mar
21

TEREZINHA: CRÍTICAS AO PSDB E PMDB

AuthorPostado por: Paulo Fernando    Category Em: Sem categoria     Tags

um dia depois de argumentar que desistiu de concorrer à prefeitura de Olinda por falta de apoio do PSDB, a ex-deputada Terezinha Nunes (PSDB) fez ontem um desabafo. Atribuiu sua desistência e o enfraquecimento das oposições em Pernambuco às arestas pessoais e falta de diálogo dos principais líderes do grupo, o senador Jarbas Vasconcelos (PMDB) e o deputado federal Sérgio Guerra. “As oposições nunca estiveram tão perto de chegar ao poder no Recife e em Olinda enfrentam um obstáculo: a falta de diálogo entre os caciques. É impossível hoje sentar numa mesma mesa nomes importantes para nós como Sérgio Guerra e Jarbas Vasconcelos”, postou a ex-deputada e secretária-geral do partido, em sua página no Twitter.


Procurada pelo Blog da Folha, Terezinha Nunes afirmou que tanto o peemedebista quanto o tucano “lavaram as mãos” sobre o cenário em Olinda por conta do “lado pessoal”. Com a possibilidade de o PSDB apoiar a reeleição do prefeito Renildo Calheiros (PCdoB), Terezinha já adiantou que não votará no comunista e muito menos subirá no palanque dele. Para ela, seria incoerente estar ao lado de um político que tem a maior taxa de rejeição e com uma administração com muitas mazelas denunciadas por ela, nos últimos meses, através de ações em diversos bairros do município.


A tucana reconheceu que teve apoio total do PSDB em Olinda, mas esperava contar com o apoio de legendas como o PMDB e DEM. “É impossível você disputar sem apoios de aliados, até porque precisamos de tempo na televisão para combater Renildo, que tem um tempo enorme na TV. Em Olinda, o PMDB quer emplacar Izabel Urquisa (filha da ex-prefeita Jacida Urquisa) e o Democratas insiste na candidatura de Armando Sérgio. Terezinha explica que o ideal seria a oposição lançar duas candidaturas e tentar levar a eleição para o segundo turno.


APOIO

Terezinha desconversou quando questionada sobre o apoio do PSDB à reeleição de Renildo, mas, durante a solenidade em homenagem aos 90 anos do PCdoB, ontem à noite, comunistas deram como certa a aliança. O anúncio, inclusive, deveria ter ocorrido na última segunda-feira, quando lideranças dos dois partidos acreditavam que a ex-deputada já teria uma saída política para anunciar a desistência. “Só que ela insistiu até a segunda. Agora, estamos vendo uma forma de contornar a situação para fazer o comunicado oficial. Mas já está tudo certo”, revelou uma fonte comunista em reserva. A reportagem tentou uma confirmação com o prefeito olindense, mas ele tratou de esquivar-se do assunto.


Envie um comentário

Carnaval 2020

Está chegando o Sábado de Carnaval22 de fevereiro de 2020
O grande dia está aqui.

Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 613 outros assinantes

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog:

Olinda Hoje

%d blogueiros gostam disto: