (SE).

mar
29

Mais de 10 mil leitos pediátricos são desativados em seis anos

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Saúde     Tags ,

Os números de leitos infantis despencaram entre 2010 e 2016. O Sistema Único de Saúde (SUS) fechou quase 10, 1 mil leitos de internação em pediatria clínica (para pacientes de 0 a 18 anos) durante o período. O número UTI pediátrica - corte de leitosdiminuiu de 48,2 mil vagas, em 2010, para 38,1 mil em 2016, segundo dados de um levantamento feito pela Sociedade Brasileira de Pediatria.

Recém-nascidos em estado grave precisam ficar em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) neonatais. Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria, são necessários ao menos quatro leitos do tipo por mil nascidos vivos. No entanto, o levantamento revela que a taxa atual no país é de 2,9 por mil nascidos, resultando num déficit de 3,2 mil leitos.

Segundo a presidente da Sociedade Brasileira de Pediatria, Luciana Rodrigues Silva, o grande problema é a falta de investimento do Ministério da Saúde. “Muitos serviços estão fechando as portas por uma questão financeira. Há ainda casos de unidades desativadas porque não têm profissionais suficientes.”

No Tocantins, por exemplo, não há serviço que faça cirurgia cardíaca infantil. O governo estadual depende da liberação de vagas em Goiás, que também enfrenta déficit de leitos.

“Como não há serviço organizado aqui, sempre que surge paciente com essa necessidade, o estado fica no escuro, tentando resolver de última hora e achar a vaga em outros locais”, explica Maria Roseli de Almeida Pery, promotora do Ministério Público Estadual do Tocantins.

A situação é crítica até em São Paulo, estado mais rico do país. O estado foi o que mais perdeu leitos pediátricos no período. Para piorar, a Defensoria Pública acumula casos de crianças da capital que só conseguiram vagas por decisão judicial ou cuja sentença favorável chegou tarde.

“A fila é a coisa mais cruel que existe porque quem cuida da regulação dos leitos acaba tendo que brincar de ser Deus, organizando por gravidade os que vão conseguir”, afirma o defensor público da Infância e Juventude, Flávio Américo Frasseto.

mar
28

Mape-PE quer diminuir preconceitos aos portadores de epilepsia

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags ,

O controle e tratamento dos pacientes portadores de crises epiléticas serão discutidos amanhã (29), no auditório da Secretaria de Educação, Esportes e Juventude de Olinda (Rua 15 de Novembro nº 184), no Varadouro. Será das 8h às 13h.

A ação atende ao pedido dos representantes do Movimento de Apoio às Pessoas com Epilepsia (Mape-PE), que luta para sensibilizar a sociedade para o combate aos preconceitos e garantir assistência médica e farmacêutica aos portadores do distúrbio neurológico.

 

mar
27

Faculdade de Medicina de Olinda tem consultas gratuitas

AuthorPostado por: Jornalismo Redação    CategoryEm: Saúde     Tags , , ,

A população de Olinda passará a receber atendimento médico gratuito na clínica escola da Faculdade de Medicina de Olinda (PE), primeira instituição superior do curso na cidade. O Ministério da Educação inaugurou a unidade clínica na última sexta-feira (24).

O ministro Mendonça Filho celebrou a iniciativa, e destacou a importância do cuidadoFaculdadeMedicinaOlinda com a população mais carente. “O médico, para ser digno do nome, tem que ter uma característica marcante do cuidado social, a preocupação com o próximo, sobretudo com os mais pobres”, disse. “A população mais pobre também precisa de médicos qualificados e bem formados”.

O conselheiro Gilberto Garcia, da Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação (CNE), também comemorou a inauguração da unidade de saúde. “O avanço que essa escola apresenta traduz o compromisso com a diretriz curricular de interação com a população mais carente, sobretudo, no que diz respeito às políticas públicas do Sistema Único de Saúde (SUS)”, disse.

A Faculdade de Medicina de Olinda conta com cerca de 2,8 mil m² de área construída, divididos em cinco pavimentos. “Pelas condições de ensino ofertadas e o corpo profissional reunido, eu tenho certeza de que nós teremos na FMO uma qualidade na formação médica, com profissionais dedicados, engajados e naturalmente sintonizados com essa mensagem de fazer com que as suas vidas sejam voltadas de fato para os mais pobres”, disse o ministro.

Atualmente, a instituição dispõe de sete salas de aula, laboratórios de medicina e informática, biblioteca, auditório e biotério. Um novo prédio está sendo construído em área anexa e abrigará outras dez salas de aulas.

O quadro docente conta com 52 professores, sendo 19 doutores, 12 mestres e 16 especialistas, que lecionam para 300 alunos matriculados no primeiro, segundo e terceiro períodos do curso de medicina.

Fonte: Portal Brasil

mar
25

FMO inaugura clínica escola

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Olinda     Tags ,

Inaugurada ontem (24), a clínica escola da Faculdade de Medicina de Olinda (FMO), a primeira instituição superior de medicina da cidade. A clínica atenderá a população olindense de forma gratuita, integrada ao modelo de atenção à saúde do município.

FMO - Inauguração de Clínica EscolaO ministro da Educação, Mendonça Filho (DEM), participou da solenidade e enalteceu a importância do cuidado com a população mais carente. “O médico, para ser digno do nome, tem que ter a característica marcante do cuidado social, a preocupação com o próximo, sobretudo com os mais pobres”, disse. 

O conselheiro da Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação (CNE), Gilberto Garcia, também comemorou a inauguração da unidade de saúde. “O avanço que essa escola apresenta traduz o compromisso com a diretriz curricular de interação com a população mais carente, sobretudo no que diz respeito às políticas públicas do Sistema Único de Saúde (SUS)”, ressaltou.

Estrutura – A FMO conta com cerca de 2.800 metros quadrados de área construída, divididos em cinco pavimentos. Atualmente a instituição dispõe de sete salas de aula, laboratórios de medicina e informática; biblioteca, auditório e biotério. Um novo prédio está sendo construído em área anexa e abrigará outras dez salas de aulas. A faculdade conta com 52 professores 300 alunos.

 
 

Redes Sociais:

senai-dez

sesi-dez

Anuncio-gif OH

pernambucont


Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog: