mar
14

VEREADORES SÃO INDEPENDENTES, MAS NÃO OPOSICIONISTAS

AuthorPostado por: Paulo Fernando    Category Em: Sem categoria     Tags

A quase ou totalmente inexpressiva oposição à gestão do prefeito de Olinda, Renildo Calheiros (PCdoB), a partir de agora será fortalecida com a criação da chamada Bancada Unidade G-6. É formada por seis vereadores, cinco dos quais, estreantes: Professor Lupércio (PV), Jesuíno Gomes (PSDB), Joab Teodoro (PRP), Mônica Ribeiro e Riquinho Água e Gás (PDT). Jorge Federal (PSD) é o único que vem da legislação anterior e, inclusive, tenha sido líder do Governo na Câmara. O Professor Lupércio já passou pela Casa, mas não havia conseguido reeleger-se em 2008.

O bloco parlamentar foi criado ontem e pretende unificar o voto na Câmara Municipal de Olinda para dar peso nas votações dos projetos. “Nosso objetivo é romper com a barreira do totalitarismo e a preciosidade do voto de dois terços que o prefeito sempre tem na mão. Às vezes, eu tenho um pensamento diferente, mas quando chega na hora da votação na Câmara você começa a ver que a coisa já passou dos 11 vereadores (da base governista). Quando chega em você, não tem mais o que fazer. Agora, se você tem seis pessoas votando de uma forma só, você vai criar a unidade de um pensamento”, explicou Jorge Federal.

Atualmente, a Câmara conta com 17 vereadores. A nova composição é a seguinte: dez da base aliada, um da oposição (Arlindo Siqueira-PSL) e, agora, seis que encabeçam a nova plataforma. Jorge Federal explicou que, com a criação do grupo, os temas serão discutidos internamente e um voto único da bancada será apresentado. Apesar de não se tacharem como de oposição, Federal destacou que o G-6 pretende fiscalizar as ações da Prefeitura e tomar posicionamentos contrários, quando for necessário.

Na verdade, no dia a dia e no dicionário político, pode-se dizer que essa é “a turma do muro”, que está “em cima do muro”. “Nós somos base, mas somos base de posição, não é aquela base do jeito que vier, subserviente. Se o pensamento do governo estiver correto em determinada situação, os seis votarão com o governo. Se o pensamento estiver com qualquer dificuldade que a sociedade esteja contra, nós vamos fazer o posicionamento social”, cravou o pessedista. 


Federal garantiu que, atualmente, no primeiro escalão, não há correligionários das seis siglas que compõem o bloco, o que dá uma certa autonomia nas decisões. Nos bastidores, a criação do grupo foi interpretada como uma resposta às últimas eleições para a presidência da Câmara, quando o prefeito Renildo Calheiros solicitou o recuo de alguns vereadores, inclusive de Jorge Federal, bem posicionados em prol da postulação de Marcelo Soares (PCdoB), atual presidente. Para ter voz, Federal e os outros parlamentares criaram o bloco, que afirma “não querer cargos, mas sim representar os interesses da população olindense”.

Envie um comentário

Carnaval 2020

Está chegando o Sábado de Carnaval22 de fevereiro de 2020
O grande dia está aqui.

Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 613 outros assinantes

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog:

Olinda Hoje

%d blogueiros gostam disto: